Brasil tem enormes chances de jogar em casa se avançar no Playoff da Copa Davis



Antes precisamos derrotar o Uruguai que, se tiver um Pablo Cuevas inspirado, será tarefa muito dura. Mas, caso confirmemos o favoritismo em Montevidéu em julho, voltaremos a disputar os Playoffs do Grupo Mundial em setembro e , ao que tudo indica, as chances de jogarmos em casa são bem grandes.

O sorteio dos Playoffs é feito não com todos os derrotados da 1ª Rodada do Grupo Mundial contra os classificados dos zonais e sim pela definição dos oio cabeças de chave baseados no ranking feito após os confrontos de julho.

Pelo novo ranking da Copa Davis que saiu nesta semana podemos definir com 90% de certeza os oito cabeças de chave que estão disponíveis pro sorteio dos Playoffs que será feito após os duelos de julho que seriam República Tcheca, Rússia, Israel, Croácia, Índia, Chile, Áustria e Romênia com uma chance de Suíça ou Equador entrarem como favoritos no lugar da Romênia.

O Brasil só jogaria fora de casa contra os romenos, iria para sorteio diante de Israel e Rússia, pelo qual nunca jogamos, e estaríamos em casa contra os tchecos, croatas, indianos, chilenos, austríacos e suíços. Diante dos equatorianos seria fora.

No meu entender o melhor cenário pro nosso país é jogar contra Israel em casa e em seguida os indianos também no Brasil e não seria de todo mal enfrentar a Romênia fora e seria ótimo pegar o Equador fora. O pior seria a Rússia fora e até mesmo croatas, tchecos e suíços aqui.

O Brasil não joga o Grupo Mundial desde 2003 quando perdemos da Suécia por 3 a 2 e fomos rebaixados diante do Canadá. De lá pra cá foram tentativas frustradas de retorno desde 2006. Perdemos da Suécia em casa, em seguida Áustria (fora), Croácia (fora), Equador (casa) e Índia (fora). As duas últimas foram as mais doloridas.



MaisRecentes

Djokovic, o mais completo de todos ?



Continue Lendo

51 vezes Nadal. Uma boa ideia



Continue Lendo

Djokovic está de volta!



Continue Lendo