Aberto da Inglaterra muda de data em 2015



O torneio de Wimbledon, o Grand Slam da grama e mais tradicional torneio de tênis, fez pressão e conseguiu. Vai mudar de data a partir de 2015. Agora o torneio passará a ser jogado três semanas após Roland Garros e não mais duas como ocorre. O chefão do torneio,  Philipp Brook, conseguiu ganhar a queda de braço que teve contra os torneios americanos.

Na minha visão uma ótima mudança. Dará, nos próximos anos, uma dor de cabeça aos organizadores do calendário e também aos diretores de torneios no saibro europeu de julho e dos ATPs americanos no piso rápido que são disputados também neste mês.

Em contrapartida teremos a opção de mais torneios na grama e quem sabe o aumento de Queen´s ou Halle para um torneio ATP 500 ou adesão de outra competição maior. A grama merece um torneio grande. Até mesmo um Masters 1000 (temos três no saibro, cinco sobre o piso rápido e um no rápido coberto, por que não umzinho na grama ?), mas essa ideia vejo como mais difícil no momento já que estes torneios são muito lucrativos e dificilmente algum deles gostaria de vender sua data assim como a ATP não criaria mais um torneio deste porte. A entidade mantem há décadas a série de nove torneios Masters mais o ATP Finals.

Com uma semana a mais de torneios na grama, Federer, Nadal e cia. não precisam sair correndo em sua preparação para jogar no piso logo após Paris, mas sempre há aquela quantidade poupuda de $$$ que atraí a presença dos tenistas principais mesmo que não estejam em plenas condições físicas. Aí é outra dor de cabeça para Halle e Queen´s. Ficar na semana pós-Paris ou mudar pra mais a frente ? De qualquer forma uma semaninha a mais para descansar e se preparar depois é uma ótima pros tenistas e pro circuito.

Falando em Wimbledon o torneio ganha forma para a Olimpíada como mostra a foto abaixo da quadra 7 do All England Club. A ITF divulgou que a chave sai no dia 26, na quinta-feira, e tenistas do mesmo país não podem estar no mesmo lado da chave. Se tivermos três ou mais tenistas eles serão colocados em quadrantes diferentes. Por exemplo, Federer e Wawrinka, únicos representantes da Suíça, estarão em lados opostos. Vai dar um trabalinho pra sair essa chave, mas vamos aguardar. O torneio começa no sábado, dia 28. Foto: Wimbledon

NADAL FORA DA OLIMPÍADA – E o dia agitado no tênis teve a notícia triste da desistência de Rafael Nadal. A Olimpíada como um todo perde seu atual medalhista de ouro, tenista que honra a camisa do país  e é ex-campeão de Wimbledon. Bom mesmo para Federer que agora tem um caminho até a final um pouco facilitado para quem sabe conquistar o tão sonhado Ouro em simples. Djokovic e Murray passam a ter mais chances também.



  • Vitor

    Olá Fabrizio, uma pergunta simples: qual será a regra de disputa, melhor de 3 ou 5 sets? E o último set acabará em tie-brake ou vai até abrir-se 2 games?

    Abs.

    • Fabrizio Gallas

      Na final melhor de 5 sem tie-break na final durante todo o torneio melhor de 3 sets sem tie-break na final

  • Edmárcio

    E não poderia deixar de passar a parte de que “facilitou a vida do Federer”, já se viu que se Federer ganhar o ouro olímpico pela segunda vez dirão que não tinha o Nadal no torneio… patético.

    Sobre a mudança de data… fantástica… deveriam aumentar o número de torneios na grama e sim ter um Master 1000, sendo assim ainda acho 5 semanas pouco para a temporada de grama.

    Quanto a Nadal, uma pena, mas vê-se que ele já está meio quebrado e dificilmente jogará em alto nível este ano (acho que volta com tudo na temporada de saibro de 2013)… o estilo de jogo dele exige muito do corpo por isso acho que ele acertou em não participar da olimpíadas se não está 100%. Agora eu acredito que com 26 anos esses problemas do Nadal começarão a aparecer ainda mais, não vejo ele aguentando muito mais nesse estilo de jogo dele por muitos anos… a idade pesa, ou então ele tem que adaptar seu estilo de jogo para sofre menos com lesões e afins.

  • Fabrizio,só uma pergunta…O Federer raramente tem que desistir de torneios importantes e raramente se machuca ou perde jogos porque está machucado…O motivo disso seria apenas o estilo de jogo do Federer ou ele faz alguma coisa para não se machucar?

    • Fabrizio Gallas

      Ele nunca desistiu de um jogo depois de iniciado e raramente pede atendimento. Isso é dele mesmo. Federer também se machuca pouco e quando está machucado pouco fala sobre o assunto. Ele tem um problema crônico nas cosats que vez ou outra aparece. Por jogar bem menos e forçar bem menos que o Nadal por exemplo, acaba que as dores aparecem bem menos.

  • Gustavo M.

    Fabrizio, desculpe-me por contestá-lo, mas o título possui uma impropriedade. O Torneio de Wimbledon nunca foi – e não é – chamado de Aberto da Inglaterra exatamente porque é o único dos grandes torneios que não é, de fato, aberto. Não joga quem quer. Óbvio que, atualmente, essa diferença é meramente teórica, e jogarão sempre os mesmos dos outros Slams. Mas Wimbledon não é aberto e assim continuará sendo, independentemente, de isso ser relevante ou não. Portanto, chamá-lo de aberto é um equívoco.
    Abraços!

    • Fabrizio Gallas

      É pouco chamado sim, mas tem um pequeno de link pra poder chamar no Tênis News então por isso mudei pra Aberto da Inglaterra 🙂

  • RAFAEL FLUMINENSE

    HEWITT ganhará ouro nas olimpíadas!!!

  • duda knauer

    obrigado pela atenção com os leitores, vc respondeu duas perguntas muito interessante e nos tirous essas duvidas.

  • Discordo que há 5 Masters 1000 disputados em quadras rápidas descobertas. Indian Wells e Miami têm pisos muito lentos, principalmente Miami. O torneio de Madri, por exemplo, mesmo no saibro laranja, tinha um piso mais rápido que o de Miami. A rigor, apenas Canadá, Cincinnati, Shanghai e Paris são em quadras de fato rápidas.

    Quanto ao Nadal, acho que Londres respira um ar muito mais agradável a partir de agora com a desistência do homem-que-vai-ao-banheiro-antes-de-o-adversário-sacar-para-o-jogo. As Olimpíadas não precisam de alguém com um espírito esportivo fajuto desses. Isso sem contar a inesquecível desculpa da picada de abelha.

  • Ola, Fabricio, Sobre a desistencia de Nadal das Olimpiadas e sua lesão, rola na internet novamente o assunto sobre o (um possivel) doping de Nadal. Eu acho meio dificil mas… o anúncio publicado ontem refere-se a uma lesao no joelho com 15 dias de tratamento intensivo para fortalecer a musculatura. A lesao teria ocorrido em Wimbledon 2012. Bem, pelo que vi na partida que ele perdeu para o cento e poucos do mundo, o qual nem lembro o nome, ele estava jogando mal. Veio a chuva e na volta ele perdeu. A grande reclamação dele foi pelo tempo gasto (mais de 45 minutos) para fechar o teto retractil e nao por lesão. Dizem uso de esteroides e mostram fotos de 6 anos atras e de agora. Impressiona, mas não sei. Se estou certo houve um teste com ele neste ano e estava OK mas tambem dizem que o COI é mais duro e daí a decisao de nao ir para as Olimpiadas. Depois de ver tantos atletas dizer que nao usaram e depois de aposentados dizer sim (inclusive com perdas de medalhas e premios em dinheiro) vamos acreditar em quem? Além disto ouvir um quimico afirmar que a Medicina não acompanha a Química e que atletas bionicos já sao realidade fica dificil nao considerar o avanço fisico de Nadal e comparar-lo com o avanço fisico de Federer e Djokovic. O que voce pensa a respeito? Abraço.

    • Fabrizio Gallas

      Onde está o link da reportagem com o suposto doping ?

      • Fabrizio, primeiramente vou repetir que nao acusei Nadal ou quem quer que seja de doping. Leia bem meu post e veja que eu citei inclusive atletas daqui dos EUA que depois de se retirarem do esporte confirmaram que usaram anabolizantes. Uma lista muito grande. Isto é mais ou menos como quando (ainda) faziamos brincadeiras sobre a condição homossexual de alguem, ou seja, o “parece que é” se confirmou muitas e muitas vezes e apesar de nao poder confirmar porque nao eramos parceiros :):) as aparencias e atitudes mostravam que poderia ser. De qualquer forma, abaixo te envio apenas alguns links e, em especial, peço tua atenção para a matéria sobre o Dr. Moral (nao é nenhuma brincadeira com o nome e sim um dos médicos riscados nas listas de associações atleticas do mundo todo com o qual – dizem – alem de Errani e Safina, muitos outros tenistas estiveram envolvidos. Tambem leia, se possivel, a materia da Alex Willis, jornalista renomada e especializada em tenis que escreve para All England Club, SportingIntelligence e outros veiculos especializados em tenis (o ultimo link da lista que te envio). Para quem sabe inglês notara na materia que, para alguém como ela que vive “dentro” do mundo do tenis, o que ela não disse especificamente é mais serio do que o próprio teor da matéria. Nao pude localizar (ainda) a matéria de um jornalista ingles sobre aquela partida em que o Nadal foi ao vestiario num brake entre games e esteve la por VINTE MINUTOS e depois voltou destruindo o oponente e também aquela materia do Nadal e Djokovic em que a uma das cameras de transmissao passou a dar closes da respiracao do Nadal (e comentarios) apos rallyes trocando mais de 30 bolas.
        Mais do que isto quero deixar claro para voce que gosto do Nadal por sua garra e só. Sou um cara velho e ainda com espirito do tradicional e do classico, como Federer. Abaixo seguem os links. Abraço.
        http://www.tennis-prose.com/bios/has-nadal-run-afoul-of-the-doping-laws/
        http://esportes.terra.com.br/tenis/noticias/0,,OI5615979-EI1870,00-Frances+descarta+doping+de+Nadal+e+critica+compatriotas+inveja.html
        http://www.youtube.com/watch?v=WyvrdVSKkCc
        http://www.china.org.cn/sports/2012-02/13/content_24621359.htm
        http://tennishasasteroidproblem.blogspot.com/2012/06/instituto-de-medicina-del-deporte-del.html
        http://www.sportingintelligence.com/tag/nadal-doping/

        • Fabrizio, algo mais sobre este assunto doping. Eu busquei um assunto muito importante e conhecido mundialmente que eh a Operacion Puerto realizada em 2006 na Espanha que repercutiu por anos e ainda segue. Infelizmente nao pude descobrir a materia em portugues. Para nao deixar isto passar em branco estou te enviando o link de toda a materia publicado no Wilkipedia EM ESPANHOL. Creio que voce tera condições de entender certamente porem, para deixar claro, os resultados ali sao oficiais da investigação. Depois, este caso é conhecido como o mais vergonhoso caso de acobertamento de atletas positivos em doping e infelizmente Nadal é citado ali. Questionam oficialmente ao promotor do caso se Nadal seria um dos atletas envolvidos. Ele disse que nao mas nunca liberou o nome dos tenistas invetigados da mesma forma que fez com cerca de cinquenta atletas citados. As investigações foram realizadas pela “Guarda Civil” espanhola que seria a nossa “Policia Federal do Brasil”. A Alemanha e Italia pediram copia dos resultados os quais foram negados pela Espanha. Entao estes paises iniciaram suas proprias investigacoes. Bem, leia voce mesmo porque o assunto esta disponivel neste link abaixo e na rede.
          http://es.wikipedia.org/wiki/Operaci%C3%B3n_Puerto#Tenis

  • gustavo

    Tambem quero ver o link!

    • guip

      tem tantos ae q burlam o doping pq ele nao conseguiria tbm.

  • Willian Toledo

    Boa tarde Fabrizio!
    Estava comentando isso hoje com minha esposa, a micro temporada de grama precisa de um torneio de nível master 1000, tendo em vista que o torneio mais charmoso do circuito ATP é Wimbledon.
    Abraços,
    Willian Toledo

MaisRecentes

Federer acirra disputa com Nadal



Continue Lendo

Nadal manda recado para Federer. Halep, enfim, realiza



Continue Lendo

Laver Cup faz história e dá um tapa na cara da Davis. E Bia Maia muda seu patamar no circuito



Continue Lendo