Bellucci foi quase perfeito



Para se derrotar um tenista do top 3 hoje em dia, Federer, Nadal ou Djokovic, é preciso ser perfeito. Bellucci esteve perto, jogou muito bem, fez por merecer um bom resultado, mas acabou derrotado.

O brasileiro começou o jogo certinho. Com alto percentual do 1º serviço (86% no 1º set), conseguindo encarar Federer no fundo usando a variação com bolas altas em sua esquerda e aproveitando as chances de quebra provocadas por um suíço que mostrava certo abatido, talvez cansaço, e assim cometia demasiados erros.

Mas não se pode dar chances para esets gigantes do tênis e eis que Bellucci cometeu um erro que no meu entender foi capital. Levar uma quebra logo de cara no 2º set. Com um set a frente era hora de concentrar todas as energias no serviço, manter a intensidade para sustentar Federer atrás no placar. Mas alguns erros do brasileiro deram a vantagem que Federer precisava para ir crescendo e ficar mais preciso.

Boa notícia foi sua recuperação mental na terceira etapa focando nos games de saque e faltou um pouco de sorte no 4/4. Falou alto a experiência. Roger tirou quatro saques da cartola no 0/30 e fechou na hora H.

Sem dúvida essa partida contra Federer foi uma das melhores atuações de Thomaz Bellucci no piso rápido e ele estava precisando muito dela para readiquirir a confiança que andava perdida.

Thomaz já enfrentou Nadal duas vezes, Novak Djokovic em duas oportunidades, Federer pela primeira e já ganhou do Andy Murray. Em apenas um desses jogos ele não foi bem. O que Thomaz precisa é que bato na tecla quase sempre. Manter a regularidade nas boas atuações e evitar bobeadas contra tenistas de mais baixo ranking. Sendo assim voltará a brilhar no circuito como já fez em certas ocasiões.

Curtinhas:

Dolgopolov a cada duelo contra os tops me decepciona. Perde a cabeça muito fácil, não consegue intensidade. É aquele jogador pra ficar rondando no top 20, top 30 e eventualemtne entre os 15 melhores. Uma pena pois é muito talentoso.

Nadal continua tendo atuações firmes e sem se assustar. Vem chegando de mansinho.

Djokovic não está naquela forma exuberante do ano passado e hoje conseguiu perder um set pro Pablo Andujar. Está perigando, mas a sorte é que sua chave está bem aberta. Não acho que Almagro possa causar tanto dano.

 

 



  • guilherme

    federer fez um dos seus piores sets desde aquele 4 set com djokovic no USO11. Belucci fez a parte dele mas, mesmo federer tanto mto mto mal ele entrego a chance que teria no 2 set ja que no 1, principalmente nas quebras o RF se entregou sozinho.

  • renato mão de ferro

    Perfeito Fabrizio !! Análise e critérios justos e precisos.
    Sem qualquer influência de última hora. O tenis do brasileiro é exatamente isso que voce retratou. De primeira linha e com pequenas instabilidades, mas que no momento estão sendo cruciais para que o mesmo galgue postos mais elevados, E tenho dito !!!

  • gildasio

    Pra o tenista ganhar com mais facilidade os jogos é só jogar com o primeiro saque. federer teve 84% de 1 serviço no terceiro set, já cansado e bellucci teve 50 e poucos, sem falar em aces que roger teve 5 e bellucci 0.

  • leandro

    jogou como nunca e perdeu como sempre….

  • Altaisio Paim

    Pois é Fabrízio. Faltou experiência. Bellucci fez uma grande partida. Já imaginou se o brasileiro jogasse nesse nível na maioria dos jogos?

    • Fabrizio Gallas

      Já estaria no top 20 certamente

  • Paulo Filho

    O Bellucci jogou o que sabia e o que não sabia. Foi muito bem e com esse nível de jogo teria batido qualquer um fora do top 3, mas contra o Federer não foi o bastante. O instinto de vencedor e a ampla experiência pesaram a favor do suíço. Vamos ver em Miami agora, que normalmente tem a quadra um pouco mais lenta por conta da baixa altitude e que pode agradar bastante ao brasileiro.

    Em relação ao Djokovic, é bom ele ficar esperto contra o Almagro, que vem fazendo ótimas partidas este ano e é muito melhor que o Andujar. Acho que ele pode sim dar trabalho e vai vir babando pra pegar o sérvio de jeito.

    O Nadal vai ter finalmente um bom teste neste torneio, pq o gordo ta matando todo mundo e mais uma vez mostrou que não está devendo nada para nenhum top 10. É bom o espanhol se cuidar pq a esquerda do Nalba está muito afiada.

    Sem querer desmerecer a vitória do Federer, mas eu acho que se ele chegar na sem, vai apanhar pq ele anda meio apagado.

  • Neto

    Dolgopolov ainda não achou seu caminho, isso ainda vai um tempo e muitos ajustes. Mas ele chega lá!

    Agora ao Bellucci temos que dar os parabéns pela bela apresentação. Considerando que ele ainda tem limitações na quadra dura, jogar de igual para igual contra o Federer nessa quadra é um feito e tanto. Bellucci já mostrou tudo o que pode fazer, agora só falta adquirir regularidade.
    abraços

  • João Marcelo

    A questão é… o que passava pela cabeça de Bellucci? Isso é o mais importante de se averiguar e somente ele e seu técnico podem tratar do assunto… Se no 0/30 no terceiro set, ele já estava com o sentimento de dever cumprido… de já ter chegado longe demais contra Federer, certamente ainda não está preparado para destronar um top 3… “causar problemas”, “vender caro a derrota”, são máximas que jamais podem contentar aquele que, de fato, pretende intergrar o seleto rol dos vencedores… Mudar a postura, no caso de Thomaz, é o que resta… Jogar tênis ele sabe… possui todos os golpes… Mas, falta se descontentar com a derrota e não se consternar com ela…

  • mauricio weiss

    Ontem deu gosto de ver o Bellucci, foi uma pena aquele 0/30, mas o suíço ta sacando muito na hora que precisa. Acredito que se fosse até o tiebrake o Bellucci perderia mesmo assim. Torcer agora por boas chaves para ele poder acumular alguns pontos até Madri.

  • Beatriz

    È verdade Fabrizio o Belucci jogou muito bem, se ele jogar assim pode se tornar um top 10 rapidinho. Mas, Federer tem toda a experiência e não se pode errar contra ele… Federer é Federer- é o melhor mesmo.

    • Fabrizio Gallas

      Top 10 o buraco é mais embaixo. Tem que ter consistência ainda maior.

  • Dimitri

    Deu gosto de ver ontem! Faltou um detalhe para levar a terceira parcial para o Tie Break e ficar muito próximo da vitória. É este tipo de jogo que esperamos do Thomaz: solidez, bom serviço, tranquilidade nos momentos adversos e “pau” na bola quando tiver oportunidade… Bellucci tem que gostar de fazer oitavas e quartas com esse “caras”, não pode dar bobeira contra jogador fora de TOP 80! Sinceramente, ontem fui dormir um pouco mais feliz e ansioso pelo Masters de Miami, confiante que Thomaz possa manter este bom nível de jogo. Bellucci deve aproveitar estes momentos, desfrutar bastante o jogo nos enfrentamentos contra estas lendas vivas, como Djoko, Nadal e Roger e nunca deixar de acreditar que pode vencer, vide ontem. Abraço.

  • Ulices Fernandez Apolinario

    Federer não estava ao 100%.

  • felipe

    Pessimo post..
    E ai.. perdeu.. de qto.. 2 a 1.. 2 a 0… parciais de qto.. vamos deixar algo mais completo.. voce nao tem só 146 caracteres…

    • Fabrizio Gallas

      Texto completo falando o resultado do jogo tem no tenisnews.com.br no lancenet.com.br aqui é pra comentar não pra dizer quanto foi.

  • Teixeira Jr

    Bons comentários Fabrizio, ainda mais quando você se refere a ser perfeito! o nivel dos três melhores tenistas sem descartar Murray está muito alto, Bellucci ainda teve erros bobos mas, foi muito bom vê-lo jogar bem…há tempos ele vinha decepcionando e agora quem sabe?!

    Sou canhoto também …. queria abrir um tema e perguntar para a redação: Os jogadores canhotos tem alguma vantagem sobre os destros? E sobre os destros de backhand com uma mão? com 2 mãos? Em que estratégias ou golpes?

    Obrigado..

  • pereira

    FG, ontem foi um dqueles dias que o Roger estava no seu pior dia e o Thomaz no seu melhor, mesmo assim deu Roger.

  • linard

    Olá Fabrizio,
    gostaria que o Bellucci tivesse vencido, mas tinha certeza que ele não venceria o Federer. O Federer estava meia-bomba e era o primeiro confronto entre eles, portanto, devaneio de mais, faz mal ao processo de recuperação do Bellucci. Vamos pra Miami, de preferência sem virose.

  • Federer disappoint, I’m an amateur and I’m also practicing lefty, I’d like trataseis the subject.

  • Mani

    Ótimo jogo do Bellucci, fez tudo certinho no primeiro set e jogou em um bom nível nos outros dois.

    Mas pelo que eu andei lendo por aí, o Federer tá doente, acho que ele pegou o vírus que já provocou algumas desistências nesse torneio. Vamos ver como ele vai estar contra o Del Potro, mas contra o Bellucci ele tava meio lerdo…

  • Eduardo Thomaz

    Como eu havia dito no outro post, o Federer não é tão regular quanto todos pensam…

    Ele por diversas vezes não tem paciencia com o jogo e arrisca muito, errando muito tambem, e não vale culpar resfriado nenhum, pois a bola que definiu o 2 set foi pura correria e esforço fisico e ele não demonstoru nem um pouco de cansaço o mesmo podemos dizer de seu saque sempre muito forte, foi o que definiu a partida.

    Bom para o Thomaz é a grande melhora dele nos voleios junto a rede, isso tem facilitado muito seus jogos.

    Agora é esperar Miami e torcer !!

  • Simplicio Junior

    Concordo com você, Fabrizio. Se tivesse atuações assim com maior regularidade, Bellucci já seria Top 20. Acho até que Top 15, já que a diferença de pontos é relativamente pequena entre os tenistas neste patamar. Depois de um 1º set primoroso(não me interessa como estava o Fedex até então. Não é problema do Thomaz), a perda de intensidade logo no início do 2º foi mesmo crucial. Também aquele último ponto da 2ª etapa elevou ainda mais o moral do suíço. E acho que Bellucci escolheu mal o golpe. Veja bem, o último forhand já havia empurrado Federer pelo menos 3 metros atrás da linha de base. Ao se esticar e salvar com um lob defensivo, Roger previu que do outro lado viria um smash e ficou no fundo. Com a bola no alto, havia tempo para ver a posição do adversário, deixá-la cair mais e, com um toque em slice, aplicar um voleio curtinho, novamente na direita do suíço, que corria para a sua esquerda. Ele jamais chegaria, por mais pernas que tenha. O smash com spin possibilitou aquele outro lob, com slice, que atrapalhou bellucci. Não digo que o brazuca devolveria a quebra sofrida no primeiro game, mas mostraria a Federer que ele estava bem vivo e confiante. Enfim, são conjecturas. Aguardemos um Bellucci com confiança elevada em Miami.

  • Acho que Bellucci fez um ótimo jogo,e ficou comprovado que se manter a regularidade e o saque em alto nível vai continuar dando muito trabalho aos tenistas top 10,temos que enaltecer nosso tenista e parar de achar que o paulista é o inesquecível e imcomparáveL GUGA KUERTEN.Perdi 6 cervas pro sarli mais fui dormir muito feliz.

  • nailson

    Meu amigo, devemos levar em consideração que, quando se joga com um tenista do nível de ROGER FEDERER, qualquer jogador sabe quem está enfrentando. Só um cego não vê que ROGER FEDERER não está jogando 100% do nível de tênis que ele sabe, por que, se o fizesse, Belluci ou qualquer outro jogador dificilmente ganharia um set para ele. Vocês não estão levando em consideração o grande e imenso abismo histórico que separa Belluci de ROGER FEDERER. Cada jogador que joga com ele está, na verdade, fazendo uma verdadeira final. Afinal de contas, é uma vitória para ser lembrada por muito e muito tempo. Basta ver aqueles que o sobrepujaram, como lembram com saudosismo o embate. ROGER FEDERER será sempre inesquecivelmente ROGER FEDERER e, para Belluci chegar aonde ele chegou, tem muita e muitíssima estrada para percorrer. Vamos colocar os pés no chão e deixar de sermos utópicos, pois um jogador como ROGER FEDERER surge a cada milênio e o próximo, se houver, nós, naturalmente, não o veremos.

  • es cierto pero tu puedes Bellucci solo tienes que ponerle mas ganas….o es cuestion de suerte???

MaisRecentes

Qual o limite de Roger Federer ?



Continue Lendo

Cilic e a missão (quase) impossível contra Federer



Continue Lendo

O verdadeiro Dia Mundial do Tênis



Continue Lendo