Nadal nunca passou tanto sufoco. Confiança baixa + pressão = atuação ruim



Meu amigo repórter do Diário Lance!, Fábio Aleixo, fez um levantamento e constatou que este Roland Garros é onde Rafael Nadal mais sofreu em suas duas primeiras rodadas em todos os Grand Slams. São quase 7h20min jogadas, superando as 6h18min da grama de Wimbledon 2006.

Em Roland Garros, seu pior começo foi em 2009, com 4h40min em quadra, justamente quando foi derrotado pela única vez no torneio para Robin Soderling nas oitavas de final.

Certamente no início de Roland Garros ele não costuma ir muito bem, mas pra jogar mal do jeito que está é incomum.

Agora eu pergunto. Por que Nadal está passando tanto sufoco no piso em que domina mais ? Credite isto ao sérvio Novak Djokovic principalmente suas vitórias sobre o espanhol em Madri e Roma onde foi desbancado tendo raras chances.

Nadal pela primeira vez viu um tenista capaz de batê-lo no piso onde era absoluto em condições físicas iguais. Acrescente aí o tema chamado PRESSÃO. São cinco títulos em Paris, todo mundo espera que você ao menos chegue na final.

Outro detalhe é a muito provável saída da liderança do ranking. Duvido muito que Rafa não sinta vontade de defender a ponta, não sinta o gostinho bom que é ser número 1. Pra mim esse papo de que não liga pra posição na tabela é um pouco fantasioso. Certamente ele está pensando que se perder cedo em Paris, só deve brigar pela ponta de novo no ano que vem (visto a enorme quantidade de pontos a defender até o fim de 2011).

Sorte momentânea – Nadal não está bem. Isso é certo. Mas é bem que louvemos sua capacidade mental e de luta. Exemplo para todos. 1/5 e 40/0 pro rival. 99% dos tenistas larga o set e vai pro 4º. Nadal não. Vejamos o que o espanhol tem a oferecer nas próximas rodadas.

Acabou dando sorte com a eliminação de Nikolay Davydenko. Vai enfrentar um croata desconhecido que gosta mais das quadras rápidas, mas se não melhorar, meu amigo, cai antes da semifinal.

Zebras abrem caminho de Murray – A chave de Murray ficou uma moleza só, a melhor entre os top 4, principalmente com as quedas de Milos Raonic e agora de Jurgen Melzer. O escocês, por isso, tem ótimas chances de fazer semifinal. Rivais mais perigosos são Dolgopolov ou Troicki que se enfrentam na 3ª Rodada e também não são aqueles vencedores em Grand Slams. Vamos ver se desta vezo britânico engrena em Paris.

Sharapova e Clijsters – Kim Clijsters pagou por sua viajada. 65 erros não-forçados. Não merecia ganhar. Sharapova é outro exemplo. 4/1 abaixo, duas quebras e nãolargou o osso. Se aproveitou da falta de experiência da francesa Caroline Garcia. Vitória importante pra injetar confiança na musa.

Curtinhas:

Nadal foi quebrado 5 vezes hoje, a mesma quantidade que foi quebrado durante todo o US Open 2010 quando foi campeão.

Amanhã Federer Pas 7h30, Bellucci x Gasquet e Djokovic c Delpo às 11h ao vivo no placar Lancenet!/Tenis News



MaisRecentes

Nadal chega em Paris com sobras. Djokovic pode brigar



Continue Lendo

Nadal não será afetado por derrota em Madri. Zverev cresce, mas precisa confirmar em um Slam



Continue Lendo

Triplo 11 de Nadal ?



Continue Lendo