Simon é o problema. Depois pode dar samba



Vejo Gilles Simon como o maior problema na chave de Thomaz Bellucci em Monte Carlo. O francês tem um jogo que incomoda o brasileiro. Se defende bem de tenistas agressivos e contra-ataca com firmeza. É preciso bastante paciência – um dos problemas de Bellucci – e bom serviço para bater o rival.

No US Open em 2009 pudemos constatar o quão Simon incomoda Bellucci. O paulista não viu a cor da bola, mas o tenista galo vivia sua melhor fase da carreira e no saibro não tem bons resultados desde 2008, o que pode ser um bom prenúncio ao brazuca.

Se avançar, Thomaz tem ótimas chances de fazer a melhor campanha Masters 1000 da vida. Albert Montañes é bom no saibro, mas é pior do que canhoto nacional. E vejo o brasileiro entrando com ótimas possibilidades caso enfrente Andy Murray, Radek Stepanek ou Marcos Baghdatis nas 8ªs.

O que me incomoda é ver Bellucci desperdiçando tantas chances quando vê chaves teoricamente mais fáceis pela frente. Mas isso é assunto para se discutir dentro de alguns dias. Primeiro é preciso tirar uma pedra francesa do caminho.

Sem Djokovic e Soderling a chave do Masters de Monte Carlo está à feição de Rafael Nadal para o heptacampeonato. Seu favoritismo é grande para pelo menos chegar na final. Tomas Berdych pode incomodar um pouco – isto se chegar ao confronto prometido das quartas de final. Do outro lado, Federer precisa ter atenção caso enfrente Kohlschreiber. Passando, pode ir tranquilamente pelo menos à semi onde deve ter um confronto interessante contra David Ferrer.

No mais aposto que o número 1 e 3 do mundo farão mais uma final no Principado de Mônaco. E você ? Concorda ?

Curtinhas:

Marcos Daniel está de volta no challenger de Blumenau que começa nesta segunda-feira. Não espero uma boa campanha dele logo de cara. A lesão no joelho foi séria e o tirou por 2 meses e meio das quadras.



MaisRecentes

Nadal de outro planeta. O Adeus da Rainha Maria Esther Bueno



Continue Lendo

Pode Zverev segurar Thiem ? Djokovic comendo pelas beiradas



Continue Lendo

Nadal com caminho mais aberto. Bellucci regrediu



Continue Lendo