Federer com fome é outra história



Fica claro, a cada partida de Roger Federer, que quando ele tem uma baita motivação para determinado jogo ou campeonato, seu melhor tênis aparece. Mesmo tendopraticamente tudo, 16 Grand Slams, em todas as superfícies, há certos tipos de confrontos e até mesmo alguns eventos que ele não querdeixar escapar. E é por isso que acredito que ele tenha vida longa no circuito.

Na semifinal de Roland Garros contra o até então imbatível Novak Djokovic foi assim e ontem contra Juan Martin Del Potro foi igual. Contra o argentino eram duas derrotas seguidas e uma final de US Open em 2009 perdendo em cinco sets que ficou entalada em sua garganta.

Não acredito que tenha faltado motivação para bater Jo-Wilfried Tsonga em Montreal por exemplo. O que ocorreu no Canadá é que Federer foi teimoso ao explorar o melhor golpe do oponente, a direita, não soube aproveitar suas chances no primeiro set e o adversário estava muito bem. E em Wimbledon houve um pouco de falta de atenção após abrir 2 sets a 0.

Acontece que hoje em dia Roger não é mais aquela figura de 2005, 2006 e 2007 quando os oponentes já entravam derrotados, algo que está ocorrendo com Novak Djokovic hoje. Por isso, contra jogadores bons entre os 15, 20 melhores, ele precisa manter certa atenção, motivação e procurar ser eficiente também no jogo tático, algo que nem sempre acontece.

Cincinnati tem uma quadra bem rápida que favorece o jogo agressivo do suíço. São quatro títulos por lá, um bicampeonato a defender. Com certeza Roger se sente em casa em Ohio e sem dúvida não vai baixar a atenção para fazer a esperada semi contra Djokovic.

Curtinhas:

Federer ontem foi sublime. Mas vejo que está faltando um pouco de movimentação para Delpo. Chegou atrasado em algumas bolas e cometeu muitos erros. Ainda não conseguiu um baita resultado na temporada de verão no piso rápido nos Estados Unidos com fez no início do ano.

E quem vai parar Serena Williams ? São 12 vitórias seguidas na superfície e segue em busca do terceiro caneco seguido.



  • pedrão

    Se o Federer está com fome, que vá para o McDonalds

    Vitória normal. Quero ver se vai ganhar o titulo, afinal esse ano só ganhou Doha.

    • aexandre

      Rs ….. tadinho do federer só tem um titulo e 1 milhão dólares …..

      • pedrão

        Ele não é o Deus do tenis? Entao é pouco.

    • mateus 2metrao

      tu ta falando e do melhor de todos os tempos, esse ano so foi um mais o cara tem 16 grand slams nao é pra qualquer um nao , porque só ele tem

    • Marcos K

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      É isso aí!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Concordo plenamente!
    Eu acredito que Federer só perde para ele mesmo…quando ele não joga como ‘rei das quadras’ que é, acaba deixando os adversários tomarem conta do jogo.

  • Bruno

    É, o que me preocupa ainda é a quantidade de erros não forçados dos suíço… eles erra umas bolas na trocação MUITO bobas. Em todos os jogos contra tops, ele geralmente tem mais erros não forçados que o adversário. Seria legal ver umas estatísticas ano a ano, porque eu tenho certeza que esse indicador aumentou muito. E, por causa disso, deu pra ver como ele está dependendo de um bom saque. Ele acertou aces e saques magistrais (mesmo no segundo saque), mas, quando não entrava, e dependia da troca de bolas no fundo, era muito ruim…
    Infelizmente, como Federista que sou, não vejo o suíço batendo nem o Nadal e nem o Djoko inspirados, numa semi ou numa final do US Open…..

    • Fabrizio Gallas

      Ontem ele errou 23, mas fez 35 winners. Se manter assim vai longe, o problema é quando esses números se equiparam…

  • Rafael

    Pedrão, eu esperaria mais um pouco antes de provocar o cara, pois afinal, ele é gênio e o maior de todos !!

  • Paulo Filho

    O Federer de qualquer maneira é o maior de todos os tempos e um dos melhores da atualidade, tanto que o número 3 acredito que faça jus a isso. Nole e Nadal estão acima dele hoje, e não acredito que seja por demérito do suiço, mas sim porque os dois aprenderam a jogar contra o ele.

    O fato é que o Federer confia demais no jogo dele, e isso é suficiente contra quase quase 100% do circuito, mas sempre tem uns caras que já sabem o que esperar dele. Se ele quiser voltar ao topo, tem que explorar os erros do adversário da mesma maneira que ele fez em RG esse ano contra o Nole. Foi a melhor partida do Federer em anos. Rápido, inteligente, preciso, ousado… ele é tudo isso, mas falta um pouco de estratégia. Contra o Nadal e o Djokovic tem que planejar cada golpe, senão não dá. Se mesmo em Cincy ele não olhar o Djokovic com outros olhos e confiar apenas no próprio jogo, vai tomar chapéu.

    Estou torcendo fervorosamente por ele em Cincinnati, e de preferência contra o Nadal na final e batendo o Djokovic na semi. Ele está precisando de uma vitória sobre os dois para ficar mais confiante e poder voltar a brigar pelo número 1 em pé de igualdade com eles.

  • Eduardo

    realmente Federer com garra é diferente, mas o que foi dito sobre os jogadores ja entrarem derrotados com Djokovic não é verdade.

  • Marcos K

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    A fome dele para quando o jogo é com o NADAL ETERNO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!POR QUE?

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    • Felipe Gonçalves

      O tênis está cada vez mais infestado de torcedores típicos de futebol. Que comentário ridículo, como é que foi aprovado?

    • alexandre

      Nadal eterno ?????? rs
      Pensei que ia demora mais um pouco, mas o Djokovic já deixou claro q acabou !

    • Junior

      Mardy Fish deixou um abraco para voce!

  • gregory

    Ele ja mostrou o seu tenis
    não precisa de mais nada
    agora ele só joga por
    vontade dele
    e é claro ki se deixarem ele ganha mesmo
    mais o federer só tem um titulo
    e o nadal 3
    MC barcelona e RG

    djocko ki ta inspirado

    vivendo o federer em 2004-2007

  • mateus 2metrao

    Roger Federer hoje ta no estado apenas de manter-se como
    o melhor que todos já viram, porque quando o cara quer jogar
    não tem nenhum tenista que o vença.

  • matheus

    KKKKK só um milhão o federer é um do cidadões mais bem pagos do mundo só tem só 300 milhoes de dollars na conta e ainda joga facil quero ver se o djoko vai aguentar se ele continuar a sim

  • Thiago

    Cometário Dácio Campos “.. o Djoko ta numa fase que ele mira fora e acerta dentro..” fase é fase o federer eh constância…que ele é o melhor eh fato!!!.. mas os outro são otimos e estão em grande fase.

  • Qualquer duvida quanto a capacidade tecnica desse jogador é imbecilidade de quem a tem, ou o cidadão não acompanha e não entende de tenis. Para mim a falta de foco que ele tinha ate 2008,
    não mais existe e dai suas derrotas para jogadores tecnicamente inferiores a ele.
    Mas, temos que levar em consideração os titulos, numeros, records e dinheiro ganho pelo Federer, alem da
    constituição familiar – esposa e filhas – e concluimos que não é facil para ele manter a
    motivação tendo que enfrentar a super rotina de treinamentos, hoteis, aeroportos, entrevistas etc.etc.etc.
    Todavia ele gosta de jogar e enquanto se mantiver entre os TOP 5, acredito que tera vontade de jogar. Torço para que ele fique o maior tempo possivel, pois assim teremos ainda por mais tempo a oportunidade de ver um tenista notavel, o melhor que ja vi, ao vivo.

  • andreia mara

    Acredito que o meu lindinho que será sempre o nº 01, mas quando se fala de fome de bola…..aí as coisas mudam e ele se torna muito perigoso.
    Ainda acredito que o seu maior adversário continue sendo ele mesmo.

  • Eduardo

    Federer é o maior de todos os tempos e um dos melhores da atualidade.
    Voltará a ser o melhor e numero 1, hoje, se estiver disposto a estudar e jogar taticamente contra seus adversarios, e não simplesmente entrar em quadra e jogar seu tenis como fez por 5 anos seguidos, quando era absoluto.
    A idade já pesa e os mais jovens vêm chegando forte, como é natural em qualquer esporte, para criar um novo ciclo.
    Ótimo para o tênis, que seja o Djokovic, que tem tecnica, disciplina e carisma pra liderar por um bom tempo.
    Nadal é um guerreiro, um atleta admirável, mas acho um caminho perigoso para o esporte pensar que força física, determinação e raça, sem grande técnica, são suficientes para chegar ao topo.

  • DOMENICA

    Não queria fazer nenhum comentário neste post, afinal respeito os feitos e os fãs de Federer, mas o comentário dele de hj foi tão infeliz! “Não tenho o bloqueio mental que Rafa talvez tenha contra Djokovic”. Resposta:Queridíssimo, te admiro muito pelos lindos e inesquecíveis momentos em quadra, mas você não pode temer o Djokovic porque neste ano dificilmente você chegou à final e quando chegou, olha só quem você encontra, hein? O seu bloqueio mental se chama Rafael Nadal – há muito tempo. Ah! sinto muito pelo jogo de hoje 2×0 Berdych…e vc que estava defendendo quase nada de 2010, ainda vai pagar pelo prejuízo, que pena! Cuidado com o Murray, ele está chegando perto.

MaisRecentes

Bellucci se reencontra



Continue Lendo

Rep. Tcheca seria o melhor rival do Brasil na Copa Davis



Continue Lendo

Final de semana de Monteiro



Continue Lendo