Os Monstros



Que dia tivemos em Paris. Novak Djokovic e Roger Federer mostraram que são dois monstros do esporte e não é à toa que são multicampeões. Mais uma vez não encontraram seu melhor tênis de início, foram pressionadíssimos, mas conseguiram arrumar uma forma de vencer e assim aumentam a capacidade mental, a confiança de ambos para um duelo semifinal de sexta-feira que promete ser igualmente emocionante na sexta-feira.

O que foi mais emocionante é que de um lado você tinha match-point para um tenista e ao mesmo tempo do outro também a definição de jogo. Por certas vezes fiquei maluco com estes dois jogos. Acabou sendo bacana, mas nada bom esta programação simultânea por exemplo para quem está lá em Paris e gosta dos dois tenistas – teve que escolher um.

Del Potro veio com uma proposta super agressiva e encontrou um Federer iniciando um jogo mais uma vez frio e errático no revés. O argentino teve uma queda mental no início da terceira etapa e Federer conseguiu reverter a maré jogando mais curtinhas, slices e se aproveitando também da fragilidade física do argentino que voltou a sentir o joelho. Aliás não sei como o argentino conseguiu sequer atingir esta fase em Paris com dores desde o início. É muito talento, coração e também um ótimo trabalho da fisioterapia e médicos de Roland Garros.

Sobre Djokovic, sair de quatro match-points contra com a torcida contra e um agressivo Tsonga também adere muita moral para a semifinal. Mas o alerta para os altos e baixos de Nole está alto – teve vantagem de quebra nos três primeiros sets. Tsonga jogava com a pressão de um francês não vencer lá há quase 30 anos e também não ter títulos de Slam. Contra Federer por exemplo, praticamente não se permite esse tipo de vacilada.

Sinceramente estou em cima do muro para este duelo semifinal. Ao mesmo tempo que Djokovic surrou Federer em Roma, as condições de Paris são diferentes, o jogo melhor de cinco sets e nenhum dos dois está mostrando aquele domínio ou consistência de ótimas atuações. O cenário me remete a pensar que teremos mais uma batalha de 5 sets.

Curtinhas:

Dejan Petkovic confirmou em entrevista ao EXTRA que Djokovic jogará exibição contra Gustavo Kuerten no Rio de Janeiro dia 17 de novembro. A assessoria de Guga nega e jokovic confirma o jogo, mas não o adversário. Segundo Nole, Thomaz Bellucci poderia ser o adversário. Mas se é o Petkovic que está organizando, porque ele confirmaria assim publicamente ?

Thiago Monteiro e Gabriel Friedrich nas oitavas do juvenil em Roland Garros. Bia Maia e Laura Pigossi foram eliminadas. torcendo pelos brazucas.



  • Joa aves

    Quando sera a semi do djoko vs fed? Quinta ou sexta?? Obrigado amigo

    • Fabrizio Gallas

      Sexta

  • Roberto Rocha

    Sou torcedor do Nadal, mas admiro demais esse 2 monstros do esporte….
    Mais uma vez, realizaram o impossível!!!!!!!!!!!!
    É por causa desses 3 monstros sagrados que eu gosto cada dia mais do tenis.
    Sinceramente, nem quero mais saber quem vencerá o torneio…qualquer um dos 3 estará de bom tamanho…

  • Lina

    Olá Fabrizio,
    Engraçado como você e alguns internautas analisam a queda de produção ou a derrota do Delpo, ou a vitória do Murray “machucado”. Se fosse o Rafa, ninguém acreditaria, diriam: sabia que ia perder inventou lesão, já li muito isso aqui dos internautas. Pode apostar, o Nadal jamais teria perdido para o Soderling, se não estivesse com o joelho ferrado, a prova disso é que ele só voltou a jogar no US.tratando o joelho. O Federer, jamais teria perdido aquela final US para o Del Potro, se não tivesse se recuperando da mononucleose, e eles também não dão desculpas disso ou aquilo. As derrotas ficam contabilizadas e fim de papo.

  • Vandenberg Gouveia Dias

    Que terça feira em Paris. Acho que só dá pra esperar algo melhor que hoje sexta feira. Geralmente a final de RG nunca é lá grande coisa. Acho que a ultima que foi uma batalha foi a do Gaudio. Como bateu na bola o Del potro e que recuperação do Federer. Jogaço!

    Tão espetacular quanto foi o Djokovic. Fabrízio a senti o Djokovic camicaze no primeiro match point. Foi pra rede como um louco e deu uma pancada de smash lá do fundo. É um alien.

    Amanham acredito no Almagro soltando o braço e dando trabalho pro Nadal (Nada mais que isso). Já o murray deve ter um jogo longo com Ferrer. O Espanho deve vencer em 4 sets.

  • Luiz Gustavo

    Djokovic surrou Federer em Roma? Aham, tá bom…

    • Fabrizio Gallas

      Sim venceu bem fácil, só não foi mais porque vacilou

    • Zimmermann

      Cara, foi 6/2 7/6. Como que você tenta ironizar que não foi surrado? Novak só não surrou mais devido ao excelente serviço do suíço e por ter feito algumas escolhas erradas em momentos importantes. Porém, não muda os fatos, Djokovic venceu em 2 sets numa melhor de 3 o jogador considerado o melhor de todos os tempos, eaí?

      • Fabrizio Gallas

        6/2 7/6 mas estava 6/2 5/3 muito fácil pro Djokovic. Federer deu uma engrossada, mas não o suficiente. Quem viu o jogo sabe que o sérvio passeou…

        • Edmárcio Santos

          Eu vi o jogo… e o que Vi foi diferente de passear e na realidade Djokovic quase se complicou e se Federer não erra no final a história hoje poderia ser diferente… um terceiro set provavelmente daria Federer no clima que estava o jogo naquela hora.

        • Edmárcio Santos

          Analise o jogo de forma menos parcial, por favor Sr. Fabrizio.

  • clarice

    fabrizio<realmente foram 2 jogos excepcionais.sou "fanzona"federer,mas aprecio varios tenistas..entre eles tsonga,q hj jogou muito e perdeu por detalhe p novak p conta tbm"da sorte".

  • Fabricio

    E ai galera

    Que partidaça do Djoko mesmo, quanto a do Federer, achava o suiço favorito de qualquer forma, Delpo jogou muito no 2 primeiro sets, mas sua queda de rendimento fez o jogo ficar muito chato, a partir do terceiro set o jogo ficou morno, sem emoção.

    Acho que este jogo Djoko e Federer vai ser um jogaço, nenhum dos dois estão nos seus melhores dias e mesmo tropeçando chegaram a semi. Quando o jogo é muito equilibrado o Nole tende a vencer devido ao fator mental. Federer da umas apagadas mentalmente falando e isso contra o Djokovic vai ser fatal, apesar de ele ter ganho no ano passado, meu favorito para este jogo é o Djoko que tomou uma injeção de confiança.

    sds

  • marcio

    Djoko, realmente,passeou no 1o set em Roma .Ja no 2o set, nào vi passeio nenhum.Agora,surra mesmo entre os top4, foi qdo Federer fez 6/3 6/0 no Nadal no toneio dos campeoes em nov/2011.

MaisRecentes

Federer pode sonhar com o Nº 1



Continue Lendo

Murray segue perdendo chances



Continue Lendo

A insana chave de Indian Wells



Continue Lendo