Boicote na Colômbia pode beneficiar Brasil na Davis



Não é só no Brasil que ocorre problemas da Confederação com jogadores em termos de patrocínio. Em 2009 Marcos Daniel não pôde jogar a Copa Davis pois não havia assinado contrato com a CBT/Correios no 1º semestre.

Agora o problema está na Colômbia como retrata reportagemda agência EFE. A Federação local tem dez dias para convencer Santiago Giraldo e Alejandro Falla, os dois melhores do país, para evitar o boicote e enfrentar o Uruguai na primeira rodada do Zonal Americano.

Os dois não jogariam o confronto por imposição do patrocinador de ambos, a Colsanitas, firma que indicou Alejandro Pedraza para ser o novo capitão do time colombiano, mas não foi atendida. A Federação local escolheu Miguel Tobón para o cargo.
“Os jogadores não são da Colsanitas, são do tênis colombiano e não creio que eles tenham a obrigação de representar o país, colocar a camiseta da nação, isso é o que pensa o Comitê Olímpico Colombiano e o povo colombiano”, disse o presidente da federação local, Gabriel Sanchez que segue “insistindo com a Colsanitas até o último minuto” para que não barre seus tenistas de representarem o país.

Giraldo e Falla foram convocados pelo capitão, mas caso mantenham o boicote, a Colômbia irá enfrentar o Uruguai com um time juvenil.

Se isto ocorrer, a vitória do time uruguaio será barbada. Deste confronto sai o adversário do Brasil na final do Zonal Americano que este ano será em julho. O duelo contra o Uruguai seria fora de casa, mas mesmo assim é muito mais acessível para nossa equipe do que a Colômbia que vem com um Falla forte e um Giraldo em franca ascenção (ganhou fácil de Bellucci em Auckland). Cuevas é um tenista de qualidade, mas na minha visão os nossos top 4 ganham dele (Bellucci, Mello, Daniel e Feijão).



  • Marcelo

    Mello, Daniel e Feijao ganham do Cuevas onde? No piso aquático? Brincadeira esse seu comentário, apesar de Cuevas nao está no seu melhor momento, entra como favorito contra qualquer um do Brasil, fora o Bellucci.

    • Fabrizio Gallas

      Olha o confronto direto do Mello-Cuevas e Feijão-Cuevas no site da ATP 🙂

    • paloma

      olha la no site da atp…feijao, joao souza contra pablo cuevas…
      por sinal eles jogaram faz 3 semanas em santiago do chile e o feijao socou ele 6475…

  • Marcio

    A Colombia tem outros grandes jogadores que podem representar o país na Davis, como o Juan Sebastian Cabal e o Robert Farah, há também o menino Juan Sebastian Gomez que foi nº 1 no juvenil e tem mais tênis que os demais jogadores do Uruguay tirando, claro, o Cuevas. Ocorre que o senhor Cuevas não gosta muito de jogar a Davis, então não importa muito quem vai ou quem não vai, a Colombia leva.
    Confronto Brasil e Colombia acho que vai ser interessante. Temos duas duplas capazes de matar qualquer combinação colombiana, sem falar do restropecto positivo de Mello e Bellucci contra o Giraldo no saibro (embora o Bellucci tenha perdido na quadra rápida de Auckland). Além do mais, Feijão também venceu os dois ano passado em Bogota.
    Que venha a Colombia!

  • Paulo

    O Brasil não ganha em casa do Equador com tenistas semi aposentados nem fora da India que só tinha duplistas gordos, vai ganhar do Uruguai em Montevidéu???

MaisRecentes

Federer o franco favorito em Londres. Pouco a se tirar do Next Gen Finals



Continue Lendo

Quanto Nadal está disposto a arriscar por Londres ?



Continue Lendo

Quem é o melhor do ano ? Federer ou Nadal ?



Continue Lendo