Djokovic veio de outro Planeta



Tá difícil viu. Muito dífícil alguém parar esse tal sujeito chamado Novak Djokovic. Acredito que no momento a única forma dele perder é se alguém quebrar a perna dele. O que está jogando este homem é de outro planeta.

Quando tudo levava a crer que Nadal teria vantagem física por conta das três horas de ontem jogadas pelo sérvio, Djokovic rebateu e mostrou que seu preparo é invejável até mesmo por quem era o Rei no quesito (leia-se Nadal).

O sérvio vem aplicando com perfeição a tática para se bater o espanhol no saibro. Em primeiro lugar, consegue o tirar da quadra quando saca aberto no lado do iguais, em seguida explora o backhand do adversário com bolas bem anguladas, retas e pesadas e o que é mais incrível, consegue ser bem melhor na defesa, tanto de direita quanto de esquerda.

Deu pra ver inúmeras vezes na partida a força que o espanhol precisava fazer para concluir seus games de saque e ganhar determinados pontos.

O mais incrível é que Djokovic ganhou duas vezes por 2 sets a 0 no piso onde Nadal pode, ou poderia, ser considerado o melhor de todos os tempos e na superfície rápida, onde se esperava menor equilíbrio, foi justo o contrário. Motivo ? Jogo defensivo e tático absurdamente elevado contra o espanhol.

Nadal jogou um pouco mais ofensivo hoje do que em Madri e não fez uma má partida, salve alguns balões a partir do segundo set. Mas classifico isso como uma tentativa de mudança de tática contra alguém que estava irresistível.

Número 1 e História – A liderança da ATP está próxima. Basta vencer seis jogos e fazer final em Roland Garros. Ganhando o título ele iguala o feito do argentino Guillermo Vilas com 46 triunfos (obtido em 1997) consecutivos.

Mas de qualquer forma fica um alerta pro Nole em Roland Garros. Ele se torna o Homem a Ser Batido. Já mostrou que não sentiu a pressão nos Masters e tem tudo para levantar seu 1º Aberto da França, mas Grand Slam é diferente, partidas melhor de 5 sets e sem dúvida tanto Nadal quanto Federer não vão deixar barato.

O que fazer Nadal ? Contra este Djokovic é difícil responder. Mas Thomaz Bellucci e Andy Murray deram a dica. Nadal precisa sacar muito bem, como fez em Miami, e jogar agredindo o tempo todo. Precisa ser mais ofensivo do que costuma ser no saibro, para evitar que o sérvio dite o ritmo dos pontos.



MaisRecentes

Federer com muitos concorrentes para o All England Club



Continue Lendo

Nadal de outro planeta. O Adeus da Rainha Maria Esther Bueno



Continue Lendo

Pode Zverev segurar Thiem ? Djokovic comendo pelas beiradas



Continue Lendo