Larri terá muito trabalho este ano…



Perder para o número 241 do mundo de 31 anos é uma decepção independente do oponente já ter ganho do Guga em 2004 e 2007 e de já ter sido top 100 há alguns anos. Jan Hernych não fazia nada há muito tempo e pelo nível de jogo que tem e o ranking que possui, Thomaz tinha que passar de fase.

Se esperava mais dessa gira na Oceânia. Em Auckland tinha uma chave bem fácil pra ir à semi e parou nas quartas e em Melbourne deveria ir até a 3ª Rodada e parou na 2ª. Bellucci se enrolou com jogos que não deveria e acabou sendo prejudicado um pouco na parte física, que conta muito. Em Auckland sacou pro jogo contra Russel no 2º set e por pouco não foi eliminado jogando 2h30. Em Melbourne tinha 2 sets a 0 contra Mello e foi obrigado a jogar quase quatro horas. Isto pesa na rodada seguinte mesmo com um dia de descanso. Vide o caso de Nalbandian. Jogou 4h47 contra Hewitt e abandonou com 6/1 6/0 2/0.

O lado positivo é que Thomaz está mais aguerrido, buscando mais os jogos, não desistindo. Mas Larri Passos terá que trabalhar e muito neste ano.

Muleque abusado – Rafael Nadal continua praticamente fazendo turismo na Austrália. Depois de ganhar de Daniel tirou o dia de folga pra ir à praia e na segunda rodada teve praticamente um treino contra Ryan Sweeting. O rival jogava muito atrás no fundo, sem colocar pressão, o que era um apetite pro espanhol vir babando.

A próxima rodada de Rafa será interessante. Estou curioso pra saber como vai se comportar esse garoto, Bernard Tomic, de 18 anos, que deu 3 sets a 0 em Feliciano Lopez.

Ele vem causando muita confusão no tênis australiano nos últimos anos. Abandona a quadra em torneios menores pois discorda da marcação de juízes, briga com Lleyton Hewitt, desiste de torneio pré-quali alegando uma lesão questionada.

Suas palavras sobre o duelo contra Nadal: ” Ele não perde em Grand Slams desde a Austrália no ano passado e todo mundo entra contra ele sem nada a perder. Mas você não vai ganhar o jogo se achar que é assim, eu vou entrar em quadra pra jogar pra ganhar. Eu acredito que posso ganhar, terei minha chance”.

O ex-número 1 do mundo juvenil é abusado, mas tem personalidade. Fará muito bem ao tênis ter um novo bad-boy de sucesso pra apimentar o circuito. Vamos ver o que ele pode cutucar o Touro.

Falando em jovens promessas, três passaram à terceira rodada. Além de Tomic, o canadense Milos Raonic e o lituano Ricardas Berankis. Fiquemos de olho.

Curtinhas:

O dia não foi do Brasil na Austrália. Ferreiro/Sá e Melo/Soares perderam nas duplas.



  • @saidecow

    é preciso os torcedores brasileiro se conformarem ( não sei se é essa a palavra ), pois thomaz é sim um ótimo tenista, mas não é, e provavelmente nao será um top 20, ja está claro as suas limitações. Estamos vendo tenistas bem abaixo do ranking de Thomaz dando sufoco aos tenistas tops, vide Tiparevic contra Verdasco, e nosso conterrâneo sequer ganhou de um top 10 até hoje. Thomaz tem muito a contribuir com o tênis nacional, muito mais fora das quadras, e isso nao faz dele um fracasso, e sim, um exemplo para as mais jovens promessas que estão vindo aí ( Semenzatto, Sell, Laranja… etc ), e quem sabe um dia surja um novo Guga, mas não agora 😉

    • Fabrizio Gallas

      Se o Wawrinka e outros chegaram ao top 10, Bellucci também tem condições. Potencial ele tem, falta trabalhar alguns aspectos pra poder ganhar decaras melhores. E se ir bem numa chave fraca de um torneio grande pode dar um salto. Por que não ?

      • @saidecow

        chegar até pod chegar, jogando as chaves fracas de que vc fala, e como se manter?

        • Fabrizio Gallas

          Pois é. Defende pontos, aí cai do top 30, ai não defende dá sorte, ganha um ATP, vai pruma semi de um 500 ou 4ªs de um 1000 e sobe de novo. Fica nesta gangorra

      • João Vitor Almeida

        Porque ele não tá passando das chaves fracas, vide seu próprio post, Fabrizio.
        Eu, se fosse o Larri, mudava essa empunhadura de forehand do Thomaz (com o perdão do devaneio tenístico hehe). O Djokovic é um cara que tem uma empunhadura bastante virada e consegue ser muito consistente, mas é difícil. E a do Thomaz é mais virada ainda. O próprio Nadal, jogando com top spin grotesco, há muito joga com uma empunhadura bem mais “sóbria”.

        Concordam? Discordam ? Tô viajando e empunhadura não define nada ? Pra mim tem influência direta.

        Um abraço

        João

        • Fabrizio Gallas

          Pra mudar uma empunhadura de um cara de 23 anos nos tops levará meses pra poder sair alguns resultados positivos. Adaptação difícil. Resta saber se o Bellucci vai aceitar. Não acho que seja o momento de fazer isso e sim mantê-la tentando agregar mais regularidade e inteligência ao jogo dele

      • Carlos

        Fabrizio, eu particularmente acho o Wawrinka muito mais jogar(completo) que o Bellucci . É só ver o Wawrinka em ação contra um top 10 o jogo é igual.Conforme dei minha opinião quanto aos brasileiros no ano, fica difícil de ver o Bellucci no top 15.Para o Bellucci falta atitude,voleio e movimentação.

    • Juca dos Reis

      O tenis brasileiro fez um grande papelão na australia: essa é a verdade que ninguem reconhece. Só tivemos tenista na 2ª fase pq mello e bellucci se enfrentaram… o tenis brasileiro é horrivel, lastimavel, pessimo: é só ver que perdemos na davis para o equador em casa para medir o nivel de “ruindade” da galera que tá aí… Ano passado, foi a vez da temida India com jogadores de simples com ranking abaixo dos 500…

      Marcos Daniel não fez sequer um gamezinho na nadal (caiu fora para não tomar um triciclo; constrangeu o nadal tb); bellucci perdeu para o numero 250 do mundo; as duplas não ganharam nada; foi tão bizarro que devo admitir (veja que decadência) que o Mello foi o mais inspirado, mesmo tendo perdido, ele foi raçudo e equilibrou o jogo dele, quase ganhando. Isso serve para os outros: se for perder, pelo menos perca lutando, arriscando, não faça o que o Marquito fez.

      O Marquito (que havia perdido em Chennai para o poderosíssimo Ivan Dodig (?) por 6/2; 6/2) disse que abandonou por contusão… vcs acreditam nisso mesmo? O cara atravessa o mundo sem condições para fazer um papelão daqueles (como ele mesmo admitiu em uma reportagem aqui no site). Peço ao moderador que evite falar de tênis brasileiro, porque isso, se existir, não tem futuro… vamos discutir federer, nadal, djokovic sharapova, serena, venus…

      O tenis brasileiro é tão ruim, que basta ver tb quem veem jogar simples na Costa do Sauipe… só jogadores de nivel intermediario para baixo. Me perdoeem a franqueza, mas acho o Brasil Open um dos ATPs 250 mais fracos que existe… É tão fraco que eles tiveram que chamar os irmãos Bryan para dar uma levantada no nivel, que estava pessimo.

    • jack

      POIS É… VIDA DE TOMAZ É DE NÍVEL MEDIANO, TOP 30 PRA ELE TÁ BAUM D +… ACHO QUE FICARIA CONTENTE COM RAFAEL CAMILO, QUE JA VEM DE UM VICE EM SÃO PAULO E JA TEM 2 SEMIS EM FUTURES EM SEGUIDA E PODE IR PRA FINAL HOJE, SE PERDER UNS 8 KILOS VAI FIGURAR ENTRE O TOP 20 COM CERTEZA

      • jack

        ps: O SAKE DO CAMARADA É UNS DOS 10 MELHORES DA ATUALIDADE TANTO NA POTENCIA QUANTO AO APROVEITAMENTO NO 1 SERVIÇO

  • Caramba quem é esse Milos raonic? desconheço totamente, puts zebraça. O Tomic tá lá pros 200 do mundo, ganha em sets diretos em um slam de dois jogadores top 50; me parece bem estranho o ranking dele, mas o cara é bom tenista e ainda é bem jovem, vo torcer pra ele contra o Nadal, se o garcia lopez pode, o Tomic pode. Olhando O currículo desse garoto considerando que ele tem apenas dezoito anos me lembra grandes campeões em início de carreira, olho nele.

    • Fabrizio Gallas

      Confesso que ainda não vi o Raonic jogar.

      • Carlos

        Eu vi o Raonic uma vez, quando ele tinha 18 anos, furou o quali em Montreal, ganhando do Gabashvili e Llodra(no quali) e dando um calorão no Fernando González na primeira rodada, perdendo somente no terceiro set. Na época ele era seiscentos e poucos do ranking e eu gostei do jogo dele, venho acompanhando a evolução dele, sem ver jogos, apenas baseado no ranking e nos seus resultados em challengers e futures. Ele tem 1,96m, portanto, baseia seu jogo no saque e é treinado pelo Frederic Niemeyer, que rodava o circuito dos challengers antes de se aposentar.

        • Fabrizio Gallas

          Boa Carlos. Niemeyer erao Kamikaze do tênis. Winner ou erro.

  • top-20 seria talvez o ápice do brasileiro, se o Larri conseguir extrair tudo de melhor nele, dai a ser um top-20 regular são outros 500, tem que melhorar o fisico, mental, rede, movimentação, resposta, variação, muita coisa, apenas sacar bem e dar winners de esquerda vai mante-lo entre os 30, 50 melhores apenas, são fundamentos que são possiveis de serem melhorados, só o tempo irá dizer se o Larri conseguiu implementar e ainda mais importante, o Bellucci conseguiu executar os mesmos de melhor forma.

    • Fabrizio Gallas

      Bem analisado. E restasaber se o Bellucci aguentará o trabalho com o Larri. Tomara que aguente. Pois o brasileiro já teve 4 técnicos nos últimos 5 anos.

  • Berg

    Não sei se será um teste pro Nadal. Confesso que nunca vi o Tomic jogando. Mas pelo menos o espanhol vai ter trabalho. Fabrizio voce falou em duas promessas que avançaram. E quanto ao Dolgopolov, o que vc acha dele? Ele me surpreendeu desde aquele jogo com o Nadal no saibro, ano passado, lembra? Nao seria absurdo ele chega as oitavas, ou ate mesmo batendo o Soderling lá. O que vc acha?

    • Fabrizio Gallas

      Dolpolov bom jogador, mas um pouco desengonçado nos golpes de fundo me pareceu. Mas não vejo ele jogar há alguns meses. Deve ter evoluído.

  • Wawrinka é muito melhor que o Bellucci. Sem dúvida. Wawrinkka tem jogo para está no top 10.
    Bellucci é uma incógnita.??????????

    • Fabrizio Gallas

      Acho que o Bellucci tem jogo pra ganhar do Wawrinka. O que pesa é a cabeça na hora H

      • Edmárcio Pinheiro dos Santos

        Até que se prove o contrário ou Bellucci evolua muito aos meus olhos… não.

  • Mani

    Estou interessado no Berankis (joga contra o Ferrer) e no Raonic (joga contra o Youzhny), parece que estão jogando bem. O Tomic também está, mas vai parar por aí, na terceira rodada, mesmo.

    Quanto ao Bellucci… sem comentários. Fabrizio, vc já disse o que havia a dizer sobre ele: contra o 241 do mundo, que não faz nada de expressivo faz tempo, o número 30 TEM que passar de fase. Mas se o Bellucci tivesse enfrentado o Istomin, o resultado teria sido o mesmo, então nem adianta se irritar muito com isso.

    E mais, o Wawrinka tem MUITO mais bola que o Bellucci. O cara é campeão olímpico nas duplas e já bateu no Federer e no Murray, entre outros top 10. Falta consistência a ele, como é o caso de um monte de jogadores super talentosos que estão sempre ameaçando os tops, mas não chegam ao top 10, ou não ficam lá por muito tempo. Me refiro a jogadores como o Gasquet, o Kohlschreiber, o Gulbis e até um Tipsarevic.

    O Bellucci é mais como um Verdasco (nas devidas proporções). O Verdasco é um top 10 que mais leva chicotada dos outros tops do que qualquer outro. Mas ele chega constantemente às oitavas de Grand Slams, faz quartas de torneios Masters (é nessas fazes que vem um top) e com isso garante o seu ranking. O Verdasco e o Bellucci estão com ranking semelhante a um monte de jogadores que têm mais bola do que eles.

  • wagnaomga

    passei a noite inteira acompanhando o placar no tenis new ( alias q quase me matava quando demorava p atualizar) pelo celular viajando d sp p maringa toda hora eu pensava o Belluci e top 30 nao pode perder p um joao ninguem 241 q o resultado melhor foi ganhar do guga quando tava em baixa a para meu. Lari deve ta mto bravo q bomba pegou

    • Fabrizio Gallas

      Hehehe, Larri terá que trabalhar em todos os aspectos. Os resultados desse início de ano não foram animadores.

  • Rafael Mendonça

    Com certeza é imcomparável o Bellucci em relação ao Wawrinka, backhand genial . Quem viu um pedaço do jogo do suiço contra o Monfils percebeu a qualidade do Wawrinka.
    Fabrizio, parabéns pela qualidade e a agilidade na atualização das informações do site Tenis News, cada vez melhor, por favor continue sempre assim.

    Abraços.

    • Fabrizio Gallas

      Obrigado! O Wawrinka é talentoso sim, mas peca muito pela cabeça. Mesmo assim sempre cutuca os principais jogadores.

  • César Luiz

    Essa campanha do Raonic tá lembrando a campanha do Guga em Roland Garros de 1997, o Raonic nunca fez uma grande campanha em sua carreira e vem fazer logo em Grand Slam, será que teremos um novo campeão de Grand Slam? Tomara que sim!!!

MaisRecentes

Federer o franco favorito em Londres. Pouco a se tirar do Next Gen Finals



Continue Lendo

Quanto Nadal está disposto a arriscar por Londres ?



Continue Lendo

Quem é o melhor do ano ? Federer ou Nadal ?



Continue Lendo