Federer, aproveitando as chances, pode derrotar Djokovic



O jogo mais esperado de Roland Garros será na sexta-feira: Roger Federer x Novak Djokovic. Promete ser daqueles duelos equilibrados de quatro ou cinco sets com os dois lutando em quadra por cada ponto.

Mesmo que o Federer esteja atuando muito bem sem perder sets no torneio e bem adaptado às condições mais velozes que a nova bola oferece, vejo ligeiro favoritismo para o sérvio no lado técnico. Ele que vem com uma confiança absurda após seis meses sem perder e um jogo muito firme no serviço, defesa e ataque.

Este tipo de jogo normalmente faz com que Federer cometa erros e fique ansioso para definir os pontos. Mas o que vimos nos últimos jogos entre eles é que Federer sempre tem sua chance, abre uma quebra ou tem diversos breaks, mas não os aproveita como deveria e aí escapa ou game ou outro que, como bem se sabe, acaba definindo.

Não podemos esquecer o lado emocional. Djokovic está a uma vitória da liderança da ATP, de ser o primeiro a acabar com a dinastia de sete anos de Federer-Nadal no ranking. E ser o número 1,independente da fase que esteja, gera nervos, tensão. Logo uma certa pressão pode estar passando pela cabeça de Djokovic e pode ajudar a vida de Federer que entra sem nada a perder.

Ajudará muito ao sérvio se Nadal cair nesta quarta-feira para Robin Soderling, o levando automaticamente ao topo. Vai tirar um piano de suas costas para encarar o suíçoda Basileia.

Alguém tem um palpite para Federer x Djokovic ?

Curtinhas:

Bellucci e a bela e recém-solteira Jarmila Gajdosova, da Austrália, na semifinal de duplas mistas de Roland Garros lutando pela final nesta quarta-feira. Vale a torcida!

De olho em João Pedro Sorgi que luta pelas quartas de final na chave juvenil contra o espanhol Oriol Batalla. O brazuca é top 8 no ranking da ITF.

Daniel Koellerer banido do tênis! Estava na hora! O que este austríaco aprontou não está no gibi. Julinho Silva deu parte dele na delegacia de um torneio na Europa por racismo durante um jogo, em 2006 em Aracaju (SE) um abaixo assinado foi mobilizado pelo já retirado Thomas Behrend. Isso só no Brasil pois nos outros países fez muito mais. Vários tenistas do mundo e brasileiros comemoraram sua expulsão do circuito.

O motivo para tal foi a corrupção. Ele ofereceu dinheiro ou benefícios a jogadores para combinar resultados e tentou mudar resultados de jogos. Veio tarde, mas sua expulsão é justa!



MaisRecentes

Federer com muitos concorrentes para o All England Club



Continue Lendo

Nadal de outro planeta. O Adeus da Rainha Maria Esther Bueno



Continue Lendo

Pode Zverev segurar Thiem ? Djokovic comendo pelas beiradas



Continue Lendo