Nadal tem melhor aproveitamento em vitórias. Federer é melhor em finais



Grande marca atingida por Rafael Nadal neste sábado. Chegar aos 500 triunfos é para poucos. Ainda fica latente a importância pela precocidade do espanhol que chegou a tal número com 24 anos e 10 meses, apenas atrás de Bjorn Borg que o obteve com 23 anos e sete meses. Ele deixa nomes como Ivan Lendl, Pete Sampras, Jimmy Connors (maior vencedor de jogos do circuito) e Roger Federer (11º da lista).

Vasculhando notícias antigas achei que o suíço – que hoje possui 767 vitórias e 179 derrotas – , atingiu seu triunfo 500 no dia 20 de Abril de 2007 ao bater o espanhol David Ferrer nas quartas de final de Monte Carlo. Ou seja, quatro anos atrás. Partindo do ponto que Roger dominava o tênis na época e Nadal é o número 1 hoje, colhi alguns números compativos entre dois  dos maiores tenistas de todos os tempos quando chegaram ao triunfo 500 (Roger o fez com 25 anos e 8 meses).

A conclusão é que os dois alternam em vitórias nos diferentes quesitos. Nadal tem melhor aproveitamento no total de triunfos e Federer se deu melhor em conquistas de títulos.

Com 500 triunfos e 105 quedas, Rafa ganha 82,64% dos jogos que faz. Na época, Roger chegou a 500ª vitória somando 128 derrotas, aproveitamento um pouco inferior (79,61%). Apesar de muitos apontarem sua decadência, Federer perdeu 51 jogos desde então e está melhor vencendo 80,82% dos jogos que disputa.

Em finais, Roger é melhor que Rafa. Na vitória 500 ele somava 47 triunfos em 60 decisões, ganhando 78,33% dos torneios que disputou. Nadal soma 44 canecos em 59 finais (74,57%).

Quase metade destas vitórias de Nadal foram no saibro (212, 42,4 %). Em Abril de 2007, Federer tinha 10 Grand Slams e Nadal possui 9. O suíço somava 12 Masters 1000 e o espanhol tem 19.

Considerações. O saibro ajudou muito estes números de Nadal e se existisse outro Grand Slam sobre o piso lento, ele teria vencido até mais. Não podemos deixar de concluir também que, se existisse Masters 1000 ou outro Grand Slam na grama – como já teve no passado – Roger também teria melhor índice. Afinal, os dois detêm números incríveis nas superfície.

Observação aos corneteiros de plantão. Meu post não tem por objetivo nenhum dizer quem é melhor ou pior, apenas mostrar um comparativo de números visto que os dois estão na história do esporte e ainda seguem em plena atividade e com muito sucesso.

A caixinha está aberta a comentários. Se alguém possui mais algum número interessante, pode colocar!



  • Felipe

    Esses números que você colheu, Fabrízio, foram excelentes para fazer essa coluna. Isso é jornalismo de verdade. Você aprovetou que o Nadal ganhou 500 partidas essa semana e apurou dados com a vitória de número 500 do Federer. Muito bacana essa coluna. Parabéns!!!!

  • John

    Fabrizio, excelente comparativo, mas como vejo em muitos blogs, esses novos “marcos” que estão colocando em questão, faz parecer até que é inviável para Nadal ultrapassar em números de Grand Slam o Federer. Hora, até o fim de sua carreira, é bem possível que Nadal conquiste mais 7 grand slams.

    “Marcos” como “Idade que conseguiu sua vitória 500″… o pessoal já compara como títulos de Slam (não digo você, mas é o que vejo por aí)

    Interessante vc comentar os poucos torneios na grama… Não tem 1 masters 1000…
    Pra compensar, na mesma época, no Saibro, tem 3 masters 1000 + Grand Slam (onde tradicionalmente Nadal passa o Rodo). Isso indiscutivelmente mostra a superioridade do Espanhol no Saibro, e o sexto título em Roland Garros vai fechar essa discussão, agora sobre ele ser o maior de todos os tempos….bom… é impressionante como a fama tem memória curta… muitos anos atrás era Sampras, q saindo do Saibro, passava o rodo nos torneios… depois Federer, que conseguia alguns títulos no Saibro (mandando bem), e passava o rodo no resto. Agora é Nadal, que passa o rodo no saibro, e manda bem – sem ser “supremo” – nas outras superfícies.

    Acho que em mais 2 anos poderemos dizer que Nadal é o maior jogador de todos os tempos, mas por algum motivo, vejo a mídia com uma certa “apreensão” em declarar isso o mais rápido possível.

    Em tempo, opinião pessoal: No. de Grand Slams + Total de títulos, pelo menos para mim, são medidas mais marcantes que as outras, aquelas que o pessoal sempre coloca nas comparações. Até porque, todo mundo sabe como muda a postura dos grande jogadores em partidas de GS. Até lembro que no Masters 1000 de Madrid, final Federer x Nadal, depois da partida OS DOIS jogadores não estavam dando o devido valor ao torneio, parecendo que aquilo era só um aquecimento para Roland Garros. Vale também comentar sobre o ATP Tour Finals, que vale mais que Masters 1000, em pontuação e premiação (contando todas as partidas)…e mesmo assim Nadal nunca ganhou por nunca ter dado a devida importância a esse torneio (e em 2010, quando deu toda a importância, fez um jogo histórico com Murray que acabou com ele pro jogo do dia seguinte).

    Mas então, e o ATP Finals… Merece ser contado como título importante ?

    • Fabrizio Gallas

      John,

      Vamos ver até quando o físico do Nadal aguenta. Djokovic está surgindo para atrapalha-lo. E não podemos deixar o Federer de fora, ele pode voltar a ganhar Slams.

      • Luiz

        Essa desculpinha do físico do Nadal já deu o que tinha que dar. Muita gente achava que ele não ia tá jogando até hoje e ele tá aí ganhando título. Tá na hora de mudar um pouco o foco e parar de falar no físico dele. Claro que ele tem problemas, mas sempre dá a volta por cima e volta a ganhar os torneios.

        • Fabrizio Gallas

          Luiz,

          Sim, está dando a volta, mas não podemos esquecer dos problemas. A tendência é que o endurance dele seja menor que o do Federer. Tendência.

          • John

            Essa tendência é real… difícil imaginar Nadal até os seus 28, 29 anos jogando desse jeito… mas até lá ainda tem tempo.

            Acho que seria legal contabilizarem os ATP Finals, título que Nadal ainda não tem. Como eu mencionei, para o campeão, dá mais pontos que um Masters 1000, além da premiação ser maior.

            Mas novamente, do jeito que é colocado na mídia, parece que existe uma apreensão para falar o quanto antes que Nadal, através de números, é o melhor da história, quando ainda está um pouco longe disso (No. de Grand Slams, No. de títulos no total, Semanas em 1o. lugar)… Razoavelmente longe de Sampras (ainda).
            Do mesmo jeito que até hoje falamos de Tenistas históricos, se Nadal não quebrar os recordes em números, definitivamente vai ficar na história como um dos tenistas com maior intensidade que já existiu.

        • cristiane

          É isso ai! Falam o tempo todo do físico dele que não vai aguentar ou até qdo. E ele sabe muito bem até onde poderá ir com o seu esforço. Isso é algo que acredito, pois ele e sua comissão tem uma preocupação absurda com tudo o que diz respeito a ele e não arriscariam nada que fosse contra o Nadal. Ele é um touro, mas tbm sente cansaço, quebra, erra e tudo mais. Mereceu tudo o que conquistou até agora!

    • Neto

      Na sua conta de que é possível o Nadal ganhe mais 7 slams você considerou a possibilidade do Federer ganhar outros? Afinal, ele não aposentou e continua sendo um dos favoritos a qualquer título … Ou seja, pode ser que ele ganhe mais 7 e mesmo assim não alcance o suíço.

      Não acho o Nadal melhor que o Federer, aliás, não o acho melhor nem mesmo que o Borg. E antes de qualquer comentário, vale a pena dizer sobre o Borg:
      – 82.72% aproveitamento em partidas (608/735), o nº 1 nesse quesito;
      – ganhou 11 slams;
      – jogou o circuito de 1973-81 (efetivamente parou aos 25 anos, após perder o Us Open pro McEnroe novamente, não disputando mais seriamente o circuito após 81, alegando falta de vontade de jogar, apesar de estar bem fisicamente);
      – jogou apenas uma única edição do Australia Open, quando era bem jovem ainda. Fez 4 finais no US Open, perdendo para Connors e McEnroe (2 pra cada). Nadal ganhou o US Open, mas aos 24 anos só fez uma única final, contra 3 do Borg nessa idade.

    • Caro jonh, as suas argumentações são até interessantes, mas cabem alguns contrapontos, agora dizer que Nadal não ganhou a Atp Finals até hoje porque nunca deu grande importância para a competição é querer ser mais realista que a realidade. Nadal não a ganhou até hoje pelo simples de motivos que seus adversários lhe foram superior nos momentos decisivos do torneio, reconheçamos o mérito do espanhol em suas diversas e grandiosas conquistas mas também vejamos os momentos em que não foi possível para o mesmo suplantar seus adversários por méritos dos mesmos. Querer dizer que nas semifinais da competição em 2006 e 2007 diante Roger Federer o espanhol não levou a sério é um tipo de ressalva,desculpa que não se faz necessário para explicar o insucesso de nadal em relação a ATP FINALS que sempre foi um torneio importante desde sua criação na década de 70 do século passado. Tem história e peso a competição que sempre primou pelo alto nível e mesmo que o espanhol nunca venha obter êxito em relação á mesma não quer dizer que o mesmo terá manchada a sua gloriosa carreira.

  • Carol

    adorei o post! os dois são incriveis e Nadal mereceu mais uma vitória, está jogando muito bem!

  • Mário Neto

    Bom, só posso concluir que somos uns privilegiados de poder estarmos vendo história sendo refeita. Federer com maior numeros de Slams, Nadal quebrando recordes e Djokovic com a maior sequencia de vitórias. Sorte nossa. Abraço a todos.

  • Lucio

    Parabéns Fabrizio, excelente post como todos que você coloca. Sou um amante do tênis e apesar de ser fã incondicional do Federer, acho que o Nadal faz por merecer todos os títulos que está ganhando neste momento em que o Suíço está em fase de superação. Mais uma vez parabéns e continue com esse trabalho que te garanto, agrada a muitos!!!

  • Branca

    Olá Fabrizio,
    Boa tarde. Com você nós ficamos mais informados. Eu gostaria que você informasse também, se possível, o aproveitamento dos dois tenistas, em relação a finais de Masters e G. Slams.
    Abraços.

  • Luciano

    Fabrizio,
    Você está brincando, né? Època de Coelhinho de Páscoa, a gente perdoa.
    Está escrito acima: “os dois maiores tenistas de todos os tempos”.
    Pode ser que você esteja falando de Federer e Sampras e a gente não sabe…
    E tem McEnroe, Connors, Lendl, Borg, Laver, etc, etc,
    Chamar Rafael Nadal de melhor de todos os tempos é brincadeira…
    É desculpável para leigos ou, no máximo, para nós, jogadores de final de semana.
    Para um colunista especializado, é imperdoável.
    Para com isso.
    Abraço,
    Luciano

    • Fabrizio Gallas

      Falha de escrita, o certo é, “dois dos maiores de todos os tempos”. Mas de qualquer forma, eles podem ser os dois melhores de todos os tempos. A esperar…

      • Rafael

        Fabrizio, não se desculpe, você escreveu certo: “dois dos melhores…”.
        Quem se equivocou na interpretação foi o Luciano.

        Bela Matéria!

        Parabéns, Fabrizio!!

        • Fabrizio Gallas

          O Luciano estava certo, eu editei 🙂

  • Marcos

    Podem ser sim os melhores de todos os tempos…os melhores, Agassi, Sampras, Borg, Ledl dentre outros, não aguentariam o tenis de hoje. Seus estilos ja ultrapassados não serviriam ao tenis atual.
    Creio que a rivalidade Federer x Nadal é a maior, mais saudável e cortêz de todos os tempos. Um cavalheirismo sem medidas e uma chuva de confetes de ambos os lados, sempre tecendo elogios ao seu maior rival.
    São sim, os melhores da história, senão nos numeros, no “fair play”, como grandes desportistas e gênios do esporte.
    Federer é o melhor nos numeros, mais titulos, mais $$$…mas tem seu principal adversário quase 5 anos mais jovem, um forte candidato a lhe roubar o posto de maior de todos…Daqui uns 5 anos, mais 20 grand slans, e 50 Masters 1000…a gente retoma essa conversa…abraço a todos

    • Neto

      Mas pq esses caras jogariam hj com os estilos de outras épocas? provavelmente jogariam como se joga hj e sabe-se lá se sairiam iguais, piores ou melhores.

  • cristiane

    Fabrizio, um dos melhores!
    Estão dizendo que Nadal não riá disputar Madri…Vc sabe sobre isso?

    • Fabrizio Gallas

      Não estou sabendo. Mas ele deve jogar sim

  • Para mim, o Roger Federer será sempre o melhor de todos os tempos, pelos números, pela forma de jogar, pela elegancia e principalmente por o ser humano que ele é. Concordo que o Nadal é um touro, um grande jogador sem dúvida nenhuma, mais acredito que o Federer ainda tem muito tenis para jogar e pode ganhar muitos títulos ainda para o prazer de suas fãs assim como eu.

  • adriana souza

    ´Sensacional a vitoria de nº 500 do Rafael Nadal e a de nrº 501 também, esse comparativo que vc fez Fabrizio é muito importante pois se trata de tenistas com historia escritas a muito tempo e ainda conseguem se manter quebrando recordes, inventando outros como é o caso de 7 campeonatos seguidos que tem o Nadal em Monte carlo, torneio que, se não me engano ele so tem duas derrotas uma em 2003 e outra em 2004, ja fiz um monte de pesquisa mas não consegui chegar a conclusão nehuma quanto ao desempenho do NADAL X FEDERER levando-se em consideração o inicio da carreira, por exemplo no 1 ano de federer, quantos torneios e tipos, jogos, virtorias e derrotas comparado ao 1º ano como profissional do rafael nadal. Gosto muito do Federer acho que ele é até mais completo que o Rafael nadal, mas……… FANZOCA DO NADAL!!!!

    • cristiane

      Eu tbm….quando ele ganha fico felizzzzzzzzzzzzzzzzzzz!!!!

  • NASCALMAS

    ESTA COMPARAÇÃO A MIM NÃO ME DIZ ABSOLUTAMENTE NADA. Esta comparação sou surge para fazer do FEDERER noticia. Todos sabemos da dimensão do seu fanatismo pelo FEDERER e como ele agora so perde e decepciona, voce saiu a busca de noticia para que as pessoas não se esqueçan do teu FEDERER.
    Vamos falar do momento e o momento indica para DJOKOVIC, FERRER, RAONIC, NADAL agora no saibro E MUITOS NOVOS QUE VIMOS JOGAR.

    O Federer esta caduco, sente-se no seu jogo.

    FAZ JORNALISMO E NAO FEDERISMO

    • Fabrizio Gallas

      Uaí, estranho, vários leitores dizem que eu sou fã do Nadal. Não entendi sua colocação (risos).

      Na verdade não sou fã de ninguém, o detalhe é que Federer tem uma alta rivalidade com Nadal (somente dentro das quadras) e tem feitos incríveis no tênis. Por isso fiz o comparativo. São apenas números.

      • cristiane

        Pessoal, cada um torce para quem quer! rs
        Não acho que Fabrizio seja Federer, Nadal, Djo ou qualquer outro, mas acredito que o jornalista faça a sua parte vendo comparativos, rivalidades, jogadas e apenas isso. Nós e que temos os nossos prediletos e torcemos para que ele tbm seja a favor do nosso.
        Eu sou Nadal, mas curto outros jogadores tbm que vem com força total. Melhor para nós amantes do tênis. Mas quero que Nadal reine absoluto durante muito tempo! kkkk

      • Fabrizio, deixa de conversar besta do gosta é do Nadal rsrsrs

    • Raul

      Federer caduco? Que planeta vc vive, hein? Com certeza é corinthiano, e vai dizer que vão ganhar a libertadores ano que vem…..

    • Não entendo oq vc quer dizer, raonic não está conseguindo bons resultados no saibro, até decepcionantes, eu esperava muito mais dele… E o Djokovic, está fazendo seu primeiro torneio no saibro essa semana em Belgrado

  • Acho esses números bem relativos, por exemplo, se o Jimmy Connors estivesse com as 2 pernas quebradas ele ia continuar jogando partidas, mesmo no auge jogava torneios pequenos, logo irá vencer mais jogos, Nadal é desse estilo, já Federer disputa com mais vontade os GS… Também temos muito mais torneios no saibro do que na grama, piso em que os dois dominam…

    • Fabrizio Gallas

      Nalba,

      O comparativo eram das épocas que cada um atingiu a vitória 500 e o texto só veio pois ambos dominavam (Federer em 2007) e dominam (Nadal, em 2011) o circuito. De uns 2, 3 anos pra cá Federer passou a focar mais nos Grand Slams mesmo e de 2 anos pra cá o Nadal vem jogando cada vez menos os torneios pequenos e seguindo a tendência do suíço.

  • Caros Compamheiros e amantes do Tenis,acho prematuro o Djokovic está vindo com tudo,outra o Nadal sem duvida é um grande jogador voces pensan que é qualquer um á ganhar um unico grande slam?nadal hoje é o melhor no conjunto do tenis repito hoje!O federer pegam os confrontos quem leva vantagem!Aqui em Brasil o pessoal diz mesmo se o Nadal ganhar 17 grande slam o Federer ainda será mehor!?será!o futebol quem é o melhor não é quem tem mais copa do mundo?olha com todo respeito vem gente boa de sangue novo ai,Nadal deve jogar até os 30 anos o federer já é consagrado,e os outros?temos é que agradecer á todos por proporcionar belos jogos valeu!

  • ok espero que tenham entendido meu ponto de vista!

MaisRecentes

Nadal no Olimpo



Continue Lendo

O enorme coração de Del Potro



Continue Lendo

Federer, Nadal ou Zverev ? Quem é o favorito ao US Open ?



Continue Lendo