Esquentou o clima!



Que dia tivemos em Wimbledon amigos! Graças a Deus o tempo ajudou, fez bastante sol e o calor ajudou a esquentar o torneio com ótimos jogos e algumas zebras principalmente do lado feminino.

Era claro que Serena e Venus Williams não chegavam nas melhores condições, mas como são experientes e ganharam nove dos últimos onze torneios em Londres, fica o sentimento de surpresa suas eliminações.

E agora na chave só sobrou Maria Sharapova como vencedora de Grand Slam. Leve favoritismo pra ela. Mas sigo sem vê-la como dominante. Azarenka, Bartoli e Kvitova estão muito bem.

E no masculino ? Surpresa mesmo foi a derrota em sets diretos do Berdych que estava demolindo todo mundo. Belo resultado do Mardy Fish.

Uma pena que tivemos jogos simultâneos de Roger Federer e Rafael Nadal. Ficava difícil se concentrar em um. Vez ou outra uma partida pegava fogo, e os quatro tenistas faziam jogadas incríveis. Mas de qualquer forma o duelo Delpo x Nadal teve muita emoção e drama com os dois tenistas se machucando, se levantando na raça para seguir adiante e prosseguir com a partida que teve 105 winners (61 do espanhol e 44 de Delpo) e menos de 40 erros.

Bastou Rafa pedir atendimento médico no 6/6 do 1º set para surgir a chiadeira de quem torce contra ele. Não vejo dessa forma. Nadal estava jogando muito bem e criando várias chances e não tinha motivos para catimbar. Del Potro é que fechava a porta no saque. E o argentino não esfriou no tie-break, chegou a abrir 3 a 0 diante de um errático Nadal, claramente com problemas para efetuar o forehand na corrida, mas não aproveitou.

Incrível como o Nadal e o próprio Delpo são exemplos. Estes dois só entregam uma partida se quebrarem a perna deles. E incrível também o nível alto apesar dos problemas que tiveram. Del Potro perdeu, mas mostrou evolução na grama e virá muito forte pra temporada do piso duro nos Estados Unidos.

Nadal ganhou e adere muita confiança. Mas fica a dúvida. Ele fará exames nesta terça-feira e acredita que quebrou um osso do pé esquerdo e está preocupado com seu futuro no torneio. Todos sabem que horas depois o corpo esfria e é aí que a dor verdadeira aparece. Se estiver em condições é favorito nas quartas.

Federer levou um susto, perdeu o primeiro set, mas passou ileso. E terá uma batalha que promete ser complicada contra Tsonga que vem sacando muito na grama desde o torneio de Queen´s. Expectativa de alguns tie-breaks e muitos aces.

Quero ver se a mãe do Murray vai soltar piadinhas se o filho dela perder pro Deliciano Lopez. Incrível como o apelido pegou e a imprensa mundial só usa isto. Mas o escocês precisa tomar muito cuidado. O espanhol é demasiado perigoso quando saca da maneira que vem fazendo. É jogo pra tie-breaks, uma ou duas bobeadas e você já pode se encontrar com um ou dois sets abaixo.

Novak Djokovic é muito favorito contra Bernard Tomic. Não o vejo jogar há algum tempo, mas pelo que vem fazendo, deve ter melhorado muito. Ninguém tira o Soderling, Davydenko e Malisse em três sets sem ter talento. De qualquer forma, Tomic enfrenta o tenista que está e um padrão acima destes que já derrotou. Tudo para ser um jogo interessante.

Curtinhas:

Atualizando as posições do ranking dos brasileiros. Thomaz Bellucci cai pro 34º e Mello sobe pro 84º por enquanto. Tomic subindo pro 70º.

Sobre o juvenil. Thiago Monteiro e Bia Maia venceram a 1ª em Grand Slams. Bia acabou de completar 15 anos e o Thiago 17. Ótimo potencial dos dois. Na grama de Wimbledon é difícil eles ganharem, mas vamos torcer. Bruno Santanna e João Sorgi perderam em simples, mas seguem nas duplas.



MaisRecentes

Zverev tem tudo, mas ainda falta muito. Estranho, não ? 



Continue Lendo

Nem sempre se pode ganhar todas



Continue Lendo

Djokovic a caminho de recordes



Continue Lendo