Falta de sorte…



Foram sorteadas as chaves das Olimpíadas e infelizmente os brasileiros deram um azar danado com todos os representantes e nossos tenistas precisam jogar muito para passar pelo menos uma rodada.

Nas simples Thomaz Bellucci enfrentará Jo-Wilfried Tsonga. Depois de Federer, Djokovic e Murray era o pior rival a se enfrentar no piso de grama. Tsonga fez semis em Wimbledon nos dois últimos anos fruto de seu ótimo serviço e jogo bastante agressivo. Mesmo com a dificuldade dá pra Thomaz encará-lo de igual pra igual. Bastante trabalho para sua psicóloga em manter a atitude vencedora do brasileiro nas últimas semanas.

O lado positivo é que é primeira rodada. A pressão está toda no francês e sempre existe aquele nervosismo e demora a se acostumar com ritmo de competição.

Não bastasse uma primeira rodada péssima, Bellucci terá outra ruim caso surpreenda. Muito provavelmente pega o canadense Milos Raonic, outro que saca demais.

Nas duplas Bellucci e André Sá pegam os irmãos Bob e Mike Bryan, dupla número dois do mundo e a melhor da Olimpíada. Sá joga e voleio muito bem na grama, mas a falta de entrosamento com Thomaz me faz crer que temos pouquíssimas chances. Onde temos mais possiblidades é na dupla Melo e Bruno Soares. Mesmo assim pegar na estreia, na grama Andy Roddick e John Isner é bem indigesto.

Na chave como um todo Novak Djokovic, atuando pela primeira vez como número dois após um ano, foi o que se deu pior. Na estreia nem tanto, contra Fábio Fognini. Mas a seguir deve ter Andy Roddick, três vezes vice de Wimbledon, e para as quartas Tsonga e semis Andy Murray. O escocês tem uma estreia complicada contra Stanislas Wawrinka. Se fosse no saibro seria péssimo pro dono da casa, mas a grama não é tão boa assim para o suíço. Nas quartas Andy teria duelo contra Tomas Berdych.

Federer aparentemente tem uma chave mais tranquila. Estreia contra Alejandro Falla. todo mundo pensa, “lembra de 2010 Wimbledon, Falla 2 sets a 0!”. Aquilo pra mim foi bem fora do comum e o bom ritmo de Federer não fará com que se repita. Na segunda fase uma atenção com Julien Benneteau que por pouco não eliminou Roger em Wimbledon há um mês. A seguir uma chave sem muitas preocupações. John Isner é o que mais pode complicá-lo pelo serviço. De resto não vejo muitas chances para Tipsarevic, Verdasco ou Ferrer.

Bons jogos de primeira rodada. Além de Bellucci x Tsonga temos Tipsarevic x Nalbandian e Wawrinka x Murray. O pior disparado Berlocq x Bogomolov Jr.

No feminino Sharapova pode ter a revanche contra Sabine Lisicki e pras semis espera por Kvitova ou Radwanska. Serena x Jankovic é um jogão de primeira rodada, mas com a americana bem favorita nesta superfície. Expectativa de uma semi dela com Azarenka.

Ivanovic x McHale é um bom jogo de primeira rodada, a americana vem crescendo aos poucos no circuito. Potencial Clijsters x Stosur na segunda fase. Isso se a australiana confirmar o favoritismo pois neste piso ela não se dá bem …

E segue o DESAFIO OLÍMPICO no Blog. Quem acertar o pódio pode levar a Raquete Wilson Surge oferecida pela loja iTênis com capa autografada por Bellucci. CLIQUE AQUI AQUI E DÊ SEU PALPITE!



  • É fabrizio, o Brasil deu azar, o Bellucci tem poucas chaces mesmo contra um tsonga na grama. mais o que dá alguma esperança é que numa melhor de 3 sets tudo pode acontecer e ele está com confiança. mais vamos ser sinceros se ele vancer será uma zebra. nas Duplas tambem não levo muita fé. talvez quem tenha mais chances de avançar seja soares/ melo. mais será jogo duro. ou seja as olimpiadas pro tênis. ta com pinta de que vai acabar cedo. mais vamos aguardar.

  • LUQUES

    FG, Bellucci na grama é a mesma coisa que peixe fora dágua, não faz mais de 3 games por set.
    Como dizem por aí, SORTE é o encontro da competência com a oportunidade.
    Abçs.

  • Fernando

    Tudo tem um lado positivo. Ser franco atirador nem sempre é uma má opção. Tsonga entrará com a obrigação de vencer e quando esta criatura começa a errar, perde jogos contra adversários de ranking menor. Vamos torcer!

MaisRecentes

Federer pode sonhar com o Nº 1



Continue Lendo

Murray segue perdendo chances



Continue Lendo

A insana chave de Indian Wells



Continue Lendo