Hisense, a quadra morta. Federer e a calmaria…



A quadra Hisense é a segunda maior do complexo de Melbourne Park que possui outras duas grandes em homenagens a tenistas locais, Rod Laver (a maior) e Margaret Court (a 3ª). A Hisense não é nenhum nome conhecido no esporte australiano e sim umaempresa de eletrodomésticos e eletroeletrônicos do país.

Explico. O torneio australiano vende os direitos do nome da quadra para uma empresa que tem o mesmo divulgado em foco durante toda competição à milhões ou bilhões de pessoas e também durante o decorrer do ano. A antiga patrocinadora eraa empresade telefonia, Vodafone.

Ontem, a Hisense começou o dica zicada, prenúncio de que algo poderia acontecer. Viktor Troicki abandonou no fim do primeiro set diante de Novak Djokovic e Robin Haase por pouco não fezo mesmo ao virar o tornozelo nos primeiros games contra Roddick. Este jogo teve ainda problemas com os jogadores numa bolada que Roddick tentou dar no rival (comum isto pro americano aliás). Ambos conversaram por muito tempo no apertode mão ao fim da partida.

Maria Sharapova e Julia Goerges já estam em quadra pro terceiro jogo do dia quando…uma parte da quadra ficou morta! Isto mesmo.Incrível. A juíza jogava uma bola no chão perto da rede e ela simplesmente grudava! Havia sido criada uma bolha na superfície que absorvia a bola no quique. Técnicos foram chamados para fazer dois furos para estourar a bolha. Uma cena que nunca havia visto, ah sim, naquela montagem de um saque do Roddick que a bola enterrou no saibro. Mas aí não conta.

Falando dos jogos… Federer passou pela tempestade e agora vem a calmaria. Deu duas cochiladas, mas nada que atrapalhasse seu destino contra Xavier Malisse. Enfrentará um Robredo em fase ruim – mesmo com a vaga nas oitavas na Austrália não teve aquela vitória convincente. Mardy Fish estava com problemas físicos. O espanhol pra variar ainda provocou dizendo que o suíço não é o mesmo de 4 anos. E você Robredo não é sombra do que jogou quando era top 5 ou até mesmo em 2009 quando ganhou no Sauípe. Depois terá outro freguês nas quartas, Roddick ou Wawrinka. Caminho traçado pra semifinal.

Sharapova como sempre com espírito lutador. Assisti somente os últimos games, mas pelo que vi ali e pelos números de winners (41 a 34 pra musa) acima dos erros podemosdizer que foi uma partida de ótimo nível.

Kuznetsova deixou a mística de amarelar contra Henin de lado (era 16 derrotas em 18 jogos antes deste encontro). Aliás, ela até deu umas amareladas ao ter duas vezes saque pro jogo e dois match-points no tie-break, mas a belga não estava em um bom dia.

Curtinhas:

Não dá pra esquecer a divertida coletiva de imprensa de Caroline Wozniacki. Ela abriu com um monólogo reportando que a imprensa sul-americana (argentinos e brasileiros ?) diziam que ela era uma chata nas entrevistas, mas que as perguntas dos jornalistas eram sempre as mesmas. A número 1 do mundo falou de tudo, se sua vida pessoal e até do aquecimento global. Aliás, ela tem uma solução mais drástica do que o presidente da Venezuela, Hugo Chavez. Banho em 2 minutos. Será que ela toma uma chuveirada nesse tempo ? Xi…

Leia os melhores momentos da coletiva da número 1

http://www.tenisnews.com.br/modules.php?name=News&file=article&sid=37555


MaisRecentes

Djokovic a caminho de recordes



Continue Lendo

Indomável, Djokovic agora postula ida ao Nº 1. Brasil tem por quem torcer



Continue Lendo

Del Potro pisa mais forte que Nadal no US Open. NextGen ainda não embala



Continue Lendo