Larri Passos não é o SALVADOR DA PÁTRIA



Quase quatro meses da temporada e nota-se que Thomaz Bellucci não está tendo a evolução esperada. O que é mais preocupante é que seu desempenho em relação ao ano passado está pior inclusive no saibro onde tira seu ganha-pão.
Ouvi diversas criticas em meu blog a respeito da parceria Larri Passos com Thomaz Bellucci. Tenho algumas ponderações a fazer. Como disse anteriormente, é preciso muita, mas muita paciência. Larri Passos NÃO É DEUS para corrigir as deficiências, mudar rotinas e nem “ajeitar” a cabeça de Bellucci em poucos meses.

O gaúcho é considerado um gênio por ter levado Gustavo Kuerten onde levou. De fato ele tem muitos méritos na carreira do nosso ídolo ex-número 1 do mundo, mas tudo fruto de um trabalho que se iniciou na pré-adolescência e lógico da cabeça e do talento magistral de Kuerten.

É muito mais fácil acostumar hábitos e lapidar um tenista vencedor quando pega ele desde pequeno do que quando se inicia um trabalho com um jogador de 23 anos bastante ansioso e com vários defeitos a se corrigir – por isso tenho convicção de que jovens como Tiago Fernandes e Thiago Monteiro tendem a obter sucesso.

Basta pegar o exemplo. Larri esteve com duas ótimas tenistas, Tamira Paszek e Daniela Hantuchova. Pegou a austríaca bem jovem, com 14 anos, e a colocou entre as 35 melhores com 16 anos. Com a eslovaca, com o qual iniciou o trabalho bem mais tarde, não obteve muito sucesso.

O que eu temo é que Bellucci siga uma tendência de troca constante em seu staff que vem fazendo nos últimos quatro anos – Larri é seu quarto treinador e já demitiu outros dois preparadores físicos. Este não é o caminho.

Derrota em Barcelona – Thomaz somou ontem sua 4ª derrota seguida e pode sair dos 32 melhores do mundo que o tiraria da zona como cabeça de chave para Roland Garros, o que seria péssimo. Ser pré-classificado em um Grand Slam indica que você evita outro nas duas primeiras rodadas e tem um caminho mais fácil.

O que me deixou mais chateado é que ele teve inúmeras chances. Dois set points no 1º set, serviu depois pra parcial, devolveu a quebra de saque no 2º, mas logo depois foi quebrado. Via assessoria de imprensa destacou que estásendo impaciente para definir os jogos. Como apontei, a ansiedade é um defeito marcante em Bellucci. Tomare que esta fase ruim passe logo.



  • Felipe

    Por favor, não é justo fazermos comparações… O Guga mostrou que era bom desde o início, quando venceu Roland Garros ainda quando era um jogador inexpressivo, um grande feito! Há quanto tempo o Bellucci já está no circuito e ainda não ganhou NADA, no máximo chegou nas oitavas de Roland Garros, nos outros GS nem passou da terceira rodada… Por mais que ele tenha treinador, pode ser o melhor do mundo, ele não vai chegar nem perto do que o Guga fez. Vamos parar de esperar muito dele… O único que pode mostrar que eu tô enganado é o próprio Bellucci!

  • Concordo com vc, Fabrízio. Acho que o trabalho, ou seja, essa parceria(Bellucci-Larri) requer tempo,paciência. E Bellucci fazer a sua parte: dedicação, disciplina, treinamento forte..
    É isso.
    Vamos torcer!

  • Leonardo

    Concordo plenamente com as observações relativas ao trabalho do Larri. O Larri é um cara muito dedicado com resultados inquestionáveis.
    Já quanto ao Bellucci, não acho que seu maior problema seja a ansiedade. Tenso, todo tenista fica, o próprio Guga confessou várias vezes que ficava muito nervoso em diversas ocasiões. O que está claro pra mim é que todo tenista que consegue bons rankings para jogar os ATP’s 1000 é muito estudado pelos adversários. Todos já conhecem os pontos fracos no jogo do Bellucci, ele não é mais revelação como era no ano passado. Bellucci precisa sim evoluir a sua parte mental, mas o que ele mais precisa é evoluir o seu jogo, corrigindo seus pontos fracos. Eu tiraria um pouco do “spim” para dar mais velocidade na bola, diminuindo o tempo que os adversários tem para atacá-lo.

  • Paulo Filho

    Como o Fabrizio disse, o Larri não é Deus, então ele não faz milagre. Milagre seria se o Bellucci mesmo com toda essa cabeça indisciplinada fosse top 20. Ano passado ele chegou bem perto, num momento de muita luz e com resultados expressivos recorrentes, porém agora ele precisa aprender a sair do buraco, e pra isso somente com disciplina.

    Ansiedade é algo que todo ser humano tem, mas para controlá-la é preciso disciplina. O Nadal é tão disciplinado que tem até um monte de TOCs rsrsrs. Outro exemplo é o Djokovic, que no final de 2009 e começo de 2010 sofria com problemas estomacais e alergias, aí não tem disciplina que ajude, caso contrário provavelmente ele já teria sido número por algumas semanas nesse intervalo até agora.

    A cabeça precisa estar em ordem para sobreviver às situações adversas, pois o tênis, apesar de toda a técnica envolvida, é um jogo que é no mínimo 50% baseado no mental, desde a pressão natural dos pontos importantes até as diferentes táticas adotadas para se enfrentar diferentes oponentes. Numa quadra de tênis, cada partida é uma guerra, e para se vencer uma guerra é necessário ter uma estratégia e táticas, e a disciplina age exatamente em cima da tática, fazendo com que, independente dos fatores externos, sua mente fique focada exclusivamente na execução das atividades inerentes a ela.

    Bellucci: DISCIPLINA É A PALAVRA CHAVE PARA O SEU SUCESSO!

    • Paulo Filho

      * Djokovic teria sido número 1

    • Mani

      Concordo, o que falta para o Bellucci é ter mais controle sobre suas emoções em quadra. Qualquer atleta, quando está competindo, tem que lidar com situações onde ele é posto sob pressão. O que vale em uma situação dessas é você completamente ignorar as circunstâncias e fazer o que você tem que fazer, executar o plano de jogo da mesma forma como se fosse no treino.

      O Bellucci adora perder dois ou três break points em um game e no seguinte perder o próprio saque com uma série de unforced errors (UE). Se ele passar a se concentrar mais no jogo e menos no placar, os resultados voltam (ou vêm até que enfim.. rsrs).

      … E se ele melhorar a mobilidade e o backhand (que é uma fonte de UE, independente da situação no jogo) ele pode até virar um top 10, porque aí ele vai ser quase que uma cópia do Verdasco, e se esse conseguiu chegar lá… 🙂

  • Branca

    Olá Fabrizio,
    Muito pertinentes suas observações. Ele ainda tem tempo para melhorar, mas é preciso querer. Acho que falta ao Bellucci, garra, raça. Vontade só não adianta, é preciso querer muito, e a gente nota que ele desiste de lutar. Não é cobrança, nem comparação com o Guga, apenas uma observação dentro daquilo que ele mostra em quadra, ele é jovem tem energia, mas infelizmente falta sangue, coração. Técnica, tática o Larri pode ensinar, o resto só depende dele, milagre ninguem faz.
    Abraços

  • giulio speranzini

    por favor alguem me escute o prolema do Belucci nao tem nada a ve nem com o psicologico nem tecnico apenas a raquete sou tenista e conheço a wilson que e uma raquete dificilima de jogar pois so pegando exatamente no centro consegue direcionar a bola, controlar e colocar todos as bolas no centro equase impossivel entao temos
    que mudar para uma com uma raio um pouco maior para corrigir isso so

  • Luis Felipe

    O Bellucci é o Rubinho Barrichello do tênis. Tem mentalidade de perdedor. Está sempre se desculpando e continua cometendo os mesmos erros em quadra. Já chegou onde podia chegar, agora é ladeira abaixo, até sumir do ranking.

    • Fabrizio Gallas

      Pessimista demais. Pra mim ele jogando mais ou menos como está fica no top 50 tranquilamente

  • Mendonça

    Fabrizio, estava acompanhando os seus comentários no placar online do jogo do Bellucci e percebi a sua grande decepção no fim do 1ºset, neste momento não tive outra reação, desisti de acompanhar o placar e perdi todas as esperanças de um futuro top 20 para este tenista.

    Tire umas dúvidas, a partir de quando as novas gerações como Tiago Fernandes entram nos grandes eventos? Não seria melhor para o Larri acompanhar mais de perto o Tiago, pois ele tem bem mais futuro?

    Abs

    • Fabrizio Gallas

      Mendonça, o Larri aceitou esse desafio com o Bellucci e tem que focar nele, afinal deve estar sendo bem pago pra isso também. Mas o Tiago está na europa treinando com o Bellucci esta semana e deve inclusive jogar o quali de alguns ATPs por lá, talvez Estoril. E o objetivo é ficar lá por algumas semanas e o Larri com os dois tenistas.

  • Simplicio Junior

    Realmente, o mais difícil é trabalhar a cabeça. A ansiedade, a impaciência do Bellucci(já admitida por ele mesmo) é algo complicado demais para mudar, por que este temperamento faz parte da personalidade dele. Mas a capacidade de concentração pode sim, ser melhorada. Thomaz precisa se “desligar” do mundo quando está em quadra, focar sua mente em seus objetivos e nas estratégias necessarias para alcançá-los e se lembrar que Nadal, Djokovic e Federer também cometem erros bobos, mas não se deixam impressionar com eles e respondem com uma jogada espetacular logo em seguida. Agora, tecnicamente falando, concordo com o que o Leonardo disse quanto ao “spin”, em termos. Acho que o Bellucci deve variar mais seu jogo. Torná-lo menos previsível. Alternar spins, slices e bolas mais retas, além de procurar bater na subida ou no ponto mais alto possível. Ele deixa cair demais. É isso que permite ao adversário, muitas vezes, antecipar o que o Brazuca vai fazer.

  • luques

    é Fabrizio, nosso Bellucci joga como top 60 ou 70, e o lugar dele é em ATPs250 e Challengers, não podemos esperar nada mais, quem sabe com o tempo pode melhorar.
    O que não consigo entender é que no ranking que ele está, como ele perde pra jogadores abaixo do top 80 pra baixo.

  • André Mesquita

    Com todo o respeito, não vamos ficar perdendo tempo em um tenista mediano como o Thomaz Belucci. Profissionalmente pode-se dizer que ele está muito bem, pois tira o seu sustento do tênis com uma boa remuneração, inclusive. Mas daí a querer bem mais fica chato, pois força um pouco a barra. Vejam quantos tenistas muito melhores do que Belluci nunca ganharam sequer um Master 1000. O Belluci ainda está muito longe destes outros tenistas (que muitas vezes não chegam nem a top 20). Seria muito mais importante para ele nesse momento tentar a regularidade para não sair do top 100 nos próximos meses, pois aí sim ficará bem mais difícil para voltar.

  • Carlos Eduardo Scioli

    Eu já tenho uma grande dúvida:

    Estaria o Larri ultrapassado para o circuito Atp ?

    Larri foi um técnico TOP DE LINHA, vivenciando o circuito Atp até 2004. Já são 7 anos de distânciam mta coisa mudou nesse tempo (domínio de Federer/Nadal, jogadores mais fortes e rápidos, se defendendo cada vez melhor).

    Nesses 7 anos, Larri conseguiu algum êxito na WTA e no juvenil, que não são parâmetros de comparação, devido a enorme fragilidade.

    • Fabrizio Gallas

      Carlos,

      Larri nunca se distanciou, só focou um pouco na WTA também, mas sempre teve jogadores brasileiros por lá e acompanhava a ATP qdo estava com as meninas também. Mais informado que ele, são muito poucos ou não tem, aqui no Brasil.

  • thedim

    É bom lembrar que tênis é um esporte muito difícil e que a parte psicológica influi muito
    o belucci tem ótimos golpes, mas ele não tem cabeça nenhuma certas horas ele tenta fazer de mais e fica muito errático e outras ele se torna muito passivo. Isso é a maior amostra que ele não tem cabeça de top 10 porque ele não consegue acompanhar todas as nuances de uma partida de tênis de alto nível onde o mental faz toda a diferença.

    Abraço.

  • bellucci incompetente

    PERDER DO GIRALDO E BRINCADEIRA ,O KARA NAO TEM SAQUE FORTE,MAS TEM MUITO MAIS PACIIENCIA EM TROCAR BOLAS DO QUE O BELLUCCI,AGORA E SERIO CHEGA DE PALHACADA E VAMOS GANHAR DOS KARAS QUE TEM QUE GANHAR E EQUILIBRAR COM OS MELHORES RANQUEADOS ,SO ASSIM SUAS CHANCES DE SER VENCEDOR AUMENTA

  • Andre

    Eu só tenho uma pergunta: por que o efeito de Paul Annacone em Federer foi mais rápido, de Peter Lundgren em Wawrinka foi mais rápido, até de Brad Gilbert em Kei Nishikori tá indo mais rápido e Larri no Bellucci demora tanto?

    • Fabrizio Gallas

      Não queira comparar Federer com Bellucci. Wawrinka pode até comparar, mas o Stanislas já provou que tem a cabeça bem melhor do que a do brasileiro, mesmo falhando quando enfrenta Nadal-Federer. Wawrinka já tem final de Masters 1000, quartas de Grand Slam já foi Top 10. Isso ajuda muito. Bellucci ainda tem barreiras principalmente psicológicas.

  • Cristina bernardis

    Larri não é salvador da Patria, mas se conseguir fazer com q. o tenista acredite q possa ganhar
    de qq tenista, como meu idolo NADAL,tb FEDERER e DJOKOVIC, como quase aconteceu em Madri.
    Fazer com que acredite que possa ser um vencedor, que será.
    Gostaria muito q. Larri conseguisse fazer com q esse capricorniano se soltasse e vibrasse mais, uso Nadal como exemplo, pra ele não tem jogo perdido, pode estar atras 3 games q. vai buscar.
    SE FOSSE MAIS ALEGRE IRIA CONQUISTAR MAIS O POVO BRASILEIRO.
    Estamos na torcida por ele, querendo até que ganhe do Nadal, meu tenista favorito, e do melhor no momento, o servio NOVACK.
    Boa sorte Bellucci

  • Ricardo

    Belutão amarelão!!

MaisRecentes

Federer acirra disputa com Nadal



Continue Lendo

Nadal manda recado para Federer. Halep, enfim, realiza



Continue Lendo

Laver Cup faz história e dá um tapa na cara da Davis. E Bia Maia muda seu patamar no circuito



Continue Lendo