Por que esse desleixo Federer ? Parceria de Murray



Um torneio-exibição serve de algum parâmetro para a nova temporada ? Não. Apenas adquirir ritmo de jogo é o mais importante pros jogadores que vem apenas treinando e sem ritmo nenhum.

Mas o que não é legal é o desleixo mostrado por Roger Federer neste final de semana. Levou dois 6/1, um de Djokovic e outro de Nadal, saiu de quadra em apenas 44 minutos contra o sérvio e só jogou decentemente um set contra o espanhol. O pior não são os placares, mas sim a atitude ruim do suíço em quadra, sem mostrar muito esforço.

Se Federer tinha algum problema físico ou fora de quadra que falasse mesmo que soasse como desculpa. A organização banca, paga US$ 1 milhão pela presença do tenista no local, paparica ele durante toda a semana e o cara não mostra esforço. Na minha opinião fica feio para todos. Para quem bancou a bagatela, pra torcida que pagou com certeza caro para vê-lo e para quem está assistindo de casa.

Agora como eu disse no primeiro parágrafo, amistoso é amistoso, jogo oficial é oficial.

Rafael Nadal também fez uma primeira partida abaixo do esperado, mas mostrou gana, correu, se esforçou. E todos sabem que o espanhol está com problemas físicos.

Um problema que o novo presidente da ATP terá que resolver com os tenistas. Nadal já disse que vai tirar folga em fevereiro (sem Copa Davis e sem Dubai) para se recuperar do ombro. Por que raios vem jogar uma exibição ? A desculpa é para ganhar ritmo para Doha e o Australian Open. Tudo bem não é uma desculpa esfarrapada. Mas ele ganha muito mais grana em Abu Dhabi do que na Davis por exemplo…

 

E Djokovic ? Recarregou as baterias para 2012 após um cansativo fim de 2011. É o que parece pelas exibições nos Emirados. Mas este torneio não vale muito…

E Andy Murray resolveu colocar a imprensa pra trabalhar neste dia 31/12. Será treinado por Ivan Lendl. A história dos dois pelo menos casa neste início de carreira do britânico. Lendl perdeu suas quatro primeiras finais de Slam e Murray já caiu nas três primeiras. A diferença é que Lendl depois venceu oito Majors. Experiência é o que não vai faltar para Murray acertar sua cabeça na hora decisiva dos Grand Slams. Vamos acompanhar.

E neste final de semana começa o Aberto de São Paulo. Este ano com um novo patrocinador, o EGA Solutions. O Bradesco pulou fora e fez com que o torneio caísse de US$ 100 mil para US$ 35 mil em premiação, reduzindo a pontuação pro campeão de 100 para 80. Mesmo assim é uma oportunidade para os jovens tenistas brasileiros e para Rogério Silva, Caio Zampieri, Júlio Silva começarem bem a temporada.

Os jogos começam sempre por volta das 10h e com entrada franca no Parque Villa-Lobos.



MaisRecentes

Nadal chega em Paris com sobras. Djokovic pode brigar



Continue Lendo

Nadal não será afetado por derrota em Madri. Zverev cresce, mas precisa confirmar em um Slam



Continue Lendo

Triplo 11 de Nadal ?



Continue Lendo