Não tem jeito, o problema é mental…



Mais uma partida importante de Grand Slam entre Roger Federer x Rafael Nadal e os erros e bobeadas do suíço se repetem. O mental dele não aguenta o Touro em uma partida de cinco sets. Os números comprovam. Federer ganhou apenas duas de dez partidas disputadas em Grand Slams e ambas em Wimbledon (2006 e 2007). Perdeu cinco vezes em Roland Garros (2005 na semi, 2006, 2007, 2008 e 2011 na final), uma em Wimbledon (2008) e duas na Austrália (2009 na final e agora 2012). O retrospecto geral é de 18 a 9 pro natural de Manacor.

A história é sempre parecida. Federer abre vantagem e corriqueiramente vence o primeiro set jogando certo, agressivo, explorando o backhand do espanhol, variando com curtas, mas começa a se afobar, cometer erros, o saque não entra, ele vai pra rede de forma atabalhoada no golpe mais forte do oponente (o forehand) e acaba deixando o espanhol entrar na partida.

Federer não pode reclamar de oportunidades. Saiu quebrando na segunda etapa, levou a virada. Teve quebra com 4/3 no terceiro set e chances para quebrar no fim do quarto set e no último game quando Rafa servia pro jogo.

O jogo acabou sendo digamos mais ou menos pro que se esperava por conta do nível de ambos durante toda a competição. Teve ótimos pontos e momentos de tensão com reviravoltas, mas muitos erros – 63 do suíço e 34 do espanhol – contra 46 winners do natural da Basileia e 36 de Rafa.

Não podemos deixar obviamente de ressaltar as qualidade de Nadal que usou muito seu físico para chegar em bolas impossíveis e sempre colocar aquela pulga atrás da orelha de Federer, fazer o suíço duvidar, se apressar. E na hora de fechar tanto no 3º quanto no 4º sets foi valente omo sempre.

Agora pra Federer é mais uma dura derrota em fases finais de Majors e mais de dois anos sem vencer um torneio deste porte e para Nadal sua 15ª final de Grand Slam e mais uma chance de provar seu valor. Mas ele com certeza vai torcer e muito por Andy Murray na segunda semi desta sexta-feira porque Novak Djokovic novamente não será nada bom…

E teremos uma número 1 justa no tênis feminino ratificando o posto com o título de Grand Slam. Minha aposta é em Sharapova pela experiência em finais de Slams, mas o jogo será dos mais equilibrados já que Azarenka vem confiante, ainda sem derrotas no ano. Uma pena por Clijsters e Kvitova que mereciam, mas alguém tem que ganhar.



  • Berg

    FABRIZIO, concordo plenamente com seu post. Hoje bato o martelo e apesar de torce pro Federer, entro na turma: Federer não é o melhor da história. Por que? Muito simples, o maior tenista da historia entre todas as suas qualidades precisa saber mudar quando necessário, e ser disciplinado quando o adversário exigir. Federer chega a irritar todo mundo, por que todos que estão de fora vêem os seus equivocos, mas ele não muda. A direita esta ruim hoje? Estava. Mas a quantidade de subidas no drive do Nadal, parece um amador. Quanto ao Nadal, foi espetacular como sempre. Infelizmente não voltaremos a ver Federer vencer o Nadal em um Slam nunca mas, a não ser que ele mude tudo na sua cabeça.

    • Onde que o blogueiro tá afirmando isso….anta?

  • Mário Fagundes

    É difícil admitir, como torcedor de Federer, mas a realidade é que o suíço é mesmo um grande freguês de Nadal. Além do problema mental, é inadmissível ver Federer ignorar a necessidade de jogar taticamente contra o Nadal. Um pena, mais uma derrota dolorosa em um Grand Slam. Alguém precisa dizer ao maior tenista de todos os tempos que contra o Nadal, jogar bonito não importa e, sim, ganhar de qualquer forma.

  • realmente diante de rafael nadal, em grand slam, o leão da montanha se transforma em um gatinho confuso

  • Leandro Just line

    Vi o jogo por inteiro como quase todos os outros e pra mim é nitido que o Nadal seja mais forte mentalmente que o Federer. Porém no jogo de hoje ficou evidente que o que mais pesa no confronto entre os dois é a obediência tática.
    O Federer é sensacional sem sombra de duvida, mas em relação ao Nadal nesse quesito ele perde feio e é ai que o Nadal o supera sempre, simplesmente na obediência tática.
    De qualquer forma quando se tem 26 grand Slam em quadra, a unica certeza é de jogo decidido nos detalhes e o detalhe passa 100% encima da disposição tática de cada um.
    Grande abraço ao pessoal do blog, minha aposta agora é Murray superar as espectativas e bater o Joka, pois o vi cansado demais no ultimo jogo, se o Murray permanecer solido e o balançar desde o inicio com bolas fundas, tem chances de levar o jogo.

  • Luis

    O problema não é mental, é muito mais simples… é questão de tática….questão de aplicar slices e mais slices, curtinhas e mais curtinhas, jogar no reverso e pronto…..é o que Djokovic faz e Federer deveria fazer também. Eu pergunto: quantos slices Federer aplicou? Que eu contei, foram 6.

  • Altaisio Paim

    Federer sem dúvida poderia ter vencido em 4 sets. Será que é só mental, o problema quando ambos se enfrentam?
    De uma coisa eu tenho certeza: Federer é meu eterno número 1.

  • deco

    Vamos aguardar o Djokovic contra o Murray,,Mas sera que o Nadal esta torcendo mesmo pro Murray?Nao seria a hora de comecar a espantar o fantasma que o Djokovic implantou em seus sonhos em 2011?Pelo que vi o nivel esta mais equilibrado este ano pelos jogos,,(Djoko e Nadal),,e tbm pelo final da temporada fantastica do Djoko onde perdeu pro compatriota e pro Ferrer,,,e ate mesmo pro Murray na final de um master porem estava sentindo dores…O que acham?E dificil advinhar o que passa na mente dos atletas,,porem contra o Murray se este for a final,,tem outro dilema,,,este nao ganhou nenhum slam e ja nao estaria na hora?O que acham?abracos

  • Elinho

    É! o federer sempre pipoca diante do touro, é uma coisa de louco, ele ja entra receoso no jogo, fica travado com um backhand alá deliciano lopez… esse caras acham que o nadal é um “bicho papão” quando o unico golpe que ele tem é aquele forhand pesado q todos ja conhecem…o Federer “melhor de todos os tempos” e os outros jogadores tem que assistir os jogos do djokovic fazendo o touro virar bezerrinho, ou seja, soltando a pancada no backhand limitadíssimo do espanhol! Será q isso é dificil? Sei q falar é fácil, mas os caras são profissionais! Vamo esperar pra v o nole (q aprendeu a ganhar do nadal) dá outra lição no seu fregues!

  • rodiscley

    Que pena, este PORRA do Federer, nawm aguenta o MIURA, djooko na CABEÇA…

  • Marcos

    Sou torcedor de Rafa Nadal sempre, mas admiro muito o talento e facilidade com que Roger joga. Como dito no inicio do post, o problema do suiço quando enfrenta Nadal, esta na cabeça, na parte mental. Jogo pra vencer ele ja provou que tem, mas num tem o mesmo controle emocional que o espanhol demonstra nos momentos mais críticos de uma partida. Gosto do jogo de Nadal, pela garra, força e principalmente, como diz o grande Paulo Cleto, ele é um “animal” em quadra, num tem bola perdida. Estarei torcendo por mais esse titulo de GS pra ele e que muitos outros se repitam, pois com 10 esta bom, mas tem ainda mais uns 4 ou 5 anos pra estar nas cabeças, porque não pensar nuns 16, 18. Por enquanto, mesmo que Roger seja o melhor nos numeros não será o melhor de sua geração ( minha opinião, respeitando os demais) pois tem em seu principal rival, um oponenente o qual praticamente não consegue vencer.

  • HEITOR W MARIN

    Literalmente o Federer sente demais a pressão de jogar com Nadal, mas o que não da para entender é porque quando ele esta em vantagem num game (40 x 0 ou 0 x 40 p/quebrar) tenta fechar o ponto com jogadas humilhantes ou expetaculares que acabam dando erradas e depois não consegue mais nem fazer o óbvio. Provavelmente como genio do tenis ele não acredita ser necessário ver os jogos do Djokovic para aprender como ganhar do Nadal, de repente um pouco de humildade pudesse lhe ajudar.

  • José

    Fabrizio, quem voce acha que alcanca a final contra o nadal, e quem vc acha que vence? (leia este comentario por favor )

  • José

    E nesse australian open o Nadal ta jogando um tenis suficiente para bater o nole?!

  • Rodrigo

    Concordo completamente: “O problema é mental”. Como no tênis a parte mental é física são igualmente importantes e indissociáveis, Federer confirmou mais uma vez não ser páreo para o Nadal. Prova disso, é que quando vê sua técnica abalada por um oponente superior e é exigido fisicamente, isto é, quando é obrigado a se deslocar correndo na quadra, não aguenta o tranco. É importante dizer que o Nadal vence, não por causa de uma suposta performance ruim do Federer, mas por ter sido superior mental e fisicamente. Acho extremamente injusta, a seguinte lógica: Se o Federer ganha, foi porque jogou melhor, mas se o Nadal ganha é porque o Federer não jogou tão bem. Quem realmente acredita que o Federer entra em quadra pensando: “hoje vou jogar mais ou menos!”. Duvido disso, ainda mais quando se trata de enfrentar o Nadal. Quando se trata de Nadal e Federer, a situação já se inverteu faz tempo, é o Federer que está perdendo oportunidades de mostrar que é capaz e não o contrário; os números não mentem.

  • Joao Alves

    Eu já tinha dito, o Federer não pode ser considerado favorito contra o Nadal. Mesmo o suíco sendo melhor e mais talentoso, etc. O Nadal sempre acha um jeito de colocar a bola no revés dele e ALTA (BALAO). E o Federer, seja lá por indisciplina tática, teimosia, ou outra coisa, não consegue manter a tática que ele sabe que é vencedora contra o Nadal. Que nada mais é também, que agredir sempre o revés do espanhol e variar o jogo. Hoje o suiço não deu nenhum slice, e poucas vezes ficou jogando bolas seguidas no backhand do Nadal. Enquanto não fizer isso não vencerá, pois é impossível um tenista ganhar do outro jogando apenas com um unico golpe, a esquerda com uma mão.

    Mas calma Gallas, o Nadal tá na final, mas se o Murray não atrapalhar, o Nole coloca o Nadal e aquela cambada no devido lugar deles. Tema para o próximo Blog:
    Não tem jeito Nadal, seu problema com o Djokovic é mental.
    Pois o Djokovic sim, mantem um jogo agressivo e tático até o ultimo ponto e não se abala ao perder breaks, como acontece com o Federer.

    Portanto o segura o Djokovic devorador de fígados!!
    No fundo hj torci pro Nadal pois não tem coisa melhor de o espanhol e a equipe dele com cara de bobos no final dos jogos contra o Djokovic heheheeh!!

    • Fabricio Teles

      Tem tempo que não apareço por aqui mesmo. Agora o CHORÃO ALVES é torcedor do Djoko.kkkkkkkkk

      No mais, a conversa é sempre a mesma. Balão, bola na esquerda, se não sei quem não atrapalhar, SE isso, SE aquilo, etc. Que figuraça!!!

      • Marcos

        Eu imagino que Nadal tem algum mago por tras de suas jogadas…pois se jogando com um backhand ruim, como foi citado e um forehand que é um balão, o cara ganha do “melhor” da história…meu Deus…ele é um gênio. “CHORÃO ALVES”…ESSA É BOA. Quando não se tem argumentos pra justificar a derrota, se critica. É sempre assim quando o Fedex perde. Agora, se ele ganha…hummmmmmmmmmmm…consigo imaginar a carinha de felicidade…Praticamente um orgasmo da vitória….HAHAHAHAHAH. Gente isso aqui é lugar de coisa séria. Ofensas contra torcedores e jogadores não serve de nada. Afinal eles é que ganham a fama, MILHÕES DE DÓLARES e nós aqui ficamos discutindo sobre quem é isso ou aquilo..por favor. Chega ser engraçado.

  • Leticia Abdul

    Concordo. Federer começou o primeiro set de forma excelente, fazendo Nadal pensar se era hoje que o carro passaria por cima dele. Indo quase sempre no revés, dando curtas e aprofundando sempre as bolas para “matar” na segunda jogada com a bola ao meio da quadra.

    No segundo set começou quebrando o espanhol, mas tomou a quebra de volta. Federer abaixou a cabeça e Nadal passou o carro por cima dele. O terceiro e quarto sets foram disputados e Nadal levou a vantagem no mental e excelente físico no inicio de temporada, chegando em bolas impossíveis.

    Dos quatro sets jogados, nos três primeiros Federer quebrou o Nadal primeiro, e deixou ser quebrado depois. Mas vejo uma diferença “monstro” entre eles no quesito finalizar a jogada. Federer não vai perder nunca a oportunidade de estar na frente no placar e querer jogar bonito. E é ai que o Nadal “engoli” ele. Federer perdeu vários pontos e alguns games por conta da classe e sem falar nas várias viajadas de sempre.

    Digo que enquanto o Federer joga uma semi de Slam para vencer, Nadal joga para massacrar e engolir o adversário. Enquanto Federer perde um set e abaixa a cabeça, Nadal perde o Set e fica com mais raiva ainda para jogar como se fosse o ultimo jogo da vida.

    Desse jeito, se jogarem mais 20 partidas, Nadal ganha 17. Porque a diferença mental só vai aumentando.

  • Regina

    O Federer sabe tudo de tênis.. A única coisa que ele não conseguiu aprender é que um set termina marcando 6 games… Nãoa dianta estar 5*0 se ele para antes do 6….

  • Marcos

    Ué…cadê todo mundo???O rato comeu a língua?…hum, ja sei…tão chorando trancados no quarto né???tadinhos…

    • rui

      boas
      estao aonde tu estiveste durante o ano passado rsrsrs

  • linard

    Olá Fabrizio,
    Gostei muito do jogo FedererXNadal, um clássico do tênis. Mas já imaginava que ia ser difícil para o Federer, em jogo de cinco sets.O Federer tem muito mais talento, mas, também mais idade, 5 anos de diferença pesa muito e me pareceu também mais cansado que o Rafa. Agora vou torcer para o Rafa e Maria Sharapova.

  • O FATO PREOCUPANTE DO FEDERER QDO ENFRENTA O NADAL
    E QUE ELE ENTRA EM QUADRA PARECE QUE ESTA INDO PARA UMA SESSÃO DE TORTURA
    ELE ENTRA VISIVELMENTE COM UMA CARA FECHADA AS VEZES ATE PARECE TRISTE COMO
    SE ESTIVESSE PREVENDO A DERROTA

    OUTRA COISA VISIVEL E O MEDO QUE ELE TEM DE TROCA BOLAS COM O NADAL PQ NO JOGO DE HJ EM DOIS GAMES DE SAQUE DO NADAL E NÃO CONSEGUIU DEVOLVER NENHUM SAQUE OU PIFAVA
    OU TENTAVA FAZER UMA DEVOLUÇÃO PRIMOROSA E ACABAVA NÃO CONSEGUINDO JOGAR NO GAME DE SAQUE DO NADAL, SEM FALAR NA SUBIDAS DESESPERADAS A REDE QUALQUER BOLA QUE ELA OBRIGAVA O NADAL A CORRER ELE IA PARA A REDE, COMO SE FOSSE A PRIMEIRA VEZ QUE ESTIVESSE JOGANDO CONTRA ELE, E NÃO SOUBESSE DAS QUALIDADES DO ADVERSARIO

    RESUMINDO INFELIZMENTE
    AS PALAVRAS DE QUE ENCAIXAM AO FEDERER QDO ENFRENTA O NADAL SÃO:

    MEDO, DUVIDAS E APATIA ALTERNANDO COM MOMENTOS DE GENIALIDADE

    PRA MIM O MOMENTO CHAVE DO JOGO FOI QDO ELA GANHAVA O PRIMEIRO SET EM 4X1 E PERMITIU QUE NADAL ENTRASSE NO JOGO. ALI MESMO ELE CONSEGUINDO GANHAR O SET NO TIE BREAK, A IMPRESSÃO QUE DEU FOI QUE NADAL SAIU MAIS FORTALECIDO POR TER CONSEGUIDO A REAÇÃO MESMO PERDENDO O SET, DO QUE ELE QUE GANHO O SET.

  • Bruno88

    Sempre que o Nadal vence o Federer vem esse papinho de “Mental”,parece que o Nadal não tem mérito nenhum mérito,o espanhol vence porque joga melhor,anulando o jogo do suiço,simples!!!

  • jorge

    o federer precisa de um psicologo

  • Minha opinião

    Perdeu porque o Nadal foi melhor e ponto; agora, falta ao Roger foco, manter uma tática afinal todos os top 4 sabem os pontos fracos e fortes de cada um, ele é o melhor de todos, no entanto, por ser tão auto suficiente não se aplica o necessário para derrotar o espanhol; O Rafael melhorou muito o seu jogo no decorrer dos anos apesar de não ter muita desenvoltura como o Murray e Federer por exemplo; a parte mental é incontestável, raça, aplicação tática, ele passou a desenvolver um saque melhor, slices, e nesse torneio suas bolas estão mais fundas, e seu backhand tambem está mais angulado e agressivo; Em uma eventual final contra o Murray vai depender de como o escocês joga, se for agressivo pode ser campeão, se ficar passando bola o touro come o fígado dele; agora se o oponente for o Ciborgue dos balcãs(Djokovic), vai depender de vários fatores: de como o Nadal vai sacar, quando for atcado em sua esquerda variar fugindo, slices, bater o back mais perto das linhas, ou seja, agredir… com relação ao ciborgue vai atacar a esquerda do Nadal o tempo todo, e caso fique nas cordas vai usar de muita catimba, estourar muito o tempo de reposição de saque, migué simulando estar lesionado e tal; Um abraço a todos!

  • renato

    Poxa vida Fabricio … Voce de novo com essa história de “mental” ??? Ve se dá uma remodelada no seu modo de avaliar um jogador de tenis … Tá muito fraco !!! De uma olhada na entrevista do Bellucci … O que ele fala sobre a crítica e a torcida brasileira é a pura verdade … Voce parece que começou ontem cara ???

    • Fabrizio Gallas

      Renato,

      Acho que você acompanha pouco meu blog. Além do mental sempre bato nas teclas das deficiências técnicas do Bellucci, o problema é que as seguidas derrotas são muito mais pelo lado mental ok ?

      Abraços!

      • Renato Mão de Ferro

        Acompanho seu blog sim Fabrizio … E também o admiro pelos seus comentários. Acontece que você é muito recorrente. Tudo pra voce é questão “mental”. O argentino “Canhas” vivia ganhando do Federer no auge e nem porisso se dizia que era por um aspecto mental. Jogo é jogo … O mental pouco interfere quando os atletas tem um nível técnico avançado. Reflita sobre isto.

        • Fabrizio Gallas

          Renato,

          O mental é o principal diferencial do tênis meu caro. Nesse ponto terei que discordar de você

MaisRecentes

Federer acirra disputa com Nadal



Continue Lendo

Nadal manda recado para Federer. Halep, enfim, realiza



Continue Lendo

Laver Cup faz história e dá um tapa na cara da Davis. E Bia Maia muda seu patamar no circuito



Continue Lendo