Brasil tem muita chance de jogar em casa na repescagem



Após a boa e esperada vitória sobre o Uruguai com a definição já nas duplas deste sábado é hora de olhar para nossas possibilidades de adversário que será sorteado na próxima quarta-feira em Londres.

A boa notícia é que nossa chance de jogar em casa é muito grande.

Como é feita esta definição do sorteio na quarta-feira ? Muitos pensam que são os oito derrotados da primeira rodada contra os oito classificados dos zonais. Enganados.

A ITF atualiza na segunda-feira o ranking da Copa Davis e os oito melhores classificados entre os 16 países dos Playoffs são definidos como os cabeças de chave só podendo enfrentar, logicamente, os não favoritos.

Hoje temos os seguintes países nos Playoffs:  República Tcheca, Rússia, Israel, Croácia, Índia, Chile, Áustria, Romênia, Bélgica, Brasil, Suíça. Restam mais cinco vagas a serem definidas nos seguintes duelos: Itália x Eslovênia, África do Sul x Holanda, China x Austrália, Equador x Canadá e Japão x Uzbequistão.

Baseado no ranking de hoje teríamos os seguintes cabeças República Tcheca, Rússia, Israel, Croácia, Índia, Chile, Áustria e Romênia. Mas temos a possibilidade da Bélgica, Suíça e até mesmo do Equador entrarem como cabeças de acordo com o novo ranking.

O Brasil jogaria fora de casa somente contra a Romênia, Equador e diante da Rússia e Israel – estes se perdermos também o sorteio da sede.

Em casa teríamos os tchecos, chilenos, indianos, belgas, croatas, austríacos e suíços.

Agora é torcer para um bom sorteio. Certamente os belgas e indianos em casa seria uma boa. Se for pra ser fora de casa, que seja contra Romênia e Israel. Nada de Rússia fora ou Suíça, Rep. Tcheca e Croácia em casa.



  • Gabriel

    Tomara que caia Brasil x Suiça pra ver O cara aqui de perto… haha

  • Léo Chagas

    Tomara que seja Suiça,

    Pois poderiamos ver o Federer de perto, muito melhor que classificar ja sabendo que nao temos chance contra nenhum pais forte em lugar nenhum!
    Melhor dar uma sorte de ver um craque agora do classficar contra indianos por exemplo pra depois sermos eliminado por um cazaquistão da vida, que tem jogadores muito melhores que os nossos!

    • #LeoChagas Lo importante es entrar en el Grupo Mundial y jugar contra los mejores. Si toca Suiza, viene Federer se pierde el tenis brasileño seguirá en el Grupo I. Creo que por historia, afición Brasil tiene que estar entre los grandes. Un saludo

  • Fernando

    Po, se caisse com a Suíça seria bom.

    Se o Federer vier, a gente perde, mas po, é o Federer!

    Se o Federer não vier, a gente ganha!

  • pedro

    era se caísse a suíça pois o federer poderia vir para o brasil mas é bom que caia belgica ou chile q ai as chances do brasil seriam maior e se muito mais fácil porque a suíça tem o federer e o wawrinka um é o gênio do tênis e o outro é o número 15 do mundo

  • Carlos Eduardo Scioli

    Suíça não é cabeça, logo não pdoe pegar o Brasil.

    Que esse confronto aconteça no Grupo Mundial, nas QF.

    Já li hoje que o Brasil é pior que a Itália, agora que o Cazaquistão….é mto blábláblá sem fundamento.

    • Fabrizio Gallas

      Carlos Eduardo,

      Baseado no ranking de hoje não é, mas como ganhou um confronto, vai somar pontos então pode subir e ganhar a posição da Romênia na tabela a ser divulgada nesta segunda-feira. O ranking da Copa Davis é bem complicado de se entender.

  • Fabrizio, então de fato há chances da Suíça enfrentar o Brasil.

    Lhe pergunto, então: você sabe mais ou menos como funciona o ranking da Davis? Tem como explicar?

    Abrááço!

    • Fabrizio Gallas

      Duro de explicar. O ranking é baseado no desempenho do país nos 4 últimos anos sendo que a cada ano o país perde 25% dos pontos conquistados. Quem é campeão da Davis em 2011 ganha 8000 pontos, mas terá esses reduzidos a 6000 no fim de 2012.

      Ainda temos 25% de bônus para vitórias fora de casa e até 100 pontos de bônus pra quem ganha dos países números 1 e 2 do ranking.

      É bem complicado

  • Martin

    É óbvio que o Federer não viria pra cá! Só jogou esse fim de semana pra já garantir as Olimpíadas ano que vem. Temos que torcer pra pegar um time bem podre tipo Índia, Equador ou Israel, mas por outro lado, Romênia, Croácia(saibro), Bélgica, Suíça(sem Federer) ou Chile são adversários que dá pra ir de igual pra igual, no mínimo.

  • Edgard Arruda

    Ta cheio de patriota aqui!!! Os caras torcendo para ver o Federer vir ao Brasil e se lascando se o Brasil nao conseguir a vaga no grupo mundial. Aposto que todos esses tontos que falaram que tao torcendo para ser a Suica se isso acontecer vao assistir quando muito o jogo pela televisao, ou seja nao faz diferenca nenhuma ele vir aqui ou nao para eles. Bando de mane, vamos torcer para o Brasil poder voltar ao Grupo Mundial. Davis nao e circuito ATP nao, e Brasil contra outro pais, e a Copa do Mundo do tenis. Tem que torcer para o Federer no circuito ATP, em Davis tem que torcer e pro Bellucci, Feijao, Rogerio, Soares, Melo, Mello. Que se dane o Federer. Alem do mais e bem capaz de ele nem vir aqui disputar esse confronto. Davis e BRASIL minha gente.

  • Fabrizio, mudando um pouco de assunto, outra pergunta.

    Quero saber: você leu a biografia do Federer? Se sim, o que achou?

    Abrááço!

    • Fabrizio Gallas

      Felipe,

      Infelizmente ainda não li 🙁

MaisRecentes

Novo título em Wimbledon significaria muito para mim, afirma Federer



Continue Lendo

O melhor Rafael Nadal entra para a história do esporte



Continue Lendo

Djokovic ou Thiem podem parar Nadal ?



Continue Lendo