Federer põe lenha na fogueira do circuito



Roger Federer é o tenista com maior arsenal de golpes e sem dúvida o de mais talento no circuito. Seus 16 títulos de Grand Slam falam por si só. O suíço é o que melhor se adapta às condições ainda mais se elas forem rápidas.

Madri inventou moda, colocou um saibro azul, que até ficou bonito, melhor para ver na TV, mas alguma coisa no processo de produção deu muito errado para sair escorregadia. O torneio é jogado na altitude onde a bola anda mais, torna o jogo mais veloz, acabou ficando ainda mais rápido e melhor para quem ataca primeiro e não depende tanto da correria ou regularidade para se dar bem.

De qualquer forma a experiência, talento e genialidade do suíço o levou a reverter um panorâma ruim e conquistar com muita raça e méritos o troféu. Tomas Berdych jogava muito, acertava winners para todos os lados e acuava Federer. O suíço não jogava mal, mas soube se segurar na partida, salvar alguns breaks importantes e mesmo com alguns deslizes converter as oportunidades nos momenhtos decisivos.

O tcheco deu uma certa contribuição – duas duplas-faltas para perder o 2º set e dois erros bobos para perder o jogo. Por isso que não se encontra acima no ranking. Contra os principais jogadores quase sempre falha na hora H. Foi parecido na semi de Monte Carlo contra Djokovic.

O ano se mostra bem disputado no tênis masculino com Federer somando quatro títulos, Djokovic dois, Nadal dois. E agora Roger reassumirá o número 2 do ranking e se mantiver tal posição deixará Rafa solto na chave de Roland Garros para emparelhar com ele mesmo ou Djokovic numa provável semifinal. Por isso, o torneio de Roma, que começou já hoje, será importante.

Outro detalhe. Djokovic tinha uma vantagem meses atrás de 4 mil pontos, semanas atrás de 3 mil. Agora são só 1800 para Federer, 2,1 mil para Nadal. Teremos uma briga de cachorro grande nessa temporada e Federer louco para voltar ao topo e ser o maior líder de todos os tempos (são 285 semanas suas contra 286 do recordista Sampras).

A vaia – Categóricas vaias para Ion Tiriac, dono do torneio, e Manolo Santana, diretor da competição, nas cerimônias masculina e feminina de entrega dos troféus. Eles bancaram o saibro azul, nenhum espanhol chegou nas semis, o número 1 do mundo perdeu nas quartas e o ídolo local Rafael Nadal promoteu boicote com Djokovic para 2013. Uma encruzilhada para Tiriac. Será que manterá essa quadra para o novo ano ?

Bellucci fora de Roma e aumentando o risco-Olimpíada – Se complicou para Londres Bellucci. Uma 1ª rodada difícil contra Mikhail Youzhny em prévia da Copa Davis, mas ao mesmo tempo uma ótima chance desperdiçada. Ele fez 2/0 no 3º set teve game-points, não converteu, levou o revés e deixa de somar 35 pontos importantes na briga pelo topo do ranking.

Bellucci deve subir uns dois postos no ranking de segunda-feira indo ao 67º lugar e por enquanto está duas posições acima do corte dos classificados para a Olimpíada de Londres. O que complica é que defenderá 90 pontos da terceira rodada de Roland Garros. Como está com um ranking ruim sairá solto na chave e corre o risco de pegar um top logo de cara e aí a Olimpíada ficará por um fio.

Falando nisso o presidente da CBT deu entrevista esta semana avisando que se Bellucci não conseguir sua vaga direta para a Olimpíada de Londres bvai tentar um dos oito convites disponíveis junto à ITF. Como o Brasil é sede das próximas Olimpíadas, vejo uma chance legal. Mas é apenas palpite.

Curtinhas:

Serena deu uma surra na número 1 Azarenka, levou o troféu e ainda zombou dos homens: “Eles são frouxos”, sobre as reclamações da quadra azul. A americana quando quer joga demais. Pena que isso seja apenas em algumas semanas por ano…



  • Ronaldo Ponce

    Nadal e Djokovic dois chorões. Só sabem ficar correndo e passando pro outro lado aí qdo tem uma quadr amais rapido que precisam atacar ficam chorando e dando desculpas. Eles tem é que agradecer isso sim pq de uns 10 anos pra cá todas as quadras ficaram bem mais lentas e a bola mais pesada. Deviam falar tb e reclamar disso e pedir a volta dessas mudanças tb. Mas só enxergam o que convém, gostava muito desses dois mas depois dessa perdi o respeito por ambos.

    • Bruno88

      Os 2 “Chorões” fizeram as 3 últimas finais de Grand Slam em quadra rápida amigo.Esqueceu?

      • guip

        sim e as quadras cada vez mais lentas… é so por velocidade no jogo q acaba os 2 “genios” vemos no atp finals

      • marcelo de bauru

        O problema é que as quadras “rápidas” não são mais tanto. Quando Federer se aposentar o tênis vai virar um jogo sonolento de empurradores de bola. Zzzzzzzzzzz….

      • E desde quando as quadras do Australian Open, US Open e Wimbledon são rápidas hoje em dia? Madri é mais rápida do que qualquer uma delas. Além disso, o Grand Slam britânico está tão lento que dois passadores de bola fazem a final e trocam 20 bolas por ponto. No US Open, a quadra do ano passado foi a mais lenta desde a época em que o torneio era disputado no saibro. Assim, os robôs sempre chegarão na final.

  • Guilherme Freitas

    Se Bellucci um dia lançar uma biografia, Rubens Barrichello escreverá o prefácio. Certeza!

    • Andressa

      E poderia ter um capítulo “Como lidar com as expectativas de torcedores que EXIGEM um novo Senna e um novo GUGA e colocam esse peso nas nossas costas”…

  • Daniel Dantas

    Os principais torneios do circuito são jogados em pisos distintos e cada um com sua particularidade. Tem quadras que o quique da bola é baixo, outras mais alto, quadra dura, quadra emborrachada, quadra que desliza, etc.. Em fim, Madrid trouxe outro ingrediente que torna o saibro azul muito interessante, independente do claro e evidente piso seco e escorregadio, uma quadra muito veloz! Justamente por isso, acredito que jogadores do calibre de Djoko e Nadal deveriam encarar o saibro azul com um desafio a ser superado, ao invés de ir para coletiva de imprensa manifestar insatisfação com a alteração da coloração do piso, sem atentar para o fato de que, embora a quadra de fato esteja muito escorregadia, todos foram unânimes em reconhecer que o saibro azul nivela mais os jogadores. Com efeito isso não seria melhor para o tênis? Tenho certeza que sim! Ainda mais se levarmos em consideração que os jogadores que mais reclamaram são justamente aqueles que nos dois últimos anos foram os que mais quebraram paradigmas (Djoko e Nadal)? As reclamações deles não soaram bem, sobretudo diante da postura que os dois tem assumido frente a ATP aos realizadores do evento… No final da contas, Federer vem comendo pelas beiradas e se a coisa continuar assim, logo logo teremos muito mais surpresas noa circuito… É esperar pra ver…

  • Lucas

    O Fabrizio, mudando de saco pra mala, vc assistiu a final Clezar X Capdeville?
    O chileno valorizou muito a vitória do guri, porque jogou muito bem, mas o gaúcho estava infernal, jogando com muita inteligencia. Parece que tem uma cabeça muito boa e é lutador! Pra mim, pós-Guga, é o que apareceu de melhor…

    ALGUÉM TEM QUE VALORIZAR A CONQUISTA DELE… ACHO QUE É O MAIS JOVEM BRASILEIRO A GANHAR UM CHALLENGER (em rápida pesquisa, o Guga teria ganho o primeiro challenger já com 20 anos, assim como o Saretta).

    Abraços

    • Fabrizio Gallas

      Não assisti, mas pelo resultado desse jogo e da semana o Clezar mostrou que está em franca evolução!

  • Adair Fábio Kerber

    Federer é indiscutivelmente o maior tenista de todos os tempos. Joga com facilidade e comparado aos outros grandes da atualidade Nadal e Djokovik, possui maior longevidade. Tenho a convicção de que estes não estarão em alto nível quando tiverem 30 anos pois necessitam muito mais do praparo físico para competir. Federer joga com facilidade, tranquilidade e precisão sem precisar se desgastar. É um privilégio poder assistir ao vivo este que para mim é o maior tenista de todos os tempos. Imperdível.

  • Everton Castro

    Ola amigos;
    Não gostei do saibro azul (.)
    Mais isso não tira o mérito de Federer, e nem da motivos a NOLE, e RAFA de reclamarem tanto do piso ( pois amigos RAFA teve 5×2 e não fechou )
    Nole por sua vez, deveria se comportar como numero 1, se não gostou ( tem todo o direito de não participar do torneio ano que vem , mais o direito de ficar falando mau da quadra e de seus organizadores, isso não !
    Anos atrás Nole não teria essa atitude, por que agora ? pq RAFA esta também afrente de um possível boicote ? hora NOLE mais atitude ! o piso de Madrid sempre foi rápido pois esta um pouco acima do nível do mar.
    Sobre o boicote :
    Se RAFA não tivesse perdido tantos pontos ele deixaria de participar no outro ano ? com certeza não !
    Bom ao final disso tudo gostaria de ver FEDERER mais uma vez no topo, pois vejo nele um cara em que mesmo na adversidade procura se superas e se adaptar , dando provas de que realmente merece ser o numero ( 1 )
    há todos um dom dia !!!!

  • Luis

    Já que o propósito é inovar para chamar a atenção e os organizadores ganhar mais $$$, vai uma sugestão aos tenistas que queiram fazer reclamação ano que vem em Madrid: joguem com roupas de banho fosforescentes (homens e mulheres) que vai ficar mais interessante para todos e o torneio terá mais público, mais lindo de se ver, em conseqüência direitos de transmissão mais caros ….. Mais lucro, mais lucro, mais lucro (como são burros esses empresários sem visão!). E assim vai se acabando com o Tênis…. Alem do que para Madrid 2013 os tenistas privilegiados serão os que já treinaram e jogaram lá, pois nem todo clube terá condições de possuir uma quadra de saibro azul e bolas fosforescentes.

  • Jairo Salles

    De pensar que no ano passado Fabrizio e muitos de seus seguidores queriam aposentar Federer….não me surpreendo ouvir sempre os mesmos comentários sobre Nadal, embora torça por Djoko, observo os mesmos comentários repetitivos! Djokovic era ovacionado no ano passado e até o começo deste ano e agora é chamado de chorão, que não tem atitude, etc. vá entender!!!
    Considero Federer o melhor de todos os tempos, assim como Nadal e Djoko também acham que ele é. Porém não esqueçam das viajadas do suiço, as vezes ele tem tudo prá estar no topo e amarela na hora mais inoportuna. Ele é QUASE perfeito.
    Agradeço aos céus por ter uma geração tão fantástica de jogadores que se alternam no topo de forma competente e nos faz esquecer a deficiência brasileira atual, depois dos auros tempos de Guga Kuerten.

  • Fábio de Souza

    Na boa…..não precisar ser nenhum gênio pra saber que o Federer se adaptaria ao saibro azul…. vamos estudar, por favor !

  • Engcsraçados, vcs que dizem Federer sero melhor,é obvio, com 30 anos! vcs queriam o que? agora, vejam o Nadal 25 anos, 10 grande slam, 20 master 1000, e só agora Federer conseguiu igualar ao Nadal, imagine quando Nadal tiver 30 anos.

    • jadir

      Rainha do fogão, com 30 anos, o Nadal estará de bengala, e jogando torneios da 3ª idade

    • Edmárcio Santos

      Vc acredito que no Nadal estará jogando com 30 anos??? E outra… vc sabe que o Federer nunca deu a mesma atenção aos Master 1000 como o Nadal dá… aliás voltamos a conversar quando Nadal vencer mais de 16 Slams.

    • gigi

      Nadal estará aposentado.

  • Nadal, para mim é o melhor tenista de todos os tempos,morei na swiss mtos anos, la [swiss]Nadal era, respeitado e admirado, aqui no Brazil não, o porque não sei, pena!!!!!

    • jadir

      Dona Maria, aquí no Brasil, desculpe-me: Brazil ( para combinar com Swiss), o Nadal também é respeitado, afinal ele é considerado o maior baloeiro do tenis em todos os tempos.

  • Parabéns ao Federer,ele realmente é um cara que joga no gelo,no vento no tsunami seja onde for ele é o maior????????Vamos ver mesmo seu Fabricio se ele se adapta e joga e ganha em qualquer circunstâncias..aqui em Roma ele tem chances?se ele se adapta a tudo então ele ganha aqui e em R.G aguardaremos e volto para dizer..isto se Federer que todos acham que é um Gletmann não desistir em Roma já alegando dores antes mesmo de chega a Roma!Vai se danar estou de saco cheio o Cara não perdeu por um triz para Raonic..aconteceu um aborto da natureza e Verdasco ganhou do Nadal.e na Final para o tcheco com o jogo ganho..parem com isto vão ser fánatico assim lá na Suiça!

    • Bruno

      ”Pode chorar que o choro é livre”, Mário. Essa frase é dedicada à você, Nadal e ao Nole! Aliás esses últimos dois foram nada menos que ”chorões” em Madrid. Nadal conseguiu perder pro Verdasco, um tenista que ultimamente não estava ameaçando ninguém, e que nunca havia vencido em confronto direto entre os dois. Isso vale tbm para Tipsarevic, que sempre tremeu diante do atual #1 da Atp. Alías, esse dia seria para quebrar tabus, se Federer (que ”quase” perdeu pro Raonic) não tivesse atropelado David Ferrer, e mais tarde faturando seu 2º Masters 1000 esse ano. Não é questão de fanatismo, e sim reconhecimento. Admita: R.F. é o melhor de todos os tempos, e jogará por muito tempo ainda. Pois joga fácil, sem precisar forçar a parte física, com um vasto arsenal de golpes, atributos de um gênio!

  • Raul

    Engraçado, pois o Berdych e o “mestre” jogaram o fino da bola nesta final, e as duas moças reclamaram tanto, que parecia impossível jogar o que os dois jogaram, enfim….

    Ao Nadal e Nole, termino com a frase que a minha tia avó cita com maestria: vão chorar na cama que é lugar quente.

  • Diego

    São dois chorões. Hoje em dia o circuito é dominado por quadras lentas em que não há mais especialistas em nenhum ambiente. Quando jogam numa quadra rápida de verdade não conseguem fazer nada, por que não é o habitat deles. Quadras rápidas são o habitat de sacadores e voleadores e a verdade é que os melhores nesses quesitos chegaram às finais, como foi o caso de Federer e Berdych. Outro que poderia ter chegado foi o Raonic que deu muito trabalho ao Federer, mesmo caindo na 2a rodadda. Como o saque não é forte dos Nadal e Djokovic, não chegaram.

    Só ganharam Wimbledon por que aquela grama ficou mais lenta que o saibro de Madrid.

  • Os “passadores de bolinhas” juntos tem 16 Slams e 76 titulos de simples até agora! E em todos os pisos! E vários deles em cima do Federer! Eles são ruins msm! Hahahaha

  • ROD LAVER

    A PERGUNTA QUE EU FACO A TODOS QUANDO O BELLUCCI VAI DEIXAR DE SER UM TENISTA IRREGULAR E SER UM VENCEDOR ,DAQUI 5 ANOS,SERA MESMO

MaisRecentes

Qual o limite de Roger Federer ?



Continue Lendo

Cilic e a missão (quase) impossível contra Federer



Continue Lendo

O verdadeiro Dia Mundial do Tênis



Continue Lendo