O Homem de Ferro



A chave masculina começou a ganhar emoção em Roland Garros. Dos top 3, Federer e Djokovic deram uma patinada. O sérvio só não perdeu um set pois Blaz Kavcic não teve aquela força mental suficiente para tal. O único que escapou ileso e segue marchando fácil é Rafael Nadal.

Andy Murray é que balançou. Se já não é um tanto favorito para alcançar as finais em Paris sua situação piora com a lesão nas costas. Ganhou de Jarkko Nieminen pois o rival se atrapalhou. Liderava 6/1 4/2 com o escocês agonizando com dores, mas colocou Murray na partida e o britânico virou na raça. Resta saber o grau da lesão de Murray para aguentar um torneio com jogos longos e cada vez mais duros a partir de agora.

A parte da tarde de hoje foi sensacional. Na Suzanne Lenglen, Dimitrov liderava, mas com duas horas agonizou em cãibras e ao mesmo tempo Gasquet sentia problemas estomacais e vomitava. O francês acabou se recuperando mais rapidamente para virar.

Na Philippe Chartrier o Homem de Ferro, John Isner, entrava em mais uma batalha. Digo e repito. Os recursos de Isner são pouco. Um ótimo saque e potente direita e uma movimentação que melhora cada dia, mas não se compara com a média dos tenistas normais de 1,80m. Ele compensa com um mental muito forte jogando seu melhor quando está no buraco e com muito coração. Hoje estava visivelmente mais cansado que o rival, mas tirou coelhos da cartola ao salvar cinco match-points. Seu objetivo claro era levar o jogo para a sexta-feira. Faltaram cerca de 20 minutos para tal. Mathieu tanto bateu que conseguiu a virada por 18/16 no segundo jogo mais longo de Roland Garros, 5h41min de duração.

Aplaudo também a luta de Mathieu. Aquele mesmo tenista que ‘aposentou’ nosso Guga em Paris há quatro anos, mostrou que o físico está em dia após ficar um ano parado com uma lesão no joelho. Mathieu sempre foi um tenista temido pelos tops por seu talento e bons golpes, mas que só não foi top 10 pois falhava na hora H diante deles.

Situação de Bellucci – A ATP confirmou que meus cálculos sobre Bellucci estavam certos. Ele tem chances de ir à Olimpíada indo bem nos challengers da semana que vem. Por enquanto nenhuma decisão foi tomada pelo jogador que permanece como 76º da projeção do ranking.

Curtinhas:

Não tem jeito, Jelena Jankovic, que poucos anos atrás liderava o ranking e buscava o primeiro Slam, segue cada vez mais pro buraco e perdeu na segunda rodada. Na Li segue arrasando e Schiavone sobrevivendo no torneio. E Razzano, que eliminou Serena Williams na estreia, veio pro torneio só pra isso. Já está fora na segunda fase. Sharapova, Azarenka e cia. limitada comemoram (risos).

Estou gostando demais das novas aquisições da ESPN de comentaristas. Fernando Meligeni sabe muito do que acontece dentro de quadra e conta bastidores, o jornalista Bruno Sassi entende bastante do esporte e traz muitos dados, informações e história dos jogadores, do torneio e etc. Parabéns à emissora!

 



  • Ronaldo Ponce

    Bellucci recebe consultaria do Dimitrov, ambos tem o fisico mais ridículo do circuito. nao aguentam nada.

  • Olá Fabrizio, há alguma chance de outro brasileiro ir aos Jogos Olímpicos além do Thomaz?

    Abraço!

    • Fabrizio Gallas

      Infelizmente em simples não. Nas duplas há, mas o cálculo é confuso demais que nem eu entendo. Desculpe!

  • O Bellucci precisa de um psicólogo e agora tembém de um professor de matemática para aprender a fazer contas.

  • linard

    Não duvido da lesão do Murray, mas acredito que não foi tanto assim, a não ser que as mãos do Fisioterapeuta sejam milagrosas. A gente sabe que o Murray, tem o hábito de se fingir de morto, depois dar o bote. Mas brincadeiras à aparte, o Murray tem um excelente preparo físico e o adversário colaborou bastante. Quanto ao Bellucci, tem muito talento, mas o condicionamento físico dele só dar para jogar 1 set. A cabeça então viaja é uma pena.

MaisRecentes

Orlandinho Luz, mais um talento se perdendo ?



Continue Lendo

Zverev é mais que uma realidade. Federer deveria jogar Cincinnati ?



Continue Lendo

Qual o limite de Roger Federer ?



Continue Lendo