Brasil tem muita chance de jogar em casa na repescagem



Após a boa e esperada vitória sobre o Uruguai com a definição já nas duplas deste sábado é hora de olhar para nossas possibilidades de adversário que será sorteado na próxima quarta-feira em Londres.

A boa notícia é que nossa chance de jogar em casa é muito grande.

Como é feita esta definição do sorteio na quarta-feira ? Muitos pensam que são os oito derrotados da primeira rodada contra os oito classificados dos zonais. Enganados.

A ITF atualiza na segunda-feira o ranking da Copa Davis e os oito melhores classificados entre os 16 países dos Playoffs são definidos como os cabeças de chave só podendo enfrentar, logicamente, os não favoritos.

Hoje temos os seguintes países nos Playoffs:  República Tcheca, Rússia, Israel, Croácia, Índia, Chile, Áustria, Romênia, Bélgica, Brasil, Suíça. Restam mais cinco vagas a serem definidas nos seguintes duelos: Itália x Eslovênia, África do Sul x Holanda, China x Austrália, Equador x Canadá e Japão x Uzbequistão.

Baseado no ranking de hoje teríamos os seguintes cabeças República Tcheca, Rússia, Israel, Croácia, Índia, Chile, Áustria e Romênia. Mas temos a possibilidade da Bélgica, Suíça e até mesmo do Equador entrarem como cabeças de acordo com o novo ranking.

O Brasil jogaria fora de casa somente contra a Romênia, Equador e diante da Rússia e Israel – estes se perdermos também o sorteio da sede.

Em casa teríamos os tchecos, chilenos, indianos, belgas, croatas, austríacos e suíços.

Agora é torcer para um bom sorteio. Certamente os belgas e indianos em casa seria uma boa. Se for pra ser fora de casa, que seja contra Romênia e Israel. Nada de Rússia fora ou Suíça, Rep. Tcheca e Croácia em casa.



MaisRecentes

Djokovic a caminho de recordes



Continue Lendo

Indomável, Djokovic agora postula ida ao Nº 1. Brasil tem por quem torcer



Continue Lendo

Del Potro pisa mais forte que Nadal no US Open. NextGen ainda não embala



Continue Lendo