Federer x Nalbandian. E a programação-problema de Wimbledon



O torneio feminino de Wimbledon está com uns jogos interessantes nesta primeira semana. Sabine Lisicki mostrou coragem e um belo jogo para vencer a campeã de Roland Garros, Na Li, aplicando 17 aces (deve ter feito mais aces que o Nadal fez durante o ano inteiro rsrs). Serena, Venus Williams e Maria Sharapova tiveram que suar para avançar.

No masculino a coisa começa a esquentar agora. Andy Murray, como de praxe, deu uma vacilada, mas segurou Ivan Ljubicic e agora terá uma batalha que promete contra Richard Gasquet. Ao que tudo indica Nadal e Del Potro farão outro jogo de oitavas, mas ainda precisam confirmar a vitória neste sábado.

E teremos o grande jogo, Federer x Nalbandian, pura técnica e versatilidade em quadra. Vi muito pouco do argentino em Londres, poucos games, e a falta de ritmo  deve pesar contra. Mas ele tem tudo para dar um sufoco no suíço e até lhe roubar um set dada sua ótima devolução de serviço, que faz a diferença na grama. Sacando firme, Federer tem tudo para não passar tanto aperto.

Um problemão que está surgindo em Wimbledon é da programação. A chuva deu o ar da graça todos os dias na capital inglesa. Muitos jogos a serem remanejados pro dia seguinte tendo que modificar prioridades. A quadra central com teto retrátil ajuda, desafoga um pouco, mas não resolve quando São Pedro insiste em não contribuir.

O que não ajuda é Wimbledon seguir com essa tradição de não ter jogos no domingo, o chamado Mid-Sunday, dando apenas 13 dias pro evento (contra 15 de Roland Garros e 14 dos demais). A previsão é boa pra amanhã, sol entre nuvens e chuva apenas na madrugada, o que deve amenizar o problema, mas pra semana que vem temos alguns dias com previsão de chuva, podendo causar um caos (alguns anos atrás já vimos por exemplo Nadal jogar dias seguidos e esta semana Del Potro está jogando todos os dias).

Outra medida que Wimbledon poderia tomar seria a de jogar estas partidas da Quadra Central e 1 pra mais cedo. Por que elas tem que começar às 13h e as da quadra 2 em diante às 12h (ambos hora local) ? Uma hora a menos faz uma enorme diferença.

O Mid-Sunday. Tradicionalmente não são jogadas partidas no 1º domingo do torneio como motivo de descanso dos jogadores. Apenas três vezes a organização utilizou jogos nestes dias pelo mau tempo, 1991, 1997 e 2004.

Outra polêmica da programação. As meninas, Caroline Wozniacki, Serena e Venus Williams, reclamaram por serem deslocadas das duas principais quadras e ganharam o apoio de Stacey Allaster, presidente da WTA. De fato, não dava pra entender porque a Serena, tetra de Wimbledon e atual campeã do evento, foi mandada ontem pra Quadra 2 enquanto rolava Lisicki x Li na Central (nunca fizeram nada demais no torneio). Hoje puseram Venus, pentacampeã, pra quadra 1 enquanto tinhamos Azarenka x Hantuchova, que nunca ganharam um Slam, na Central.

O fato de colocar os jogos 1h mais cedo ajudaria a disponibilizar as duas principais quadras para um jogo a mais durante alguns dias.

Curtinhas:

Melo e Soares buscam vaga nas 8ªs de duplas. Tem um duro desafio contra Kas/Peya, dupla especialista. Vale torcer para a partida que será melhor de 5 sets (apenas na 1ª rodada foi em 3 sets por conta do atraso na programação).

E amanhã começa o juvenil com Thiago Monteiro, Bruno Sant´Anna e João Sorgi no masculino e Beatriz Maia no feminino.

Justin Gimelstob, ex-jogador e atual comentarista da TV americana, falou que se Feliciano Lopez se olhasse menos no espelho, poderia ter mais sucesso no circuito. Gerou polêmica. Lopez respondeu pelo twitter. Gimelstob não deveria ter falado isso publicamente, mas todos sabem que tem um fundo de verdade. Lopez dá muito foco no seu visual.



MaisRecentes

Djokovic, o mais completo de todos ?



Continue Lendo

51 vezes Nadal. Uma boa ideia



Continue Lendo

Djokovic está de volta!



Continue Lendo