Djokovic, o merecido Nº 2, tem novo tabu a quebrar contra Nadal



Já estava na cara que Novak Djokovic era o número dois do mundo moralmente. Neste sábado ele ratificou a retomada da posição derrotando Roger Federer pela terceira vez seguida. E com muitos méritos.

O sérvio está jogando um tênis divino. Consistente da linha de base, com ótima parte física que lhe faz defender de forma extraordinária, agressivo e firme no saque.

Uma pena que Federer tenha variado tão pouco e caído na armadilha de ficar trocando bolas do fundo com o sérvio. Quis ganhar na pancada, sem variação e deu no que deu. Mas Federer cometeu erros capitais no 3º set dignos de quem sentiu a pressão. Devolveu a quebra com um Djokovic patinando com dupla-falta, abriu 40/15 para liderar e errou várias seguidas. Basicamente entregou o ouro.

Federer está ganhando outro nome para atormentar suas noites de sono mais até do que suas filhas e Rafael Nadal. Pelo menos neste começo do ano até o pó mágico de Nole terminar.

E o jogo do Nadal ? Impressionante o poder de reação do espanhol. Passou da água pro vinho em poucos games. Começou com nove erros em três games, tentando ser agressivo, mas sem controlar a ansiedade. Bastou jogar bolas mais altas, variar com slice, amenizar o ritmo para sentir mais a bola e começar a ganhar confiança.

Del Potro teve uma boa atuação, mas não conseguiu atacar com tanta consistência por muito tempo. O lado físico pesou no segundo e as patinadas apareceram na primeira etapa. Dois fatores que ressaltei no último post que poderiam acontecer.

E agora a final amigos, neste domingo às 17h, QUEM LEVA ?

Se for por nível de jogo, Djokovic está numa fase melhor do que a do Nadal. Mas o espanhol ganhou muita confiança com este triunfo – havia perdido as três últimas de Delpo – e nunca, eu disse NUNCA, perdeu uma final para Nole em cinco disputas.

Mesmo que esteja melhor no jogo, esse tipo de tabu influencia a cabeça de um jogador. E não pense que o tenista esquece disso durante a partida. Ele lembra sim. E se o adversário também estiver bem na partida, fica ainda mais latente nos momentos importantes.

Mas os tabus são criados e alimentados – muito por nós da imprensa – para serem quebrados e, mesmo que demore, cairá.

Veremos neste domingo.

Sobre os aspectos táticos e técnicos do jogo. Nadal é muito mais paciente que o Federer e se não cometer diversas bobagens que cometeu no início contra Del Potro e estiver com um tênis agressivo e sacando bem, tem tudo para acabar com a série de Djokovic.  Se o sérvio manter o alto nível, conseguir agredir, achar a esquerda de Nadal na posição defensiva para abrir a quadra pro winner e der algumas curtas para quebrar o ritmo,  pode ganhar até sem se assustar muito.

Curtinhas:

Federer tem um tabu contra Djokovic. Mesmo com 13 vitórias em 22 jogos, nunca conseguiu virar um placar diante do rival, sempre venceu seus jogos ganhando o 1º set.

Del Potro será o número 51 do mundo. Em janeiro era o 485. Milos Raonic subirá e será cabeça de chave em Miami, evitando algum top até a terceira fase.

No Banana Bowl permanece a escrita de 30 anos sem títulos nos 18 anos após a queda de João Sorgi nas semis. Uma pena. O jovem fez jogos duros na semana e teve que encarar uma encardida rodada dupla no dia anterior enquanto o oponente chegou mais descansado.

Nossa geração está com ótimos resultados e na Copa Gerdau, em Porto Alegre, maior torneio do país semelhante aos Grand Slams em pontuação, temos boas chances.

Por falar no juvenil. Caroline Meligeni foi campeã nos 16 anos. Ela é sobrinha de Fernando Meligeni. Fininho ganhou o Banana em 1989 quando ainda jogava pela Argentina.



  • Suellen Clemente

    Difícil comentar sobre essa final, pois sou super fã deles, mas desta vez minha maior torcida vai para o Nole, pela ótima fase que em que ele se encontra merece ganhar esse título…Hoje ele demonstrou que sua confiança está lá em cima e o Nadal também.Então essa final tem tudo para ser muito emocionante!

  • Pablo

    Na minha opinião, Rafael Nadal é o maior exemplo de perseverança, determinação, força e humildade. Numa de suas últimas declarações à imprensa ele reconheceu que ” Del Potro é um dos melhores do mundo”. Eis a razão dele ser o número 1. Parabéns Rafa pelo caráter e simplicidade, vc é um exemplo para todos os atletas do mundo!!Estou torcendo prá você levar o tri do Indian Wells amanhã,,,,Vamos Rafa!!!

  • Ricardo S.

    Acho que o Nole leva o titulo amanha, se jogar da forma como vem fazendo, nao tem Touro que resista.
    Caso o nole perca, a segunda posicao do ranking ainda pode ser disputada em Miami, ja que a diferença entre ele e federer sera muito pouca, algo que me agrada muito, garantia de mais batalhas maravilhosas. TALVEZ eu torca pro rafa amanha haha

  • Branca

    Olá Fabrizio,
    Já errei no confronto entre Federer X Djokovic, achei que o Federer venceria. Mas agora, estou apostando no Rafa. Apesar do Nole está perigoso, Nadal em finais é difícil de ser batido.
    Que vença o melhor.
    Abraços.

    • Fabrizio Gallas

      Eheheeh. A partir de amanhã à tarde participa do Grupo Tenis News no DRAW Challenge da ATP você pode ganhar um Tubo de Bolas por lá na Temporada se for boa de palpites

    • Fernandes

      Diga que o Nole vai chegar e perder todas as finais este ano agora =D

  • Realmente Djokovic merece o posto de número 2. Lamentavelmente Federer entregou o jogo no terceiro set(acho que quinto game). Na final de hoje, vou torcer pro Nadal. Acho que o espanhol leva o título.

  • rui

    eu so gostava de saber porque esse senhor fabrizio nadalista gallas nao aceitou o meu comentario…? nao ofendi ninguem..ou foi so por ter comentado k o jogo do nadal defensivo,baloeiro era irritante….tristeza de site e de analista …um personagem k escreve deveria ser isento no que toca a favoritismo,mas esse senhor e nadalista de gema…shame on you

    • Fabrizio Gallas

      Rui,

      Você usou palavras ofensivas no outro comentário. Logo, devidamente, ele não foi aceito. Não aceitamos esses tipos de comentário no blog seja contra outros membros ou contra tenistas, é preciso respeito. Quer criticar pode criticar, mas com respeito ok ?

      Abraços

  • Leticia Scheidt

    Eu adoroo esses dois tenistas, mas para mim nada supera o Nadal, não só na questão de jogador mas como pessoa, essa final vaai ser MUITO dificil mas toda minha torcida esta para o TOURO MIURA . VAMOS RAFA 🙂

  • rui

    SR. FABRIZIO EU NAO TRATEI MAL NENHUM TENISTA,NEM NENHUM USUARIO…MAS O SR. TEM O DIREITO DE ACEITAR O QUE QUISER …
    RESPEITO…

    • Fabrizio Gallas

      Usou palavras de baixo calão que não serão toleradas aqui. Abraços

  • Fernandes

    Branca disse:
    20 de março de 2011 às 11:20

    Olá Fabrizio,
    Já errei no confronto entre Federer X Djokovic, achei que o Federer venceria. Mas agora, estou apostando no Rafa. Apesar do Nole está perigoso, Nadal em finais é difícil de ser batido.
    Que vença o melhor.
    Abraços.
    _________________________________________________________________

    Continue assim! hehehehe AJDE NOLEEEEEEEEEEEEEEE

MaisRecentes

Federer pode sonhar com o Nº 1



Continue Lendo

Murray segue perdendo chances



Continue Lendo

A insana chave de Indian Wells



Continue Lendo