Pressionado, Bellucci opta por temporada completa no saibro. Djokovic atrás de marcas



Thomaz Bellucci parece ter aprendido com o erro da gira latino-americana. Não se inscreveu no ATP de Buenos Aires acreditando que iria bem em Santiago e na Costa do Sauípe (mas não foi o que ocorreu) e por pouco não saiu com uma campanha pífia onde tinha mais chances de somar.

Agora, nosso número 1, que cairá algumas posições na tabela, chega com certa pressão para o saibro europeu, mas acerta ao se inscrever em todos os torneios: Monte Carlo, Barcelona, Estoril, Madri, Roma e Roland Garros. Tudo para tentar ao menos repetir os 405 pontos que defende nesta sequência pelas oitavas em Paris e Roma, quartas em Barcelona e segunda rodada na capital espanhola.

Se não vencer nenhum jogo, Thomaz provavelmente sairá do top 60 e se ganhar pouco, ficará de fora do top 50. Ele ainda tem um álibi. Se for muito bem em Monte Carlo e Barcelona, pode ter a opção de descanso desistindo de Estoril. Simples assim.

Outro fator a favor. Este ano não tem Copa Davis em maio, uma benção da ITF. Tanto ele como outros brasileiro não vão perder as uma ou duas semanas das principais competições europeias no piso que eles mais gostam.

Marca de Djokovic – Novak Djokovic pode somar hoje sua 20ª vitória seguida em 2011 e se aproximar de Ivan Lendl que fez 25 em 1985. O tenista com maior número de vitórias seguidas foi Guillermo Vilas com 46 em 1977. Djokovic tenta ser o quarto na história a vencer a trinca de torneios, Australian Open-Indian Wells-Miami. Pete Sampras o conseguiu em 1994, Andre Agassi em 2001 e Roger Federer em 2006.

Curtinhas:

Nadal e Nishikori foi um ótimo jogo de tênis. Gostei da postura do japonês e Rafa se safou bem dos momentos de dificuldade. Boa atuação do espanhol. Federer foi bem tranquilo, Stepanek não assusta mais, entra em quadra derrotado.

E o show de zebras ? Quatro top 10 eliminados na estreia: Andy Murray, Andy Roddick, Jurgen Melzer e Fernando Verdasco. Fora as quedas de Stanislas Wawrinka e Milos Raonic.

Parece que a CBT está perdendo a queda de braço com a Suécia por Christian Lindell. O jovem carioca de 19 anos acaba de ser convocado para jogar a Copa do Mundo em Dusseldorf ao lado de Robin Soderling. A competição fecha o calendário de saibro pré-Roland Garros.

Para este blog e o Tênis News, a Confederação Brasileira havia confirmado que este ano Christian jogaria pelo Brasil através de um projeto de treinamento com patrocínio que estaria por vir. Até agora nada…



MaisRecentes

Djokovic, o mais completo de todos ?



Continue Lendo

51 vezes Nadal. Uma boa ideia



Continue Lendo

Djokovic está de volta!



Continue Lendo