Australian Open – Começou quente fora das quadras



De jogos mesmo neste 1º dia de Australian Open destaque para a grande virada da revelação Bernard Tomic contra Fernando Verdasco em uma ótima partida e pro tropeço no primeiro set de Juan Martin Del Potro. Como o meio tenístico já sabe, Fernando deu aquela “Verdascada” ao ter 2 sets a 0, 4/3 e saque e passar a errar muito e perder saques com duplas-faltas. Após o jogo ele alegou problemas estomacais a partir do terceiro set. Sem mais comentários.

Rafael Nadal teve uma grande atuação e Roger Federer passou sem muitos problemas. Não é novidade. Ambos tem chaves não muito complicadas até a esperada semifinal.

O que ficou quente mesmo foi o clima em Melbourne. Além de muito calor os principais tenistas se reuniram para discutir problemas do calendário e a baixa premiação de acordo com os ganhos de cada competição. O assunto greve veio à tona e foi divulgado por vários jogadores medianos nas redes sociais, mas parece que não vai muito pra frente.

O que ficou latente foi o descontentamento do povo com Roger Federer. E seu principal rival, Rafael Nadal levantou a bola nesta matéria que publicamos no Tênis News LEIA AQUI!

Nesta segunda-feira os dois tenistas foram políticos, amenizaram o problema, disseram que tem uma relação fantástica entre ambos. Mas será que é assim mesmo ? Não digo que os dois sejam inimigos, mas não acredito 100% nesta relação fantástica. Mas sim uma relação de respeito. Afinal, os dois nunca jogaram duplas juntos em torneios oficiais, não são vistos jantando juntos – fora eventos oficiais da ATP ou dos Grand Slams.

Obviamente que cada um defende seu lado e tem sua opinião. Nadal faz mais força pra jogar e se lesiona mais. Federer é justo o oposto. O certo é que as palavras de Nadal sobre Federer na coletiva não foram nada amistosas, mostrando certa irritação dando uma pitada a mais de sal para essa primeira semana na Austrália que tendia a ser morna.

Curtinhas:

Nadal entrou no jogo com uma super bandagem no joelho. Fez uma atuação segura e bastante agressiva, sacando bem inclusive. Mas pegou um adversário que não deu tanto trabalho. O curioso foi sua explicação para tal tamanho de bandagem no joelho. Por pouco não jogou o torneio por sofrer uma lesão no joelho sentado ontem, um estalo. Teve que ir correndo ao médico após sentir muitas dores. Será mais uma das maldições que o espanhol sofre nos últimos anos em Melbourne ? Depois de vencer em 2009 ele sofreu problemas físicos e parou nas quartas nas duas últimas temporadas…

Hoje é dia do Brasil em Melbourne. Temos chances de sair com 100% com Bellucci, Feijão e Mello. São jogos ganháveis, mas tampouco fáceis. Bellucci como sempre deve tomar muito cuidado com sua oscilação contra Sela. Caso contrário vai amargar mais uma derrota, que seria a terceira pro rival.



MaisRecentes

Djokovic a caminho de recordes



Continue Lendo

Indomável, Djokovic agora postula ida ao Nº 1. Brasil tem por quem torcer



Continue Lendo

Del Potro pisa mais forte que Nadal no US Open. NextGen ainda não embala



Continue Lendo