Pagou caro pela falta de ousadia…



Por um ano e quatro meses Ricardo Mello frequentou o top 100 rondando entre os 85, 90 melhores e hoje deixou o grupo. Acabou tendo uma tremenda falta de sorte. Mas não pode reclamar. Pagou caro pela falta de ousadia.

Mello ficou um mês nos Estados Unidos jogando o WTT, World Team Tennis, evento por equipes com várias estrelas do tênis atual e outros já aposentados. Muito bom pra ele, ganhou grana, fez o pé de meia. Obviamente cada um tem que defender o seu e muitos tenistas fazem algo semelhante pela Europa no famoso InterClubes da Alemanha que dá até mais dinheiro do que perder na estreia de um ATP.

O campineiro teria vaga direta nos ATPs de Los Angeles, Atlanta, Winston-Salem, seria um dos principais favoritos no quali de Washington com ótimas chances de vaga e poderia disputar os qualies dos Masters de Montreal e Cincinnati. Mas não foi.

Optou por ficar no Brasil para garantir o seu ganha-pão, para jogar quatro challengers, em Campos do Jordão, Brasília, Salvador e Gramado, pelo qual defendia mais de 164 pontos (uma final em Campos, uma semi no DF e o título em Salvador). Deu muito azar e foi pego de surpresa com o cancelamento no DF, BA e RS, teve que mudar planos, jogar o quali de Winston-Salem e somou apenas 45 pontos (12 do quali em Winston-Salem e 33 das semis em Campos).

Mello hoje conta os prejuízos com o 114º posto no ranking e só terá vaga direta nos challengers aqui pelo Brasil em setembro/outubro.

Esta é a explicação de Mello erm texto via assessoria de imprensa ontem: “Meus planos eram outros. Eu não contava com o cancelamento dos challengers no Brasil (Brasília, Salvador e Gramado) e decidi, na última hora, vir pra cá antes do US Open. Acabei perdendo os torneios em que defendia muitos pontos e semana que vem vou sair dos top 100 por causa desses torneios que deixei de jogar”.


  • Felipe Gonçalves

    Os jogadores brasileiros estão viciados em challenger. Há certos qualis de torneios 250 ou 500 que são até tranqüilos, mas os brasileiros não arriscam, e não sobem no ranking. O Feijão só subiu porque fez isso.

MaisRecentes

Nadal no Olimpo



Continue Lendo

O enorme coração de Del Potro



Continue Lendo

Federer, Nadal ou Zverev ? Quem é o favorito ao US Open ?



Continue Lendo