Bellucci tem totais condições de vencer Berdych



Thomaz Bellucci fez uma ótima estreia e tem totais condições de aprontar uma surpresa contra Tomas Berdych, 7º do mundo. A fase do tcheco não é a mesma de quando foi vice de Wimbledon em 2010 e ele perdeu recentemente de Andrey Golubev (39º) em casa na Copa Davis. O brasileiro já o venceu no saibro em 2008 e o levou ao tie-break do 3º set em piso semelhante ao da Califórnia. Sacar bem, comandar o ponto com bolas altas e fundas – sem erros – será a chave. Berdych não gosta de bater em movimento. Se deixá-lo parado, confortável no fundo, é derrota na certa.

Curtinhas:

Bellucci ganhou um Tie-Break! É uma boa notícia. Mas sua atuação no desempate não foi das melhores. Becker contribuiu muito com dupla-falta e alguns erros. Seu recorde no ano é 3-4. O problema é disputar o desempate contra os grandes tenistas.

Expectativa é o que não falta para o Brasil acabar com o tabu de 20 anos no mais tradicional torneio juvenil, o Banana Bowl, nesta semana em Itajaí (SC). Faturamos quatro títulos no ano com João Sorgi, Bruno Sant´anna e Thiago Monteiro e temos sete tenistas no top 100. A fase é boa.

Thiago Monteiro, que completa 17 anos em maio, já se coloca entre os 35 melhores, João Sorgi é o 13º e Sant ´anna o 16º. Karue Sell o 39º.



  • Victor

    Fabrizio,
    Concordo plenamente com a análise. Principalmente quanto à instabilidade do Bellucci em algumas falhas bobas. Segue errando algumas devoluções de segundo serviço imperdoáveis contra tenistas tops…Todavia também acredito que pode vencer o Berdych.

    No mais, só uma correção: o jogo é amanhã.

    Abs

  • luques

    Só ganha se o Berdych estiver com dor de barriga, voleando e smashando como ontem ele não tem chance nenhuma, não sei porque ele insiste em ir para a rede, tem q ter humildade e ficar lá do fundo devolvendo, se ir pra rede já era, em dois sets ele não faz mais que 6 games no Berdych. Tomara q eu erre na minha previsão, mas o q vi ontem já era.

  • Fabrizio calma com o Thomaz, sabe qual é a diferença d Bellucci pra 1 top 10? a velocidade de defesa de bater na bola, pode olhar, no you tube mesmo, 1 jogo dos tops 10: varias passadas, exelentes voleios, contra ataques, slices de QUALIDADE trocas longas e etc eo do Bellucci?tem isso Fabrizio?

  • Carlos

    Sinceramente, acho que agora vai. Bellucci vai vencer em sets apertados e ganhar confiança para o duelo seguinte contra Wawrinka ou Cilic(acho que dá o primeiro). Fabrízio, mudando drasticamente o assunto, o que você pensa sobre o challenger de Recife oferecer um convite pro BR Open 2012? Eu acho horrível, vai por pressão sobre os brasileiros, que são horríveis sobre pressão, e acho que o convite vai acabar nas mãos de um Machi González, Gio Lapentti, ou qualquer jogador de challenger sulamericano. Ano passado fizeram isso e o Meffert venceu em Curitiba(não porque, mas ainda bem não ganhou o convite) e iam fazer isso em Campinas, mas não existiu esse challenger. Aposto que vai se gastar um convite com um cara perto dos 30 anos e não-brasileiro.

  • Paulo Filho

    O Berdych não vem muito bem das pernas como foi muito bem apontado, porém eu não acredito que essa má fase dure muito. Se ele ganhar do Bellucci vai adquirir confiança para ir mais longe na Califórnia, por isso o Bellucci tem que entrar focado e não deve se deixar levar pela pressão de ter um top 10 do outro lado da rede. O Berdych é marreteiro e não varia muito o jogo, então é bem isso mesmo: fazer o cara correr e tomar cuidado com a rede, porque por mais que o Berdych não seja um exímio voleador, ele é bem alto e pega todas as bolas. Eu gostaria muito que o Bellucci vencesse, pois seria muito bom para ele e para o Brasil, mas eu particularmente acho que vai dar Berdych em 3 sets, e o Bellucci vai perder o último set porque vai perder a cabeça, como sempre faz.

  • Olavo

    Fabrízio, vejo uma grande injustiça em seu blog. Quando nadal voltou da lesão e fez várias semis de masters 1000 e teve vários resultados expressivos, vc pegava no pé e ficava dizendo que estava se acabando, que n ganhava de um top e blá blá. Mas pq vc n faz o mesmo com outros jogadores? Quando o davydenko voltou de uma lesão ano passado, quantas semis de masters 1000 ele fez? E del potro? E no piso preferido deles ainda por cima. Já nadal volta de lesão, faz um monte de semis, só perdeu no final de 2009 pra quem tava jogando bem no final de ano, ganhou de vários jogadores bons e sempre consistente, e vc naquele mantra insano “n ganha há 1000 anos de top 8 e blá blá”

    • Fabrizio Gallas

      Não é injustiça , é uma constatação. Ele ficou meses sem ganhar de um top 8 e voltou a ganhar títulos muitos meses depois. Não podemos comparar o nível do Nadal com o do Davydenko em termos de títulos. Usamos comparações e fazemos constatações baseadas no que cada um ganhou na carreira. Davydenko ganhou muito pouco e o Del Potro ganhou muito pouco comparado ao Nadal.

  • Cezar

    Que Papelão Bellucci… Sem comentários…

  • luques

    É Fabrizio errei por pouco, o tomas só fez 5 games, ele não aguenta a intensidade do jogo dos top ten, terá q se contentar em ganhar dos top 60, é muito difícil ele melhorar o ranking dele com esse jogo, via depender dos outros jogadores cairem para ele subir, porque no jogo ele não aguenta.

    • Fabrizio Gallas

      Ele aguenta sim, mas não por tanto tempo. Mas ontem jogou muito mal. Falta consistência. Bellucci já ganhou e deu canseira no Berdych até mesmo no piso rápido. Ontem foi bem mal ele.

  • Felipe

    Por que continuar insistindo no Belucci? Ele tem que melhorar muito se quiser chegar a algum lugar…

  • Matheus Fattori

    Muitos de nós ficamos chateados a cada derrota “estranha” do Bellucci, começamos a achar que o nível máximo dele é esse mesmo, que não podemos esperar nada melhor. Talvez seja verdade, mas não acho que ainda seja hora de desanimar.

    Resolvi comparar a evolução do ranking dele com o de ROBIN SODERLING, que frequentava a mesma zona do ranking que Bellucci frequenta agora até vencer Rafael Nadal em Roland Garros e dar o “booom” em sua carreira. Vamos aos números:

    – Nascimento: RS 14/08/84, TB 30/12/87
    – Entrada no ranking: RS 17 anos e 2 meses, TB 16a e 8m
    – TOP 200: RS 18a 1m, TB 19a 11m
    – TOP 100: RS 19a, TB 21a 4m
    – TOP 50: RS 19a 7m, TB 21a 10m
    – TOP 40: RS 19a 10m, TB 21a 10m
    – TOP 30: RS 22a 2m, TB 22a 2m
    – TOP 20: RS 24a 2m, TB ainda não
    – TOP 10: RS 25a 2m
    – TOP 5: RS 25a 11m.

    É possível constatar que Bellucci demorou muito mais (talvez pelas contusões, sei lá) para alavancar sua carreira e chegar ao TOP 100, TOP 50 e TOP 40. Mas quando chegou, rapidamente atingiu o TOP 30 (demorou 4 meses), enquanto Soderling levou 2 anos a mais para isso, fazendo com que ambos tenham atingido essa marca com a mesma idade, 22 anos e 2 meses, aproximadamente.

    Bellucci tem muito tempo para conseguir a mesma evolução que Soderling conseguiu, o que, convenhamos, seria ótimo, muito mais do que todos esperam do tenista brasileiro. É possível, e até provável, que Bellucci nunca atinja o sucesso que Soderling vem tendo, mas em relação a idade isso ainda pode acontecer, tranquilamente. Se repetir tudo no mesmo ritmo que o sueco, Bellucci só precisará atingir o TOP 20 em Março de 2012, o TOP 10 em Março de 2013 e o TOP 5 em Dezembro de 2013, ou seja, ainda tem MUITO tempo pra isso. Vale lembrar que Soderling também sofria derrotas “estranhas”, como o 6/1, 6/0 para Nadal em Roma, pouco antes de sua vitória em RG.

    Vai Bellucci!

MaisRecentes

Qual o limite de Roger Federer ?



Continue Lendo

Cilic e a missão (quase) impossível contra Federer



Continue Lendo

O verdadeiro Dia Mundial do Tênis



Continue Lendo