O Monstro Djokovic



6 a 0 Djokovic pra cima de Nadal. Podemos dizer que o sérvio deu um ‘pneu’ no espanhol em 2011. Não é uma piada e tampouco uma tiração de sarro com o espanhol. É apenas uma constatação que acaba sendo frustrante pros fãs de Nadal.

Não vou pontuar os aspectos pois seria chover no molhado, já o fiz diversas vezes este ano. Mas definitivamente Djokovic achou a fórmula, a receita de bolo para enfrentar Nadal e sua forma exuberante, tanto na parte técnica quanto na física, faz com que se torne o único tenista do circuito a dominar o espanhol.

São 12 torneios jogados na temporada e dez títulos vencidos e apenas duas derrotas. Djokovic está um monstro, está em outra galáxia. Seu conto de fadas não se encerra e suas conquistas só aumentam. Agora são 4 Grand Slams e praticamente a liderança selada até o fim da temporada com vantagem de 4,1 mil pontos pro espanhol no ranking (não fiz os cálculos dos descartes até o fim do ano, me desculpe).

Que Nadal não desanime e siga tentando como sempre o fez. Uma hora a bola vai entrar.

 

 

 



  • Eduardo

    Fabrizio,
    realmente é espetacular como o jogo de Nole casa com o do Nadal, algo que não ocorre, por exemplo, com o de Federer. O suíço, em um dia bom, tem boas chances de vitória contra o sérvio, mesmo sem ter aos 30 anos um condicionamento físico do nível do Nadal e de Nole, como demonstrou em Roland Garros e mesmo na semi do USOpen. Num “cara a cara” entre os fundamentos do sérvio e do espanhol, acho que fica razoavelmente parelho, a devolução, o voleio e a esquerda do sérvio são melhores, acho o forehand de Nadal superior. Fisicamente, considerando o ano inteiro, Nadal tb tem mais atributos, apesar de o sérvio ter melhorado incrivelmente nesse quesito, vide a “surra física” que deu no espanhol em uma das finais do saibro deste ano. Hoje, por exemplo, percebia-se Nadal mais inteiro a partir do 3º set. Mesmo assim, o jogo casa a favor de Djokovic, basicamente as trocas cruzadas dos dois lados pendem para o sérvio. Sua direita é bem superior ao backhand de Nadal, ao passo que Nadal não tira essa desvantagem com seu forehand contra a esquerda de Nole, que, muitas vezes, consegue winners sensacionais nessa configuração de fundo de quadra. Claramente, Nadal terá que tirar um coelho da cartola pra superar o sérvio, caso este mantenha-se na plenitude da forma física e técnica nos próximos anos

  • theago

    Gallas ta na cara que o único que tem tênis pra ganhar do djokovic é o federer o resto é mamão com açucar. E todos já sabiam que a final do us open tinha sido sábado contra o federer.

  • Wellington

    Como as coisas mudam, e tudo se torna cíclico, ontem Nadal era um monstro e impunha doloridas derrotas ao Federer e Djokovic e ia somando slams atrás de slams, e o sérvio foi chegando…chegando e hj a história se inverteu, 6 derrotas seguidas para o mesmo adversário é dificil de digerir, e olha que o espanhol chegou disposto a por um fim nisso, tentou de todas as formas, fez o que pode, lutou até o fim, mas não deu, fica um elogio a postura do Nadal que jamais joga a toalha, agora o sérvio parece que está noutra galáxia, o que ele tem feito é sobrenatural.

  • Paulo Fernandes

    QuáQuáQuáQuáQuáQuá…huhhuhuhuhuhuhuhuhhuhu…ai meu Deus, eu não aguento de tanto rir!!! Coitados dos fanáticos sofredores e adoradores do troglodita espanhol. Tomaram mais uma chapuletada no lombo. Viva o Nole! O exterminador do jogador de tênis fabricado em laboratório. Chega de balões e músculos hipertrofiados. Queremos ver o tênis verdadeiro e que sirva de inspiração aos jovens praticantes do esporte. O tênis que nos cative e encante, especialmente quando jogado pelo maior de todos os tempos, Roger Federer, e pelo extraordinário campeão Djokovic.

  • bruno

    Vc revisa seus textos?

    tá cheio de erros aí…

  • James

    E ele ta sendo um MONSTRO numa epoca que tem FEDERER E NADAL, entao nao é qualquer coisa nao.

    to procurando adjetivos mas nao acho pra esse ano incrivel de NOVAK DJOKOVIC.

  • Wellington

    É Fabrizio o Djokovic está mesmo um monstro e el já derrotou o Nadal em todos os pisos. Na quadra dura, saibro e na grama sagrada de Wimbledon. Ta difícil para o homem.O único que consegue jogar de igual para igual com ele é o Roger Federer, pois tem a variação de jogo que incomoda o sérvio coisa que o Espanhol não tem. Para mim se o Federer não desse mais uma de suas viajadas, ele estaria disputando mais uma final contra o Espanhol. Agora o Nadal provou do próprio veneno e sendo que com melhor qualidade tanto na direita como no revés. Se ele não tivesse persistido seria 3×0. Bem já falei muito, tomara que o Djokovic continue jogando esse tênis sensacional durante um bom tempo. Valeu um grande abraço e até Melbourne 2011

    • vberg

      Melbourne 2011? Tu pode voltar no tempo é? hihihihihihihi

  • Tio Tony Bobal

    O Djokovic pisoteou em cima do Nadal e o espanhol que ficou dando gritinho o jogo inteiro tomou mais uma na cabeça!!! hahaha!!!! e a equipe dele tambem, aquela porcalhada de gente que fica passando recado pra ele o jogo inteiro se deram mal de novo heheheheeh…..o Nadal está pagando todos os pecados da vida!! Sempre ficou jogando balao no reves do Federer, e agora o Nole ta cagando na cabeça dele. Humilhando e devolvendo na mesma moeda!
    Gallas vc chorou hj??? Fala a verdade, nao mente para os internautas. Escorreu uma lagrima do seu olho ne?? Certeza! No seu e de muitos aqui hahahaah…q vitoria!! Mais uma martelada na cabeça do touro dos baloes!!!
    O tenis é isso. Vc vivia falando que o Nadal poderia ser comparado ao Federer devido ao retrospecto entre os dois, e o Federer é o unico hj no circuito capaz de derrotar o Djokovic. O Nadal nao chega nem perto, tinha que ter tomado 3 a zero hj, so nao tomou pq o Nole tava com mal jeito nas costas! e o suiço teve dois match points! O nadal so ganhou mais do federer pq apelava com balao na esquerda mas o djokovic deu a vingança pois é muito mais gostoso ver o touro apanhando igual saco de batatas e correndo igual mane em quadra! Segura Noleeeeeeee o devorador de figados!!! Como disse o dacio campos!! O caraaaaa ta baaaaarrrrbaaaaarizzzzzzzaaaaaaaannnnnndddddddddoooooooo!!!!!!!!!!!
    barbarizando!!!

  • Fernando

    Desde Montreal 2007 (quem se lembra – DJOKOVIC Stuns NADAL in Montreal) que o DJokovic mostrou como ganhar do Nadal … Aliando a tática o aprimoramento técnico e a forma fisica,
    deu no que deu … Se continuar assim em 2012 Rod Laver vai ter companhia … Algume duvida disso ?

  • NASMONE

    Que o Djokovic está fantástico esse ano, isso não tem dúvida. O que ele está jogando não pode ser chamado de tênis, é um esporte novo, o “Novak Djokotênis”, que só ele sabe jogar. Mas há que se pontuar, como torcedora do Nadal que sou, que o espanhol está fazendo uma temporada fantástica. Os contra podem perguntar, que temporada fantástica é esse e se perde 6 jogos na final? Primeiro o Djokovic não é deste planeta, ninguém consegue vencê-lo da forma física, tática e mental que ele está jogando. Dois, o Nadal perdeu tanto pq só ele conseguiu chegar a todas essas finais para logo após peder para o melhor da atualidade. Isso é fato. Em número de finais o Nadal só perde para o Djokovic, foram 9 finais (3 títulos), contra 11 finais (10 títulos) do sérvio. Se fosse qualquer outro tenista no lugar do Nadal, por exemplo o Belucci, estaria sendo considerada uma temporada maravilhosa, mas sempre se exige mais e só vitória do Nadal. No momento é só esperar e exigir, porque dificilmente o sérvio largará o “osso”, ele está DEMAIS. Mas para ele ser considerado um dos melhores (e não o melhor do ano), ele tem que repetir seus feitos por, pelo menos, 3 anos seguidos, como fez o que é considerado o melhor de todos os tempos, Roger Federer. Parabéns ao sérvio e aos seus torcedores. Maravilhoso ver o nível que está o tênis, de tirar o fôlego. Abraços a todos.

  • RUI COSTA

    rsrsrs..vai acabar a conversa do nadal ser o melhor de todos os tempos…grande djokovic…so um jogador no circuito domina nadal,certo fabrizio ,mas so um jogador no circuito pode bater o djoko..o federer…ficou provado em RG e tambem no US OPEN….parabens djoko
    onde estao os nadalistas agora???? rsrsrssr

  • É realmente esse tal de Djokovic, está um monstro parece de outro mundo. acho que ninguem esperava que ele fizesse uma temporada tão perfeita. parece que mudou do dia pra noite, antes apenas mais grand jogador, agora o rei do tênis. mas vamos aguardar esse ano ele já se consagrou, acredito que virá mais titulos até o final do ano.mas vamos ver se em 2012 ele consegue defender todos esses pontos. mas acredito muito no Nadal acho que ele ainda vai superar o Djokovic no ranking ano que vem essa briga promete.

  • Robinho

    Demais,o cara tem jogado muito mesmo…..

  • Felipe Gonçalves

    Bom, pelo menos desta vez, o Nadal não deu nenhuma desculpa, como uma abelha o picando em um dos intervalos. E melhor, o Djokovic pediu atendimento quando o jogo começou a ficar ruim pra ele, exatamente a mesma coisa que o espanhol fez na final de Roland Garros e dezenas de outras vezes na carreira.

  • Edmárcio

    O Djokovic sempre foi mais técnico que o Nadal… quando ele igualou o físico ficou claro o resultado… o único no circuito que mostrou que ainda consegue para o Djokovic é Federer, e mesmo assim ele precisa estar 100% focado… qualquer vacilo Djokovic morde mesmo.

  • Eduardo

    Simplesmente apareceu um tenista com físico e mental à altura do espanhol, e que suporta seu jogo de longas trocas de bola sem se desesperar querendo definir o ponto antes da hora.
    Assim, basicamente, Nadal construiu sua carreira.
    Nenhum demérito nisso, ao contrário, mas ele sempre jogou “no erro do adversário”.
    Na grande maioria das partidas por ele vencidas, e em especial contra os tops, sempre tinha menos bolas ganhadoras, mas tambem, muito menos erros. O adversario atacava mais e errava muito mais tambem.
    Em resumo, ele atacava menos e errava muito menos. E no saldo final, muitas vezes, vencia.
    Djokovic descobriu a “formula”: apurou o físico e seu jogo defensivo de tal forma que está cansando o espanhol com tantas trocas e Nadal é que está se partindo pro ataque. E esse não é seu forte.
    Alem disso o sérvio ataca dos dois lados, especialmente na sua esquerda alta, bola (ou balão) que Nadal usou durante anos contra tenistas destros, especialmente Federer.
    A história é sempre assim, para cada “veneno”, aparece um “antídoto”.
    O de Federer foi Nadal. O de Nadal é Dojokocik. E mais cedo ou mais tarde aparecerá um para o sérvio.
    Isso é muito bom para o esporte e para nós que gostamos de ver a competição cada vez mais acirrada e as taças mudando de mãos.

  • Armando

    Para o bem do tênis, esse baloeiro encontrou alguem para superar seu jogo marombeiro.
    Djokovic não é um gênio, como Federer, mas o número 1 agora está na mão de um tenista de qualidade técnica, e não de um que joga só no físico e na pressão mental contra o adversário.
    O espanhol está pagando todos os seus “pecados’ : catimba pra sacar, catimba no atendimento médico, preparo físico impressionante, caras e bocas de intimidação e devoluções de todas as formas que minam a confiança do adversário. Djokovic reduziu Nadal a um jogador sem confiança, inseguro, afobado, que reclama de tudo, inclusive de si próprio, impondo-lhe uma freguesia nunca vista na história do tênis. Nunca um numero 2 desbancou o lider do ranking de forma tão contudente e incontestável.
    6 vitórias consecutivas em decisoes ( 4 masters e 2 slans) nos 4 tipos de pisos ( cimento, sintético, grama e saibro).
    Aliás, quem é o atual Rei do saibro? Se não fosse um dia genialidade de Federer em RG, e espanhol seria destronado pelo sérvio em seu santuário tambem.
    Fedrer eterno. Dojokovic atual. O tenis está bem assim!

    • Raul

      Parabéns pelas palavras. Nada a acrescentar.

  • vberg

    Caramba Fabrizio, nós assistimos a um dos maiores jogos do ano e isso é tudo que voce tem pra falar? Estava torcendo pro Nadal era? E ficou chateado? É a única explicação cabível, por que um cara que tem um blog tão renomado como o seu, escrever esse textinho de meia tigela, que ainda fez questão de incentivar o Nadal no final… brincadeira FABRIZIO, estou decepicionado. Poderia me explicar o porque do texto tão pobre?

    OBS: “Não vou pontuar os aspectos pois seria chover no molhado, já o fiz diversas vezes este ano”

    Por que você não escreveu isso quando o Nadal venceu pela quinta vez o Federer em Roland Garros, e da mesma maneira?

    Para com isso FABRIZIO, hoje você declarou: É um baita de um Nadalete!

  • Alvaro

    Se Nadal quiser ganhar algo mais esse ano, só há 2 opcções:
    1- Djokovic não estar no torneio ( Como em Monte Carlo e Barcelona)
    2- Federer vence-lo antes da final (Como em RG )
    Alias, desde que Federer caiu para o numero 3, em 5 torneios seguidos, incluindo 3 GS’s, o “sorteio” o colocou na chave do sérvio. Sabem qual é a probabilidade estatística disso ocorrer?
    3 % ( Tres por cento) Estranho, não é? Mas tudo bem, não vamos duvidar da honestidade da ATP.
    Vamos torcer para que nesses 2 proximos Masters isso mude e tenhamos uma verdadeira final com os 2 melhores tenistas ( Federer – de todos os tempos x Djokovic – da atualidade)
    Abraço, e meus sentimentos Fabrício.

  • samis gomes

    As bolas do Nadal chegam a uma altura ideal para as batidas de Nole, e ainda por cima, por ser um jogador de poucas variações e muita regularidade Nadal faz com que o Dojokovic “pegue mais rápido no Breu”… entendem. Por isso eu acho que o nADAL CONTINUARÁ PERDENDO PARA O SÉRVIO PORQUE ELE É INCAPAZ DE MUDAR SEU JOGO, E ESTE, É PERFEITO PARA O GOSTO DO SERVIO.
    Obs.; Não entendo porque o Djokovic está cruzando com Federer nas semifinais. O comum não é o 1º pegar o 4º e o 2º pegar o 3º?

    • Deco

      Tambem nao entendo o criterio das chaves,,,mas isto ja aconteceu este ano 2 vezes nos masters de miami e madri,,,pois Nadal era o primeiro e Federer o terceiro e se enfrentaram na semi,,o Djoko era o segundo e enfrentou o Murray que era o quarto em uma e na outra o Bellucci,,que tinha desbancado o Murray,,,entao acredito ser coincidencia,,,e nada que queiram favorecer ao Nadal,,
      abracos,,,

  • guilherme espir

    sou fã do nadal e sempre fui assisto seus jogos desde 2004 quando ainda não era o NADAL que conhecemos, e já vi ele sair de situações muito complicadas como, suas repetidas lesões nos dois
    joelhos, uma lesão muito rará que teve no pé se eu não me engano, que o quase fez trocar o tênis pelo golf. e com tudo isso ele não desistiu, ele lutou continuo tentando e está aí o resultado 10 majors, 19 Masters series, que é o record, medalha olímpica e etc com todos esses problemas que fariam muitos de nós desistir ele fez o contrário, lutou e conseguiu, para mim é horrível ver o nadal perder para o djokovic, ele corre, corre e nada. e pra mim a questão é psicológica 6 derrotas seguidas é muita coisa, ele precisa forçar devolução de saque, sacar melhor e ser mais agressivo, acho que nem precisa de um saque muito melhor não, é só usar o primeiro saque que já muda muita coisa, quando o nadal joga agressivo mesmo fazendo o djokovic correr o tempo todo não é a mesma coisa o nadal se defende muito melhor que ele o djoko deixa as bolas curtas mais rápido, qdo se defende, só que o nadal não arrisca ele não muda a tática, ele acha que vai ganhar do novak usando a mesma tática que usava antes, mas o djokovic não esta jogando como antes esta jogando como NUNCA kkkk muito bem fisicamente, agora ele se mantém focado o jogo todo, erra menos e está batendo na bola muiiito firme. eu sempre gostei dele sempre achei ele muito gente boa, simpático e que se fizesse alguns ajustes ganharia do nadal alguma hora, se ele não melhorasse… ele não melhorou e está pagando por isso, agora é esperar o ano que vem pq o nadal esta CLARAMENTE SEM CONFIANÇA, jogando ”bolinha” pro outro lado da quadra perdendo ate pro MAYER, kkkk PQP, pq esse ano acho muito difícil o nadal ganhar de alguém, e muito menos do djoko, está em crise com o toni nadal, e está nervoso nos jogos contra o nole. o negocio não ta fácil pra ele não mas vamos ver neh o nadal sempre me surpreendeu, eu achei que a carreira dele ia acabar 2 vezes em 2008, e 2009, mas não, ele deu a volta por cima o cara é duro na queda, (mesmo eu achando que ele joga com dor até hj) e e acho que ele tem muita lenha pra queimar, o nadal dominou o maior de todos os tempos por muitos anos e ano que vem o djokovic nem vai somar pontos direito kkkk, de tanto que gannhou, kkk é uma temporada nova o nadal já joga mais solto, sem tanta pressão e as pessoas já se acostumaram com o furacão djokovic, e fica mais fácil pra ele para administrar essa situação, pq hj eu vejo um nadal visivelmente incomodado com as derrotas, nervoso e PERDENDO A PACIÊNCIA, DANDO SOCOS NA RAQUETE, NUNCA TINHA VISTO ISSO, NÃO IMPORTANDO A SITUAÇÃO, E AGORA ISSO JÁ ESTA FREQUENTE E O PIOR ELE SEMPRE FALA A MESMA COISA QUE VAI TREINAR MAIS E MAIS E ETC não vai adiantar, ele tem que relaxar esquecer o tênis um pouco e voltar com tudo ano que vem como ele sempre faz.

    e agora falar do djokovic neh, o cara está muito bem mesmo eu achando que caiu um pouco de performance do começo do ano pra cá, por causa da porra do calendário da atp que não da escanço pros caras, ele num erra uma bola, esta agressivo sacando melhor e muiiiiito firme vamos ver se ele consegue manter isso ate o ano que vem essa é a frase que eu mais escuto, e eu acho que ele mantem sim só que não totalmente igual a esse ano acho que ele vai dar uma relaxada pois ele só joga com um jogador, o nadal, e se ele ganha dele fácil assim ta … kkkk pra q preocupação ?

    eu acho que 2012 define o curso do tênis uns 3 ou 4 anos esta entre murray, nadal e nole eu queria ver o murray deslanchar, e o nadal voltar a antiga forma, e espantar o fantasma djokovic e ver o king federer ganhando mais títulos

    VAMOS RAFA

MaisRecentes

Orlandinho Luz, mais um talento se perdendo ?



Continue Lendo

Zverev é mais que uma realidade. Federer deveria jogar Cincinnati ?



Continue Lendo

Qual o limite de Roger Federer ?



Continue Lendo