Começou o show de Federer na Austrália



Há muito tempo não via Roger Federer jogar com tanta determinação na estreia de um Grand Slam. Normalmente o suíço faz o básico, joga pro gasto e só engrena à medida que vai pegando oponentes mais fortes ou quando é exigido.

O natural da Basileia deu um show na madrugada de segunda-feira. Tênis agressivo, preciso, de alta qualidade e jogadas fenomenais na defesa e no ataque. A fase de Roger é muito boa e é fruto do trabalho de orientação tática, mental e motivacional feita por Paul Annacone, técnico contratado em agosto do ano passado. NOTA 10 pra ele!

Outro detalhe para que Federer chegue com tanto apetite é acabar com a farra de Nadal nos Majors. Após o espanhol ganhar o US Open, iniciaram os questionamentos de Federer como o maior de todos os tempos. O caneco de Rafa em Melbourne faria com que o espanhol se tornasse o primeiro desde 1969 a vencer quatro Slams seguidos igualando Rod Laver. Roger Federer teve essa chance em 2006 e 2007, mas Nadal o parou em Roland Garros.

O único perigo de Federer está na segunda rodada contra Gilles Simon com o qual tem retrospecto negativo. O francês, que teve um 2010 ruim, parece se reerguer após ganhar no último sábado o ATP de Sydney e tem um estilo de contra-ataque e defesa que incomodam Federer. Mas mesmo assim a fase fantástica do suíço deve dar o tom para o bom resultado.

O caminho do número 2 na Austrália está bom e ficou ainda melhor com a despedida de Nikolay Davydenko. O russo segue sendo as decepções nos Grand Slams. Muito perigoso pra jogos de três sets em Masters ou ATPs, mas não aguenta no físico e se enrola com mais fracos em partidas de cinco sets.

Curtinhas:

Depois de ver Federer e Djokovic dando surra neste primeiro dia estou temendo por Marcos Daniel hoje às 23h30. Espero que elefaça uma boa partida.

O Tênis News/Lancenet! mostra ao vivo este jogo mais Bellucci x Mello também às 23h30.

Wozniacki passou bem por um primeiro teste difícil na chave feminina . Dulko já eliminou Maria Sharapova de Wimbledon e não dá ritmo às oponentes.  Falando em Sharapova ela começou o show de…duplas-faltas…foram 10 na estreia. A sorte é que pegou uma oponente totalmente fora de forma físicae fraca e atropelou.

O dia teve algumas viradas. Monfils sobre De Bakker – o folgado francês disse saber que o rival iria “amarelar” na hora de fechar o jogo e aconteceu. Mardy Fish contra Victor Hanescu e Kohlschreiber contra Kamke. Esses tipos de jogos podem não ser tecnicamente os melhores, mas simbolizam a emoção e a magia de um Grand Slam.

Nicolas Lapentti é mais um da nostálgica época de Guga que se retira do tênis. Era uma boa pessoa e tenista batalhador, chegando ao top 6 e Masters Cup, incluindo uma semifinal de Australian Open em 1999.A prova de que muitas vezes a perseverança e determinação valem muito mais do que ter todos os golpes geniais. Uma pena que ele atrapalhou a vida do Brasil em 2009, mas foi uma ótima figura no tênis.



MaisRecentes

Nadal não será afetado por derrota em Madri. Zverev cresce, mas precisa confirmar em um Slam



Continue Lendo

Triplo 11 de Nadal ?



Continue Lendo

Nadal aterroriza em Monte Carlo



Continue Lendo