Federer lento, impaciente e sem vontade



Desde as oitavas de final que notei um ritmo lento de Roger Federer no jogo de pernas. A diferença é que Marin Cilic não é um bom jogador de saibro e notava-se que se encontrava bem mais errático do que o suíço.

Nesta sexta-feira, o natural da Basileia encontrou um rival super agressivo, preciso e que variava de forma correta diante de novamente um tenista devagar, impaciente e que por certos momentos mostrava abatimento, falta de vontade – algo que não vinha acontecendo nos outros torneios – e por consequência, impaciência principalmente nos break-points que tinha a favor.

Fato que esta é a primeira semana de saibro que vem dez dias após sua eliminação em Miami. Roger ficou mais um dia nos Estados Unidos para comemorar o aniversário de sua esposa, certamente teve que dar uma atenção às filhas e não teve tanto tempo para treinos.

Uma desculpa justa, mas que não vai colar caso esta atitude se repita a partir de Madri. Agora ele terá mais duas semanas para práticas.

Sem vitórias sobre Top 10 – Passaram 3 meses e meio de temporada, Federer jogou 29 vezes no ano e não ganhou de nenhum top 10 na temporada. Perdeu três para Djokovic, uma para Nadal e agora uma para Melzer pelo qual havia vencido sem sustos nos três jogos anteriores.

Não vamos desprezar o austríaco. Vem melhorando aos poucos nos últimos anos principalmente no saibro onde fez semi de Roland Garros em 2010 batendo Novak Djokovic.

Apostas para a final – Nadal x Ferrer – Não é nenhuma surpresa, é a mais óbvia final. Mas os espanhois precisam tomar cuidado. Melzer ganhou de Ferrer em Roland Garros 2010 e vem com a confiança lá no alto.

Murray readiquiriu parte da confiança perdida após as seguidas quedas nos últimos torneios. A resolução da questão técnica (treina com o time da Adidas que tem o excelente Daren Cahill) parece ter aliviado sua cabeça. O escocês vem jogando bem e, se sacar firme e aproveitar alguns deslizes que Nadal vem cometendo em um ou outro game no evento, pode dificultar e muito a vida do espanhol e até lhe roubar um set.

Caixinha de comentários aberta. Concordam comigo ? Acharam o Federer apático ? E o Murray pode vencer Nadal no saibro ?

Curtinhas:

Nadal perdeu apenas um jogo em oito edições disputas em Monte Carlo e vai pelo heptacampeonato.

No saibro são apenas 16 derrotas em 222 partidas, um aproveitamento de 92,79%.

Sábado é dia de torcer pro Bruno Soares na semifinal de duplas em Mônaco ao lado do argentino Juan Ignacio Chela.



MaisRecentes

Djokovic a caminho de recordes



Continue Lendo

Indomável, Djokovic agora postula ida ao Nº 1. Brasil tem por quem torcer



Continue Lendo

Del Potro pisa mais forte que Nadal no US Open. NextGen ainda não embala



Continue Lendo