Sorteio indigesto



João Souza, o Feijão, faz o 1º jogo contra Santiago Giraldo. Não foi o sorteio ideal. O brasileiro fará sua estreia em Copa Davis e sem dúvida haverá aquele frio na barriga por ser uma competição diferente, onde se defende o país e se joga em casa. E em um confronto importante, abrí-lo é uma pressão.

Em contrapartida, se Feijão conseguir domar rapidamente os aspectos citados acima pode se dar bem já que é o jogador com menor ranking e na teoria aquele que “corre por fora” nos confrontos. Ou seja, quem sentiria a pressão seria Giraldo por ter ‘a obrigação’ de dar o primeiro ponto colombiano. Para isso incrementar, é preciso estar sempre junto do placar e não deixar Santiago ficar naq liderança e nem confortável.

Em caso de uma vitória – Feijão já bateu Giraldo uma vez na casa deles, em Bogotá – Bellucci entraria com ótimas condições de aplicar o 2 a 0 para a definição vir possivelmente na dupla.

Não vou ficar em cima do muro. Ainda aposto em um confronto com jogos longos e parelhos, mas o Brasil leva por 3 a 2.

Falemos de outros duelos da Copa Davis. A França tem tudo para vencer os Estados Unidos, mas não será um duelo fácil. John Isner mostrou ser um jogador perigoso contra a Suíça derrotando Federer e Wawrinka e pela final de Indian Wells. Se ele conseguir esse pontinho da sexta-feira contra Gilles Simon pode causar outra surpresa americana agora em pleno saibro de Monte Carlo. A França, que tem até sede pra semifinal contra a Espanha, precisa se cuidar. Vou apostar nos franceses por 3 a 2.

A Espanha vai vencer por 4 a 1 Áustria perdendo o jogo de duplas, mas Almagro e Ferrer terão vidas complicadas com Jurgen Melzer.

A Argentina vai superar a Croácia. Terão problemas com Cilic e Karlovic, mas já se classificam no sábado.

República Tcheca e Sérvia será outro confronto duro e com a dupla super importante. Vou apostar nos tchecos por conta da ausência de Djokovic nos sérvios.

Você meu caro leitor tem apostas para esta Davis ?



MaisRecentes

Nadal chega em Paris com sobras. Djokovic pode brigar



Continue Lendo

Nadal não será afetado por derrota em Madri. Zverev cresce, mas precisa confirmar em um Slam



Continue Lendo

Triplo 11 de Nadal ?



Continue Lendo