Pressão dá resultado. Boicote cancelado no Australian Open



Deu resultado a pressão feita pelos tenistas. Roger Federer, presidente do Conselho de Jogadores, ficou em cima do muro, mas o vice-presidente, o americano Eric Butorac, liderou o movimento que há meses fazia pressão para que os Grand Slams aumentassem a premiação nas rodadas iniciais ameaçando um boicote ao Aberto da Austrália. E esta semana o Australian Open anunciou o aumento de 15% e AS$ 4 milhões subindo para US$ 31,1 mi a divisão total dos prêmios aos tenistas.

Craig Tiley, diretor do primeiro Slam do ano, ainda vai sentar para conversar com Butorac e parte do Conselho, na próxima semana em Xangai, para definir a divisão da premiação e aponta que as rodadas iniciais podem sofrer um acréscimo de 30 até 60%. Mesmo sem ter os valores definidos, o duplista americano revelou ao Tennis.com nesta quarta-feira estar satisfeito com o aumento total e a promessa.

“Estou impressionado com o que o Australian Open fez. Falo em nome de todos os jogadores, estaremos em Melbourne com sorriso no rosto”, disse Butorac ao website americano.

Está provado mais uma vez que quando os jogadores se unem, os resultados podem aparecer. Resta saber se os outros Majors vão seguir a cartilha e dar algo perto do aumento de Melbourne que por enquanto é recorde.

Agora o aumento pode criar um outro problema que cada vez mais aparece nos Majors. Tenistas que se machucam, mas mesmo assim jogam a chave para perder na primeira rodada sem ter condições de sequer completar um set. São tenistas que não têm grandes patrocínios ou condições financeiras confortáveis e acabam vendo como um grande negócio entrar em quadra visando embolsar os US$ 20, US$ 30 mil que uma primeira fase lhe dá.

Entendo o lado desse tipo de jogador. Viajar pelo circuito com pouca grana não é fácil. Mas por outro lado tira a oportunidade de tenistas em melhores condições físicas poderem fazer algo melhor. A questão é delicada.



  • Wellington

    É um tema polemico, mas os jogadores estão certos pois são eles que proporcionam o espetáculo em quadra, e tem o direito de receber uma remuneração melhor. Se o Australian open cedeu consequentemente os outros Majors terão que ceder.Pois se não os jogadores ameaçaram fazer outros boicotes.

MaisRecentes

Qual o limite de Roger Federer ?



Continue Lendo

Cilic e a missão (quase) impossível contra Federer



Continue Lendo

O verdadeiro Dia Mundial do Tênis



Continue Lendo