A estafa de Nadal e Djokovic



Os dois foram os protagonistas de 2011. Novak Djokovic venceu dez torneios, três Grand slams. Nadal ganhou apenas três, mas perdeu seis finais para o sérvio, duas em Majors. Obviamente que uma hora os dois iriam cair de rendimento. E a estafa tanto mental e física ficou latente nos dois primeiros colocados tanto no ATP World Finals quanto nas últimas competições.

Nadal, pasmém, chegou a dizer ontem que estava perdendo parte da paixão pelo tênis neste fim de ano por conta do cansaço. Não que ele não goste do esporte, muito pelo contrário, mas uma hora o corpo e cabeça não respondem e os resultados estão aí. Para o espanhol a estafa ainda é maior pois perdeu as seis finais de Nole, tomou um baque de não ter soluções, mas que terá que procurá-las para o ano que vem.

Para Djokovic o seu ano foi acima das expectativas e ele está doido para que Tomas Berdych vença hoje à noite o que o eliminaria da competição e o deixaria com a possibilidade de estar numa praia já neste final de semana. É tudo o que ele quer.

Com isso é reafirmada ainda mais a condição de favorito para Roger Federer ser o campeão. É o que está melhor fisicamente, mais confiante e vem jogando um tênis de primeira qualidade. Amanhã ele já pode votlar ao top 3 se garantir vaga na final.

Nalbandian no Brasil – A Assessoria de Imprensa de David Nalbandian me confirmou que o tenista disputará o Brasil Open em 2012. É uma fonte mais do que segura. A Koch Tavares, promotora do torneio, nega. E poderemos ter melhores novidades nas próximas semanas. Bons nomes estão para vir ao Ibirapuera. É bom você caro leitor ir se arrumando para acompanhar a competição. Promete!



  • Joao Alves

    A estafa do Djokovic até entendo Gallas.
    Mas porque estão falando que o Nadal está cansado e estafado? Antes do Atp Finals ele ficou mais de um mês sem jogar, apenas descansando.
    Foi passear na praia e na Disneylandia. O Djokovic ainda jogou na Basileia e em Paris, vindo de uma temporada incrível, que todos nós sabemos.
    Mas e o Nadal? Em Xangai, último masters que ele participou perdeu na primeira rodada. Em Paris não jogou justamente para descansar para o Atp Finals. Chegou lá até meio sem ritmo, de tanto tempo que estava parado. Acho que o Nadal está cansado é de perder. Pois todos os tenistas viram as surras que o Nole deu nele e aprenderam como ganhar do Nadal. Aí ele desanimou. O Tênis passou a ficar chato para ele. Todos começaram a descer o braço no revés dele, e colocando ele pra correr até ele perder o jogo. A partir daí ele viu que de nada adianta seus esforços e desanimou. As vitórias dele em cima do Federer jogando só no revés vieram de volta nas mãos do Djokovic, e agora o Federer também surrando ele. Ele sabe que o sérvio expos à todos os seus pontos fraco, e agora está muito dificil dele ganhar títulos importantes.

    Portanto, o Djokovic está cansado, Nadal não. Inventa outra.

    • Fabrizio Gallas

      As derrotas abalam o mental também ainda mais pra um cara onde você não encontra soluções.

      • jadir

        Fabrizio, para que se faça justiça:- o primeiro jogador que mostrou as deficiencias do Nadal no revés, foi o Soderling, em Roland Garros.

        • Fabrizio Gallas

          Não, foi o Nalbandian em 2007 na final de Paris…

    • NASMONE

      João Alves, com todo respeito, a grande maioria das vezes te acho um chato (rsrsrs). Sou torcedora do Nadal, mas dessa vez concordo com vc. O Nadal está desmotivado porque não sabe mais como vencer, de tanta surra que o Djokovic deu nele esse ano. O ano passado no ATP Finals foi a mesma situação, ele ficou um mês sem jogar, atuou mal em Xangai, mas estava com a confiança em alta, pela magnífica temporada que fez, nem mesmo a falta de ritmo atrapalhou. Esse ano, como já vinha de surra em cima de surra, o que Nadal tinha de melhor “foi pro brejo”, que era o mental. A grande verdade de 2011 é, a campanha de Nadal para um outro tenista teria sido fantástica, para ele foi terrível e o Djokovic é o grande “vilão” da vida de Nadal. A outra grande verdade Federer declarou há poucos dias, o calendário é puxado, cansativo, por isso ele joga sempre de forma agressiva, para acabar as partidas de forma rápida. Quando ele está com a cabeça no jogo, vence, quando pensa em outras coisas (a final o que ele tem mesmo que provar a essa altura da carreira?), ele perde. Federer conseguiu “poupar” o físico e está arrasando nesse final de temporada. Tenistas que dependem 99,9% do físico como Nadal e Djokovic o resultado está aí para todos. Abraços.

  • Alexandre Farias

    Olá Fabrizio, o que não consigo entender é o “tal cansaço” que eles alegam, se nos ultimos dois meses jogaram muito pouco. Ambos tem 24/25 anos. O que dizer de Federer então com 30 (trinta) anos, que não jogou muito menos (talvez umas 10 partidas a menos na temporada), mas que neste final de ano já soma 15 partidas seguidas. Alegar cansaço é desrespeitar o adversário em qualquer situação. Como muito bem disse Tsonga a poucos dias: “quando estou doente, fico em casa”. Grande abraço.

  • Leonardo Rodrigues

    Federer somou poucos pontos nesse ano, então está ta na hora de ganhar um torneio grande e voltar ao top3.
    Djokovic vai ter um mes de ferias. E Nadal tres semanas, porque joga a final da Davis.
    Pouquissimo tempo, 2012, australianopen, etc…

  • Concordo, mas ainda assim acho que em 2012 vai dar Federer. Embora esteja cedo demas para afirmar, eu arrisco: Federer Número 1 2012. Saudações!

  • Concordo, mas ainda assim acho que em 2012 vai dar Federer. Embora esteja cedo demais para afirmar, eu arrisco: Federer Número 1 2012. Saudações!

  • Andre Lima

    Tenho algumas duvidas para proxima temporada Fabrizio.
    Primeiro, Nole volta a ser dominante como foi esse ano.
    Segundo Nadal volta ser Nadal ano que vem? eu acho que ele vai precisar de mais tempo pra se recuperar só volta mesmo na temporada de saibro. Mas gostaria de saber o que você acha?
    Terceiro Esse nivel que o Federer ta apresentando agora é o suficiente para ganhar o AO ?? Da pra ganhar Nole, Nadal e Murray??
    ABS

  • Por tudo isso é que dou mais valor a tudo que Federer fez e faz até hoje. Está com 30 anos e jogou também muito neste ano e está ai firme e forte, sem falar que teve temporadas como a que Djokovic teve este ano, ganhando 3 GS e ainda conseguiu ganhar 5 torneios finals. Sem dúvida estes caras como Djokovic e Nadal jamais chegaram aos 30 com a forma de Federer. Vida longa ao Rei.

  • Eduardo

    Com 25 anos Federer jogava tanto ou mais que eles hoje, ganhava 3 Slans por ano e ainda sobrava gás na Master Cup, para vencer tambem. Ficou 237 semanas seguidas no topo, quase 5 anos, maior recorde da história do tênis.
    Tudo se resume a técnica pura, leveza, classe, superando o físico. Isso só Federer tem!!!
    Gênio!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    • Lille

      A verdade é que muitas críticas recairam sobre o Federer quando “deixou” de ser o melhor tenista do mundo. Só que ele demorou 237 semanas mantendo este posto e então se sentiu cansado, exausto e acredito um tanto desmotivado após seguidas conquistas. O fato é que nunca lhe custou a exaustão manter-se no primeiro lugar como vejo custar aos dois tenistas que ainda são jovens. A elegância e a realeza do tênis jogado por este mito chamado Roger Federer, tomara que volte ao seu lugar, o primeiro é claro, para que nós pobres mortais possamos continuar a assistir, quem sabe um ATP Finals no Rio, este tênis de primeira grandeza. Felizmente somos contemporâneos deste senhor e é claro Djokovic, Nadal e cia só aumentam em muito o espetáculo.
      Abs, Lille.

      • Lille

        Existe ainda um pormenor que deixei de citar. Certa vez li uma reportagem onde um certo senhor, que honestamente não me recordo o nome, lembro-me que foi um tenista famoso, porém tão absurda foi a sua colocação que talvez por isso agora não me ocorra o seu nome. Este senhor, que certamente vocês irão se recordar, ousou enterrar o Roger Federer numa citação muito infeliz: Ele jamais irá vencer um grande torneio. Gostaria de saber deste senhor o que ele pensa agora sobre o Federer… se era realmente este tenista que deveria ter encerrado sua carreira naquela ocasião. Total falta de respeito a carreira deste esportista, que não a ninguém qualquer dúvida sobre o gênio que ele sempre foi e sempre será.
        Abs, Lille.

        PS: Era apenas um complemento oportuno ao comentário feito pelo Eduardo.

  • Deco

    Sou torcedor do Nadal mas confesso estar decepcionado com seu rendimento,apesar de sua temporada ter sido boa,tirando e claro as 6 finais que o Djokovic emplacou nele..Quanto a descansar no tenis eu tenho uma analise.Se o cara descansa ele fica sem ritmo de jogo,com menos reflexos e fisicamente ele cai,pois se ele opta por descansar ele nao treina..O Dkokovic andou descansando porque sentiu dores e tambem nao consegue treinar,e quanto ao Federer,apesar de ser mais velho que os dois,,mostra que seu tenis e tao genial que nao depende tanto do fisico quanto o Rafa e o Nole,ele acelera o jogo com precisao dificultando a recepcao do outro lado,e assim ele joga o problema para o outro lado da rede.por ser melhor tecnicamente que os dois em condicoes fisicas de igualdade(porque o Feder jogou bastante tamberm no ano)ele sempre levara vantagem,,e mentalmente ele anda com menos responsailidade que os rivais no momento,,isto porque comeca a pesar o fato do Djokovic ter que manter o numero 1 e o Nadal porque precisa vencer outro torneio importante sem a sombra do Djokovic,Quanto ao Nadal,ele que pare de reclamar de calendario e volte a jogar senao ele vai jogar pro ralo,toda a sua brilhante carreira que conquistou precocemente e e tambem por isto que faz dele um jogador diferenciado,,foi ridiculo ver ele perdendo feio pro Tsonga e levando uma surra de seu principal reival o Federe.Ja o Djokovic nao adianta ficar disfarcando que ficou feliz em perder pro Tsip.(nome dificil,o compatriota dele la),porque ninguem ,ninguem gosta de perder,a nao ser que nao seja atleta de verdade,,,tomou um chocolate tambem do Ferrer,que nem de perto se compara a ele e a nenhum dos tres..Enfim acho que o mental e o fisico conta,pois sao humanos,,mas isto mostra que quem e Rei nao perde a Majestade,,,e e por isto que o Federer esta sobrando,,,,,,,abracos a todos

  • Mani

    Eu acho que o Nadal está com um relacionamento desgastado com o seu tio. Acho que essa parceria não dura se os resultados não aparecerem na temporada que vem. Tenho a impressão de que se ele não ganhar Roland Garros, o Toni voa.

  • Nadal,Fabricio este ano realmente não foi um dos melhores,não irei aqui citar outros jogadores,mas sobre resultados,O Nadal realmente está aquem do que pode render,agora vem á Davis,isto para mim é um ponto chave se for bem,ganha confiança,já que dia 2 Em Doha ele começa sua temporada 2012.onde federer também vai estar pois é detentor do titulo passado.Não,se enganem com Nadal,ele vai vir como sempre com muita força.quanto ao Nole já não posso dizer o mesmo.pois géneticamente os corpos são digerentes,nole vem desde 2006 arrastando esforçando,chegou em 2011 fantástico.Mas não tenho fé que vai ser um grande em 2012 principalmente fisicamente o Nadal leva esta vantagem sobre ele.Nole tem mais de 12 mil pontos para defender.Nadal já diminuiu 5 torneios basta ver o Calendário.Ok Abraços á todos.

  • acho q deveriam parar de fz exibições,afina quem quer descansar nao gasta tempo com exibições, visto o calendário.federer é exceção prq como mencionado é mais agressivo.nota se no jogo do federer que em determinados games de saque adv ele vai pro tudo ou nada economizando energia e evitando iguald cansativas.isso q o faz diferenciado,agressividade e menos passividade nos momentos chaves!

MaisRecentes

Federer acirra disputa com Nadal



Continue Lendo

Nadal manda recado para Federer. Halep, enfim, realiza



Continue Lendo

Laver Cup faz história e dá um tapa na cara da Davis. E Bia Maia muda seu patamar no circuito



Continue Lendo