Nadal só em 2013 ? Não se pode apressar…



A falta de Rafael Nadal é muito sentida por qualquer torneio. Símbolo da raça e da competitividade, o espanholl acumula fãs por todos os países, inclusive a Suíça, país de seu maior rival, Roger Federer. Nadal atrai muito público e interesse para o tênis,  além de ser uma ótima figura fora de quadra, cavalheiro e sempre respeitoso com qualquer adversário.

Não é a primeira vez que Nadal tem um problema mais sério no joelho que o tire por meses das quadras e de Grand Slams. Em 2005 foi o primeiro caso, a dor era no pé, ficando fora do fim da temporada, depois em 2009 onde perdeu Wimbledon e agora em 2012. Mesmo com todos os tratamentos e com uma mudança de postura sobre os pisos mais rápidos jogando dentro de quadra e de forma agressiva, Nadal segue tendo um jogo brutal para o corpo, com bastante defesa, correria e ataques somente na hora certa. Se há alguma dor que o limite a fazer este jogo na plenitude suas chances diminuem então logo é melhor tratar.

Lembro de 2009 onde todos questionavam até uma aposentadoria de Rafa e eu apostava que ele duraria até os 25, 26 anos. Hoje Nadal chegou a esta idade e após passar por todos esses problemas acumulou a experiência de que não pode se arriscar a agravar tal problema crônico. Afinal de contas ele já ganhou todos os Grand Slams e Olimpíada.

Mesmo com todos os títulos conquistados o Touro ainda é jovem e tem alguns anos pelo circuito. Não tenho dúvidas que ele voltará a jogar no mais alto nível e provavelmente mais furioso do que já é. É preciso também ter paciência pois seu retorno ao bom tênis demore um ou dois meses para aparecer, algo natural visto que lhe faltará ritmo, confiança e talvez terá um pouco de medo (com a lesão mesmo) nas primeiras partidas.

Ano que vem ? Toni Nadal deu entrevistas ontem à imprensa espanhola e afirmou que não esperava ficar parado tanto tempo, mas que é necessário para evitar agravar o que disse ser “um novo problema no joelho” (não especificado) e evitar uma cirurgia. Na Sala de Imprensa de Cincinnati, meu amigo argentino Jorge Viale, da ESPNDeportes.com destaca que comenta-se que Rafa só volte em 2013. Médicos espanhois estudaram o caso de Nadal e afirmaram que demanda três meses de tratamento. Um deles já foi, então na teoria ele retornaria em outubro. Vamos aguardar os próximos capítulos.

O que mudará para Nadal ? Enxutar ainda mais seu calendário, evitar algumas exibições desgastantes sobretudo durante a temporada regular. Nos últimos anos no meio dos Masters de Indian Wells e Miami foi jogar exibição na Colômbia com o Djokovic. Por mais que a grana seja boa ele precisa se resguardar.

O que é fato sobre o US Open. A ausência de Nadal coloca mais responsabilidade em cima dos três melhores do mundo, Federer, Djokovic e Murray, com o caminho mais aberto para o título. Federer e Djokovic vão torcer para ficar no lado sem Murray para uma provável semi, mas precisam abrir o olho com o ex-campeão Del Potro, meu favorito para formar a semi com eles. A saída de Rafa abre espaço para três tenistas que correm por fora – Tsonga, Berdych e Ferrer – ou zebras como Raonic, Isner dentro outros.

Curtinhas:

Os favoritos estrearam bem em Cincinnati tirando o primeiro set de Novak Djokovic, bem irregular contra Andreas Seppi.

Não estou gostando das vitórias de Nikolay Davydenko em Cincinnati. Não seria nada bom ele retomar a confiança justo agora na reta final há menos de um mês da Copa Davis contra o Brasil em rio Preto (SP). Todavia o time russo não está definido para o confronto.



  • Igor Fernandes

    Fala Fabrizio, realmente complicado essa questão do Nadal, torneio sem ele fica sem graça. Sempre ficamos na expectativa de qual dos 3 primeiros vão ganhar. Agora tem 2 primeiros e o Murray que pergunto, será? Sabemos que Murray tem bola, sou fã dele e acho ele depois do Federer o mais talentoso do top 10. Infelizmente ele tem uma cabeça fraca e Grand Slam são 2 semanas de pressão na cabeça. Mas essas coincidencias entre ele e Lendl podem ser um anuncio de uma boa virada no circuito. Acho que vou jogar no bicho.
    Obs. Raonic e Isner zebras? Caraca, meu sonho era ser uma zebra e jogar 10% do que esses 2 jogam.

  • JOAO luiz

    ola fabrizio sobre a copa davis acho q o brasil deveria ir de belluccii e rogerinho nas simples com marcelo mello e bruno soares nas duplas, o feijao nao vem jogando bem sendo que o rogerinho vem no melhor momento da carreira…qual é sua opiniao.. davydenko vem jogando bem nos eua,,nadal faz muita falta ao circuito..abraços

    • Fabrizio Gallas

      Rogerinho aparenta estar um pouco melhor que o Feijão, mas também não está em sua melhor fase. Qualquer número 2 do Brasil que venha infelizmente não fará tantos danos aos russos a não ser que eles venham também desfalcados.

      • Mauricio

        Nossos 2 são muito fracos, essa é a verdade. O Feijão pelo menos tem peso na bola e de vez em quando apronta uma coisinha. Minha esperança para 2 são esses garotos daqui a uns dois anos. Acho que aí teremos uma equipe forte, Bellucci no auge e os meninos entre 19 e 22.

  • Neto

    O Ferrer já perdeu em Cincinnati, não acredito que seja um dos favoritos no US Open.
    Coloco os 3 + Del Potro, realmente.
    Os 4 estão bem nesse momento, acho difícil alguma zebra superá-los.
    Pode ser que o Murray relaxe agora q venceu as olimpíadas. Os outros devem estar focados.

  • LUQUES

    FG, ao contrário de vc, gostaria de ver muito o Davydenko em ótima forma, ele joga muito. Qto ao Nadal é normal pra quem tem problemas de joelho, por mais bem cuidado ele sem cobra o esforço. Abçs

    • Fabrizio Gallas

      Luques,

      Concordo que o Davydenko joga muito, mas ele estar muito bem agora seria ruim para o Brasil

  • Raul

    Sou fã incondicional do Federer, porém adoro o tenis como um todo, então só tenho uma coisa a dizer :
    Força Rafa, o tenis precisa de você.

  • Rafael

    Não acho que a volta do Nadal será tão fácil assim! Em 2009 ele era mais jovem e o tênis menos físico! Agora ele está mais velho e o tênis cada vez mais influenciado pela parte física. Ele pode até voltar a jogar em alto nível porque tirando o top 4 mais Del Potro, Tsonga e Berdych, o resto dos tenistas parece um bando de domingueiro. Mas acho difícil ele ultrapassar a marca de Sampras em slans. Basta lembrar que fazem quase 2 anos que o espanhol não ganha um título fora do saibro. De qualquer forma, o espanhol terá que fazer ajustes no seu jogo pois está provado que seu corpo não agüentara mais aquelas batalhas de 5 horas em quadra quase todos os torneios!

  • André T.

    ferrou pro brasil. davydenko tá voltando a velha forma. vai ser um bom teste ver como ele joga contra o Djokovic.

  • É um pena , Nadal esta fora do Us Open, faz muita falta para o Tênis, sou fã do Nadal , mais tenho que adimitir que a sua carreira começa a caminhar para o fim . não vejo nadal com 29, 30 anos jogando em alto nivel. então para os fãs é desfrutar desse anos que ele ainda deve jogar , ele é um exemplo de luta e garra. concordo com vc Fabrizio que ele vai voltar em alto nivel ainda. espero que volte o mais rapido possivel, pois até os adversarios sentem sua falta.

  • Mauricio

    Pena o Nadal, ainda confio na sua volta. Fica meio sem graça mesmo na ausência dele.

  • Sua visão sobre o caso é muita ingênua, o que demonstra sua visão ingênua sobre os bastidores do mundo do tênis, que, como muitos esportes, é regido pelas mesmas leis do “mercado” econômico, onde o lucro é a medida do poder. O que aconteceria se a verdade acerca do doping do Nadal viesse à baila? Qual prejuízo seria sofrido pela nike e tantas outras empresas que vivem às custas do tênis. Quais seriam as perdas, financeiras e morais, para a cúpula da ATP? Essa “contusão” nunca é bem definida, nunca se sabe do disgnóstico e nem por que o nadal não opera o joelho. Após perder para o Rosol, de uma hora para outra apareceu a notícia de sua desistência. De uma hora para outra, vírgula, logo após os anúncios de que nos jogos olímpios os exames anti-doping iriam ser rigorosos. Esse tenista é a mais escandalosa fraude do esporte mundial e mostra o quanto o esporte, dito tão nobre, é podre em suas bases.

    • Fabrizio Gallas

      Apolo,

      Os testes de doping no tênis são muito rigorosos e quase todo torneio o jogador é testado, duvido que tenha algo a ver com doping.

      • MOACIR ROCHA

        É impressionante esta sua idolatria pelo Bombadão Baloeiro…O cara faz um mal danado ao tênis com seu jogo-ante-jogo.

        É óbvio que ele usa substâncias proibidas….Só precisa ser menos idolatra pra perceber…O cara só joga no fisico…devolvendo bolas com seus balões, até que o adversário erre.

        • eduardo

          baloeiro ? como um baloeiro ganha 11 slams e uma medalha de ouro fora os masters 1000? realmente nenhuma imparcialidade, para torcer para alguem não precisa atacar a outra vc pode admirar dois atletas cada um ao seu estilo….

    • Eduardo

      comentario ridiculo de um cidadão que nem de tenis deve conhecer pra falar isso, não gostar do cara é uma coisa agora fazer acusações sem fundamento é ridiculo, essa história de doping é antiga usam isso para tentar manchar a carreira de um grande jogador como o nadal que para muitos é apenas um baloeiro, que nunca iria completar o career slam não só o fez como também ganhou o ouro olimpico (em piso rapido) e completou o golden slam o unico ao lado do andre agassi, sou fã incondicional do nadal mas nem por isso faço criticas ridiculas sobre seu adversarios gosto muito do murray e principalmente do federer sim do federer seu principal adversario acho o jogo do suiço muito bonito tem habilidade que ninguem possui no circuito, mas cada um tem seu estilo e o nadal é fora de serie no seu estilo e quem conhece tenis sabe disso, e me arrisco a dizer que se não fossem seu problemas fisicos poderia ser o maior vencedor de todos os tempos…. como pode ainda claro agora fica um pouco mais dificil, e apenas mais uma coisa os exames da ATP são os mais rigorosos nunca iria passar desapercebido isso ainda mais para um jogador top do circuito … enfim queiram ou não o NADAL é um dos Maiores.

      • marcia bastos

        Nadal é um baloeiro bombadão que deu certo no circuito, nada mais que isso…Comparar com Federer…E ainda dizer que entende de tênis????!!!

        Seu negócio deve ser MMA.

        • DOMENICA

          Márcia Bastos não escreva tantas asneiras, não perca seu tempo!

    • Diego

      Uma fraude que é detentor de 11 slams e junto com o Federer o maior vencedor de Masters 1000…

    • Anderson

      Chamar de ingênua a visão do blogueiro, faz parecer que você entende muito. Justificativa em cima de justificativa. Federer, Djokovic e tantos outros devem saber menos do que você, porque eu se estivesse no circuito e soubesse que um cara ganhando torneios e distribuindo freguesias, fazendo isso à base de substância ilícitas, acho que não iria gostar muito, ao invés de demonstrar amizade a tal pessoa. E tal acusação não deveria ser feito assim livremente. Pense melhor nas coisas que escreve.

  • concordo com tudo que você disse menos “que nadal ganhou tudo” pois falta o ATP FINALS que vale 1500 pontos devido a sua importancia e dificuldade(somente os 8 melhores do ano jogam) e se prá FEDERER falta o ouro olímpico (750 ou 800 pontos) então da mesma forma prá NADAL esta ausência deve ser observada…Desejando rápida melhora ao touro miúra… abraço a todos!

    • DOMENICA

      Você quer comparar um Golden Slam com ATP Finals? Se você pensa assim o Davydenko já entrou na história, não? Faça-me uma garapa! Os oito melhores jogam e Rafael Nadal sempre é o primeiro ou segundo convidado do torneio e não porque atingiu um pontinho aqui ou acolá…seu problema crônico dos joelhos não permite que ele esteja inteiro na final cansativa da temporada, já pensou se ele não tivesse nada nos joelhos??? Seria um furacão e ninguém chegaria nem perto!Só sei o seguinte: Rafa vai voltar mais forte do que antes, até porque torneio sem Nadal é como Coca-Cola quente e sem gás…um purgante. Volte forte, Rafa, VAMOS RAFA!

  • Edmárcio Santos

    Pelo menos agora poderei assistir jogos interressantas na TV… sem o Nadal é um jogo a menos por dia para eu deixar de dormir. Não faz menor falta.

  • marcia bastos

    Impressionante esta sua idolatria pelo Nadal!!!

    Óbviamente que se ele jogasse tênis, e não algo parecido com tênis…Ele não teria tantos problemas fisicos.

    E se por um lado não teremos a luta do Nadal teremos a técnica prevalecendo… Especialmente com o Maior de Todos os Tempos…ROGER FEDERER!!!

    • Maurício

      Amigo, o próprio Roger Federer se manifestou preocupado com o afastamento prolongado de Nadal, reconhecendo que foi uma grande perda.
      E olha, não se preocupe, eu não sou fã do Nadal, não.

  • Felipe Gonçalves

    “Cavalheiro e sempre respeitoso com qualquer adversário”. Como é que alguém que vai ao banheiro antes de o adversário sacar para o jogo (em uma das atitudes mais antidesportivas que eu já vi), pede constantemente atendimentos quando começa a perder o jogo e diz que foi derrotado por causa de uma picada de abelha (esta é a minha preferida) pode ser considerado cavalheiro e respeitoso com o adversário?

    A meu ver, o circuito não perde nada com o afastamento de um cara com essa índole. Pelo contrário.

    • DOMENICA

      Quisera você ter 1/5 da educação, honestidade, humildade e esportividade de RAFAEL NADAL! Pelo menos não teríamos o desprazer de ler uma tolice dessas. Repito, torneio sem Nadal é como Coca-Cola quente e sem gás…um purgante.

      • Edmárcio

        Educação? Honestidade? Humildade? Estamos falando mesmo do Nadal??? Aquele cara que empurra seus adversários quando está perdendo??? Que fala mal e briga com todos no circuito??? Que dá desculpa esfarrapada sempre ao invés de admitir que o adversário foi melhor??? Faz me rir.

    • eduardo

      comentario etremamente invejoso, como o circuito não perde nada com a ausencia de 1 dos maiores de todos os tempos?….

    • Edmárcio

      O Nadal nunca foi cavalheiro ou respeitoso com seus adversários… quando perde sempre arranja uma desculpa e sempre que possível ataca ou dá trombadas em seus adversários… eu não comentei pq era óbvio que essa parte o Fabrizzio estava apenas tentando tapar o sol com a peneira… não faz falta alguma Nadal no circuito.

  • Maurício

    Fabrizio, hoje, por acaso, li uma frase que cai como uma luva em Nadal: “As pessoas perdem a saúde para ganhar dinheiro, e depois perdem dinheiro para recuperá-la!”

  • RAFAEL FLUMINENSE

    O Nadal não vai se aposentar! Ele se inspira no Hewitt, não vai se aposentar nem se quebrar o joelho!

  • Minha cara Domenica, acho que na sua colocação voce desvirtuou a minha observação… não comparei golden slam com atp finals, aliás nem perto disso por que essa comparação é ilógica e descabida…é o mesmo que comparar um GRAND SLAM com um título de olimpíada! como a própria serena wiliams disse (é apenas um bonus) e venhamos e convenhamos MARC ROSSET ganhou a olimpíada em 2004 ou 2000 não lembro direito o ano, mas nem por isso é um tenista melhor do que DAVYDENKO, DEL POTRO, ou outro similar.
    A minha colocação foi pura e tão somente em lembrar que NADAL não ganhou tudo,como disse o fabrício; falta o ATP FINALS e falta justamente porque ele tem um estilo de jogo muito defensivo(e feio a maior parte do tempo), esgotando o seu físico em julho ou agosto, trazendo lesões incômodas e prejudicando-o todo fim de ano.
    P.S. ganhar uma olímpiada é “fácil”, ganhar um ATP FINALS é “mais fácil ainda” agora ganhar 3 , 4,
    6 atp finals aí é que eu quero ver… abços

    • assino em baixo meu caro maciel…
      O q ah de destacar no federer, eh a sua longevidade, e a sua consistencia no circuito, no decorrer do ano… o Federer mantem o nivel o ano todo, escolhendo bem os torneios q vai disputar.. mantendo uma programação nos seus treinamentos.. e se cuidando neh…
      Com isso se Deus kiser ele vai xegar nos 35, 36 anos jogando bem.. e ganhando em media 5, 6, 7 torneios por ano…
      e vamo nessa rumo as 1000 vitorias no circuito!!!

  • eh realmente depois dessa, o nadal vai ter q repensar, e mudar seu estilo d jogo, um pouco mais agressivo, e forçando o saque.. eh dificil eh claro, mais se ele ker jogar em alto nivel por uns 5, 6 anos, ele tem q fazer isso…
    um exemplo maior, eh o federer o maior de todos os tempos, q tenta vencer seus adversarios o mais rapido possivel, e ir se poupando, sem forçar mto o corpo, jogando mto das vezes com a munheca, jogando leve e com precisão.. resultado:31 anos ganhando grand slams e voltando ao topo!!

MaisRecentes

Orlandinho Luz, mais um talento se perdendo ?



Continue Lendo

Zverev é mais que uma realidade. Federer deveria jogar Cincinnati ?



Continue Lendo

Qual o limite de Roger Federer ?



Continue Lendo