Bellucci encaixa o 1º bom resultado de 2011



Depois de uma primeira rodada sofrida, de assustar o torcedor brasileiro onde por pouco a vaca foi pro brejo, Thomaz Bellucci conseguiu seu 1º bom resultado de 2011.

Como afirmei no post anterior, Tommy Robredo é um tenista indigesto pro brasileiro – com consistência e regularidade do fundo – mesmo que não esteja em sua melhor fase. Infelizmente a partida não teve transmissão de TV, mas pelo acompanhamento deu pra notar que o percentual de primeiro saque foi alto pra evitar ataques do rival na devolução e Bellucci buscou ser agressivo nas respostas conseguindo várias chances nos dois sets que venceu.

Thomaz já marca uma quartas de final no primeiro evento do ano e tem tudo para fazer uma semi já que Albert Montañes e Santiago Giraldo não assutam ninguém. O primeiro não tem bola definidora e tem um estilo similar a Robredo. Muita regularidade e correria no fundo. O segundo é um estilo diferente. Joga mais pesado na linha de base com bolas retas, mas comete mais erros. Qualquer um que venha Bellucci tem ótimas chances. Só não pode deixar a peteca cair pois é comum após um ótimo resultado o tenista relaxar.

Curtinhas:

Início ruim da dupla Melo/Soares perdendo na estreia de Auckland. Deram azar na chave, pegaram dois duplistas logo de cara. Mas quem quer o Masters não pode escolher adversário.

Falando na dupla o Brasil Open terá os irmãos Bryan, os maiores vencedores da história com 67 títulos. Bom atrativo e uma pena pois nossas chances de títulos na modalidade reduzem e muito.



MaisRecentes

Djokovic a caminho de recordes



Continue Lendo

Indomável, Djokovic agora postula ida ao Nº 1. Brasil tem por quem torcer



Continue Lendo

Del Potro pisa mais forte que Nadal no US Open. NextGen ainda não embala



Continue Lendo