A Maldição de Marcos Daniel atacou de novo…



E o que eu escrevi no início do torneio aconteceu. Mais uma vez a Maldição de Marcos Daniel atacou Rafael Nadal. Coincidência ou não o número 1 do mundo não consegue vencer um torneio quando enfrenta o brasileiro. Nem mesmo no saibro, em Roland Garros 2009, onde é o habitat do espanhol, nem na grama, de Queen´s em 2010, onde faturou Wimbledon por duas vezes, e agora na Austrália 2011 onde sonhava com o ‘Rafa Slam’.

Tirando as brincadeiras, David Ferrer foi sublime e teve muitos méritos. Mas o número 1 perde totalmente sua essência quando o físico não está bom. Problemas na coxa esquerda o fizeram chegar mal nas bolas, cometer muitos erros e mostrar apatia desde a metade do segundo set.

Nadal, desolado, já está cansado de ouvir que deu desculpas sobre o físico. Veja o que ele falou na coletiva de imprensa: Em Doha eu não estava bem, hoje tive outro problema. Parece que eu sempre tenho problemas quando perco, e não quero passar essa imagem. Prefiro não falar sobre isso hoje, faz parte do esporte. Vou continuar trabalhando e pensar no próximo torneio”

Minha aposta é a final entre Federer x Murray novamente. Mais tarde volto a comentar. Preciso dormir um pouco, afinal praticamente emendei com os jogos de hoje. A caixinha de comentários está aberta!

Mudanças no Ranking – Com as semis definidas, o ranking fica 99% modelado para a semana que vem. Nadal não descarta nada e como Federer defende o título manterá a mesma distância. Só deixou de somar pontos. David Ferrer ultrapassa Tomas Berdych e é o sexto. Se for o campeão do torneio desbanca Andy Murray no quinto lugar. Jurgen Melzer entra pela primeira vez no top 10 e Stanislas Wawrinka volta ao top 15.



  • saidecow

    Então, nem cheguei a ver o jogo do Rafa, depois daquele jogo “montanha-russa” do Murray, fui dormir, mas que pena que o nº 1 nao passou adiante, estava torcendo por uma final Federer vs Nadal novamente em um Grand Slam. Minha aposta na final é a mesma, com vitória do Federer, mas seria interessante se o Djokovic fosse pra final, qm sabe se o Fedex não tiver do outro lado da quadra, o Escocês finalmente levanta o caneco. Que venham as semifinais.

  • Chico

    É impressionante como o Federer nunca pega o Nadal lesionado para diminuir a desvantagem nos confrontos diretos. Em 2009, ano em que o monstro perdeu de todo mundo, o Federer não jogou com ele nenhuma vez (só em Madrid, e ainda foi no Saibro). Por outro lado, em 2008, quando o Federer tava com mononucleose e lesionado das costas, o Nadal ganhou dele 3 vezes… Paciência.. Go Federer.
    Final – Federer vs Murray novamente.
    Campeão: Advinha!!!!

    • Chico… não consegui adivinhar quem vai ser o campeão, pois uma das opções dada está inválida! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • RAUL

    E o que o Tio Nadal vinha falando em tom de ironia, que o mesmo não era favorito, mesmo sendo o n1, e talvez nem chegasse à final, se concretizou.
    Talvez além de irônico, ele conheça realmente qual é o jogo de seu pupilo.

  • Luiz- DF Samambaia

    Amigo!!
    O Rafa é um grande jogador, mas ele precisa aprender com Federer, Tenis não e pancada, eo Rafa da muita pancada, ele precisa aprender a poupar o seu físico Vc sabe me dizer a ultima vez ou alguma vez q Federer abandonou por problema físico?

  • cristiane

    Não deu!
    Mas Nadal não abandonou em nenhum momento a quadra mesmo sentindo dores.
    Fica para os próximos jogos, mas atuação 10 de alguém que mesmo lutando contra as dores foi até o final por respeito ao adversário e ao público.
    Não é para quaquer um não!
    Outro teria jogado a toalha há muito tempo, mas Não Rafa.

    • saidecow

      Cris, respeito os seus elogios a Nadal, porém nao acredito que Rafa tenha ficado até o final por respeito, e sim, por achar que as várias paralizações q ele pediu para atendimento medico iriam surtir algum efeito negativo sobre David Ferrer. Todos sabem que o nº 1 faz isso com frequência.

      • Domênica

        É necessário que os “comentaristas” tenham mais respeito pelos atletas. No caso de Nadal, ficou evidente sua contusão na coxa esquerda; ele lutou, sim, porque detesta abandonar um jogo. Vocês não tem idéia do que é correr de um lado para o outro com uma contratura muscular. Assisti o jogo e vi o tamanho do seu sofrimento – ele é atleta e não ator – O comentarista e conhecedor profundo do tênis Paulo Cleto, estava perplexo com tamanha bravura. O que mais me chateia são essas pessoas falando que ele faz isso constantemente. Quem acompanha a carreira de Nadal, lê tudo sobre ele, inclusive suas declarações, fica cada vez mais fã desse rapaz que já provou a todos porque é o nº 1 e mostra que é um verdadeiro atleta dentro e fora das quadras (vide todas as declarações após o jogo em todos os sites especializados, inclusive o Tenis News). Ele preserva a amizade, a família e respeita todos os seus fãs, portanto respeitem Rafael Nadal. Para quem gosta de coincidências, aconteceu o mesmo no ano passado quando precisou sair do jogo por causa do grave problema nos joelhos e depois…não preciso nem contar o aconteceu, não é? que sua eliminação no Australia Open, nas mesmas quartas-de-final, seja um bom presságio.
        VAMOS RAFA!!!

  • cristiane

    Ah….espero e torcerei para Djokovic ganhar Federer.
    E gostaria de uma final Djokovic X Ferrer.
    Já que Nadal não está na final e não quero que Federer obtenha uma pontuação alta.
    Amanhã será um jogaço!
    Durma bem para os próximos que virão….

  • Bem. Acredito que de uma vez por todas esteja comprovado que o jogo do Nadal é só fisico mesmo. Não que ele não tenha qualidade, porém, o seu nível de jogo não é tão superior quanto algumas pessoas acham. Muito pelo contrário, se o atleta que enfrenta Nadal estiver com a mão boa ele não tem chance. Não venham querer desmerecer a vitória do Ferrer agora, que jogou um tenis de alto nível e, mesmo em condições normais, o Nadal não chegaria em muitas bolas e nas que chegaria poderia devolve-las tb sem dificuldades para o oponente (Ferrer). Continuando, vejo dificuldades para RF contra Djokovic. Aliás este jogo pode ser resolvido na questão mental e na viajada que cada um sempre dá em seus confrontos. Murray muito bem, porém, na minha modesta opinião o Ferrer tem apetite de sobra para complicar as coisas. Acredito que o título estará em boas mãos e por merecimento de qualquer um dos quatro.

  • luques

    Olá, não quero ser chato, mas qdo Nadal perde sempre é a mesma estória, at. médico, fisioterapeuta, aquela parada no jogo pra ver se muda alguma coisa, porém hj o Ferrer jogou como nunca, com a faca nos dentes, parabéns ao Ferrer.

  • Andréa

    Tem gente que adora o jogo “baloeiro”, corrido e feio do Nadal (eu não). Pois bem, esse é o preço que ele paga por sua forma de jogo: lesões, lesões e mais lesões. E pensar que depois de uma temporada como a do ano passado, seus fãs se iludiram achando que ele iria conseguir o “Rafa Slam”, quebrar mais recordes, etc, sem se lembrarem que o Nadal NÃO tem físico para se manter no topo! É uma temporada no topo, outra de declínio, e assim sucessivamente. Como já disse o Davydenko, um jogador que depende tanto de seu físico não terá uma vida longa no circuito!

    • Oliveira

      Depois de uns 4 ou 5 anos como número 2 e 2 anos como número 1 e 9 grand slams nas costas… Isso não é ter vida longa no circuito?

      Mas realmente, Nadal não sabe se poupar, se esforça as vezes desnecessariamente e paga o pato vez por outra… Tal como no ano passado, eliminado e lesionado… Ele parece não aprender mesmo…

      • Andréa

        Ter apenas 24 anos de idade e ter abandonado vários Grand Slams por causa de contusões não é motivo de preocupação?
        E quando eu disse topo me referi ao primeiro lugar do ranking. Roger Federer, por algumas temporadas seguidas, defendeu 3 títulos de Grand Slam e continuou no topo… Veremos se Rafael Nadal repetirá este feito. É esperar para ver.

        • Oliveira

          Vários Grand Slam???? Eu só me lembro de 3, Os dois últimos da Austrália e Wimbledon que ele na realidade não abandonou, ele nem jogou…

          E peço desculpas se estou sendo chato Andréia (rsrsrsrs) mas sua mensagem não falou em topo e sim em “vida longa no circuito”. Na realidade vida longa no circuito é atuar no circuito por muito tempo e além de atuar no circuito profissional por pelo menos 6 anos (dos 18 aos atuais 24), estes anos tem sido bem vitoriosos para Nadal, estando entre os números 1 e 5 da ATP, a maior parte do tempo sendo 2o ou 1o. No meu modesto entender, isto já é uma vida longa e vitoriosa no circuito… Mas esta é apenas a minha opinião, respeito a sua… Abraços querida!!!

          • Oliveira

            Ah, reli e vi que você mencionou realmente sobre o topo do ranking… Sorry… É pq salientei mais o fato de minha discordância sobre a parte da “vida longa no circuito”… Desculpas

        • Nanda

          Andréa sinto em lhe informar que o Nadal em toda a sua carreira abandonou uma única vez uma partida de Grand Slam,exatamente o Australian Open 2010.

  • Edmárcio Pinheiro dos Santos

    Uma pena… será que essa nova lesão o tirará da temporada de saibro e por fim Rollang Garros como em 2009??? Já que ele jogou, mas bem abaixo da média.

  • NASMONE

    Decepcionante ver que o Nadal não teve a menor condição de vencer o Ferrer. Quando ele perde pq não jogou bem fico mais conformada. O triste foi ver um Nadal louco para jogar com um físico pífio. Antes mesmo dessa derrota e lesão já apostava no Federer, minha aposta não mudou, afinal o Federer está jogando um tênis fantástico e imbatível (mesmo em suas “viagens”), vamos aguardar até domingo e ver se o AO ainda vai reservar mais alguma surpresa. Abraços a todos

  • Otávio Lima

    Eu coloco o Djokovic na final. Tá jogando muito e o piso da Austrália realmente favorece ele, afinal, ele jáganhou um título lá né.

  • Pena… muita pena do Nadal… estava torcendo muito para o tão esperado “Rafa Slam” e “do nada” surge esta contusão…
    Fiquei muito chateada… mas como o mesmo Rafa disse, são coisas do esporte.
    Agora é torcer para que ele se recupere bem… e esteja pronto para o próximo.
    Aposto em Nole x Murray, pra ter um final diferente… sem Federer e Nadal… rs
    Abraços…

  • André Machado

    Boaaaaaaaaa a maldição de Marcos Daniel!!!

    Eu rconheço que Nadal é sem dúvida um tenista fora dos padrões normais…Mas não gosto dele por ser as vezes arrogante nas entrevistas. Eu como atleta sempre que aconteceu em me machucar durante uma competição sempre me retirei pq poderia agravar ainda mais a lesão. Agora ele ficou jogando e não pensou nisso… Então, que fique uns 2 ou 3 meses cuidando dalesão e que Federer retorne para onde não deveria jamais ter saído! Abss

  • Berg

    Não entendi muito essa contusão do Nadal. Se prestarmos atenção o espanhol começou dominado pelo operario, (levou 5 x 2) Ferrer jogando demais. Do 5 x 2 pra cá, Nadal começou a correr feito um louco e jogar com tudo, ai foi buscar o placar. Mas o operario conseguiu vencer o set ainda. No segundo set, Nadal voltou a jogar forte e começou ganhando, ai o Ferrer virou e a contusão voltou. Não entendi nada! É só vê o tap da partida e voces veem o que estou falando. E em muitos momentos a ESPN mostrava a movimentação do espanho nos pontos, e não se via nada de anormal. Na minha opinião: Nadal estava num dia muito ruim (o que acontece com todo mundo), só que ELE dificilmente admite isso. Hoje fiquei decepcionado com o NADAL.

    • O que mostra que vc não sabe nada! Me poupe né? Nadal correr de Ferrer? É duro ler isso…

  • Jadir G. rodrigues

    Olá Fabrizio,
    Na verdade, o tenista Marcos Daniel envergonhou o tênis brasileiro com a sua postura no jogo com Rafael Nadal. Ele deveria ter deixado o espaço aberto para outro tenista que estivesse em condições de jogo, com certeza havia uma lista de “espera”. Ele foi, no mínimo, deselegante, demonstrando certa fragilidade em seu caráter. Totalmente desnecessário, pois ele tem uma história bonita no tênis mundial, não precisava manchar sua imagem com essa atitude mesquinha. Vergonha para os brasileiros, como eu que são fanáticos por esse esporte.
    No que se refere ao jogo entre Nadal e Ferrer, palmas para o número 1 do mundo, nesse caso, ele teve uma atitude elogiável, sobretudo em razão de não ter jogado a toalha, penso que fez isso em respeito às pessoas que estavam na Rod Lover para vê-lo. De qualquer forma, estamos falando de uma fase de quartas de final e não de uma primeira rodada de um Grand Slam (quando havia possibilidade de ser substituído por outro tenista), essa é a diferença em relação à atitude de Marcos Daniel.
    Meu palpite é que o Ferrer vencerá o Murray em cinco sets e decidirá o título com o Federer, desde que esse (Federer) não tenha “apagões” no jogo com o Djokovic.
    Você discorda? Como vc mesmo diz: participe emitindo sua opinião.
    A gente se fala.
    Cordialmente, Jadir G. Rodrigues

  • Jadir G. rodrigues

    À todos que consideram que o Djokovic já “esta” na final do Slam Australiano, exorto-os a refletir um pouco sobre a História construída por Roger Federer no circuito mundial de tênis, sejamos honestos: ele é DIFERENTE da maioria dos tenistas em atividade, ele não precisa provar mais NADA para quem quer que seja, a não ser ele mesmo.
    Vejamos quando alguém vai “bater” todos os recordes do suiço da Basiléia.
    Boa tarde.
    Cordialmente, Jadir.

  • Luís Braga

    É o de sempre, Nadal perde e vem a mesma ladainha: “estava cansado, estava sem condições, estava com lesão, estava com o corpo meio assim, meio cá, meio lá, estava estranho, estava, estava, estava, e por isso perdi”. Perdeu porque não existe ninguém, nem Sampras, nem Federer, que seja imbatível e o jogo do espanhol é calcado no preparo físico total, senão é muito difícil para ele. Todo tenista ( todos eles) precisam estar 100% para jogar e vencer, inclusive o Nadal, se o tenista não pode estar assim, não é problema de ninguém. Mas o único que reclama disso é o espanhol, vai o Djoko ( ou mesmo o Federer) dizer que perdeu pq estava cansado pra ver o que acontece ( “ele tinha de ter condições pra jogar”), já o Nadal acha guarda-chuva à beça pra se proteger ( “ele estava estafado, esgotado, devido à não sei o quê que aconteceu antes ou durante os torneios”). Enfim, o espanhol perdeu, assim como qquer tenista, pq não venceu o adversário, que estava em condições, jogou muito e mereceu a vitória. Vamos combinar, esse tipo de atitude precisa acabar, é um péssimo exemplo e quem é o número 1 do mundo não pode ter esse tipo de comportamento.

  • rui

    bye bye rafa slam….eu nao vi nenhum indicio k nadal estaria lesionado…ele sentiu durante o jogo k
    nao iria ter hipoteses e entao no 3 set ja nem corria as bolas para dar a ideia k estava lesionado…
    por essa e por mts outras k federer e de longe o melhor d todos os tempos,,,nunca o suiço abandonou num grand slam ou deu kalker tipo de desculpa para derrotas no GS…SR.OTAVIO,o diokovic e um grand jogador,costuma fazer bons resultados no AUSTRALIA OPEN,inclusive ja ganhou la um titulo,mas k dizer do federer? sera k o piso tambem nao o favorece? so para recordar os mais desatentos,ele ja ganhou 4 vezes la e espero k ganhe o 5…força fed…

  • Branca (RJ)

    Fabrizio tudo bem!
    Sou fã de tenis e bastante imparcial. Assisto quase todos os jogos não importa os horários.
    Gosto do Federer, Nadal, Murray a lista é enorme. Mas daí dizer que o jogo do Nadal é pancada, correria é nao prestar atenção na agressividade do jogo do Federer, da correria do Murray e muitos outros. Jogadores vencedores como Federer e Nadal, não inventam desculpas quando perdem. Eles são vencedores acostumados ao topo. Nadal por exemplo, não gosta de perder NEM PAR OU ÍMPAR, jogo então nem pensar.Federer então,já chorou pro mundo quando perdeu o US Open, vencedor é assim: “VENCER SEMPRE. PERDER NUNCA”.

  • Luciano

    Quem assistiu Federer x Wawrinka nas quartas de final do AO pode assistir a uma verdadeira partida de tênis. Jogadas espetaculares e com o mais refinado talento. Não consigo imaginar outro tenista fazer em quadra o que o Federer faz (isso o torna o melhor de todos os tempos). A cada ponto ele jogava de forma diferente, deixando o adversário louco. E olha que o Wawrinka estava jogando muito bem. Estava numa ótima campanha, varrendo seus oponentes da quadra.

    Nadal vem mudando seu jogo, encurtando os pontos. Sabe que seu físico já está pedindo arrego. Mas a essência dele não é essa. Ele é um contra-atacador. Ganhou muitos canecos na base da correria. Mas deveria se poupar mais para continuar competitivo por muitos anos. O circuito não seria o mesmo sem ele.

  • Jadir G. Rodrigues

    Então, para boa parte das pessoas parece incomodar (muito) a carreira vitoriosa de Roger Federer. Por isso, ficam a procura de alguém que possa se mostrar superior, às vezes, meu caro, o sucesso alheio incomoda bastante. Na verdade, perder ou ganhar faz parte do jogo, ninguém ganha sempre, é normal acontecer um ou outro revés.
    Se conseguir manter manter o seu preparo fisico (100%, sempre), Nadal pode, daqui a uns cinco ou seis anos, igualar ou até mesmo superar a maioria das marcas estabelecidas por Roger Federer. Mas, aí, entra o se…. e nós sabemos que o se representa uma possibilidade de algo que não foi realizado. Portanto, SE Nadal superar as marcas de Federer, conversaremos e o reconheceremos como o maior e melhor de todos os TEMPOS, por enquanto, o MELHOR (na concepção de pessoas como Sampras e Agassi, por exemplo, assim como na nossa humilde opinião) ainda é Roger Federer.
    Cordialmente, Jadir.

  • Berg

    Uma duvida Fabrizio: O Nadal foi ser atendido no vestiario por que ele precisaria tirar o calção para massagear o lugar? Ou foi outra coisa?

    • Fabrizio Gallas

      Exatamente isto e colocar proteção também

  • Allan

    Acho q é fanatismo demais achar q Nadal forçou a barra em pedir atendimento medico para esfriar o adversario ou querer mostrar que só perdeu por não estar 100%. Pra que ele iria fazer isso logo no 3º game contra um adversário q o venceu pela ultima vez se não me engano na Masters Cup de 2007? É o preço que ele esta pagando pelo seu estilo de jogo e não dosar a energia contra adversarios inferiores, como vimos nos jogos contra o Sweeting e Tomic.
    Agora, independente da lesão do Nadal, o Ferrer jogou como nunca, muito aplicado e agressivo contra o compatriota, e tenho la minhas duvidas se o Murray vai conseguir passar por ele na semifinal.
    A taça estará em boas mãos independente de quem dos 4 levar, mas torcerei para acontecer uma final Ferrer x Djokovic.

MaisRecentes

O melhor Rafael Nadal entra para a história do esporte



Continue Lendo

Djokovic ou Thiem podem parar Nadal ?



Continue Lendo

Um novo patamar para o Next Gen



Continue Lendo