Cinco Melhores Jogos, as Surpresas, melhor e pior jogada de 2010



Como prometido aqui está a lista dos cinco melhores jogos de 2010 e as maiores zebras.

Antes um breve comenário. Acredito que 2010 teve menor quantidade de jogos empolgantes do que 2009. Coincidência ou não, a temporada foi dominada por Rafael Nadal. Fato é que a queda no meio de temporada de Roger Federer e a inconstância de Andy Murray e Novak Djokovic contribuíram. Os dois duelos Federer x Nadal não corresponderam às expectativas.

1 – Nadal x Murray do ATP Finals de Londres – Melhor partida do ano. Tudo que um jogo deve ter. Emoção, match-points salvos, reviravoltas, momentos em que você acredita que um vai vencer, mas o outro vira. E o principal: alto nível técnico. Jogadas plásticas e muita dedicação dos dois lados. Partidade 3 sets com 3h11min de duração.

2 – Isner x Mahut de Wimbledon – A tensão e atenção que esta partida provocou foi absurda. Tenistas no limite físico,esgotados e lutando feito gladiadores. Vários recordes batidos (11h05min de duração, número de aces, games entre outros). Só não foi o melhor jogo do ano pois o nível técnico não era dos melhores. Basicamente saques indefensáveis e pontos curtos.

3 – Federer x Djokovic do US Open – Ótimo nível técnico por três dos cinco sets. Tensão e emoção no fim com match-points salvos com muita competência por Djokovic que surpreendeu pela força mental após três derrotas seguidas para o suíço em Nova York.

4 – Nadal x Davydenko de Doha – Poucos lembram desta partida. Foi na primeira semana do ano, mas o nível foi altíssimo. Nadal, mesmo sem ganhar, jogou muito tênis, mas a confiança ainda não estava alta e por isso falhou na hora decisiva perdendo match-point. Davydenko vivia seu auge e virou com muita competência.

5 – Clijsters x Henin de Brisbane – Assisti aos melhores momentos recentemente. O jogo feminino do ano, alto nível técnico e jogadas plásticas. Bastante emoção.

As surpresas de 2010

O foco principal são os Grand Slams. Depois os torneios menores.

1 – Queda de Federer para Berdych em Wimbledon. Foram sete anos seguidos chegando na final deste torneio e Roger tinha grande histórico contra Tomas apesar de ter perdido em Miami. O suíço parecia imbatível na grama inglesa e vinha de uma boa exibição na rodada anterior.

2 – Derrota de Murray pra Wawrinka no US Open. O escocês vinha do título em Toronto e era tido como o favorito ao lado de Federer, mas não jogou à altura e foi surpreendido pelo azarão Stanislas Wawrinka na terceira rodada.

3 – Queda de Roddick para Lu em Wimbledon. Ninguém imaginava que após fazer uma final tão empolgante em 2009 contra Federer, Roddick perderia no 5º set para um tenista um tanto desconhecido em seu habitat natural, a grama.

4 – Queda de Nadal para Garcia-Lopez em Bangkok. Nadal tinha um excelente retrospecto contra espanhois e falhou no que vinha sendo melhor, a cabeça. Perdeu mais de 20 break-points e caiu diante de um tenista com escassas vitórias sobre top 10. Nadal vinha do título no US Open.

5 – Derrota de Federer para Hewitt em Halle. Federer não perdia para Hewitt desde 2003 e tinha na grama alemã um título certo para chegar confiante em Wimbledon. Depois de levar sem problemas o primeiro set, falhou em momento importante e desandou. Hewitt também não estava em uma fase exuberando como foi no início da década passada. Ainda sofre com lesões.

A pior jogada de 2010 – A furada feia de Federer no match-point do Masters de Madri diante de Nadal. Ficou constrangedor para Rafa celebrar o título.

A melhor jogada de 2010 – Gran-willy de Federer contra Brian Dabul na 1ª rodada do US Open. Fantástico.

A caixinha de comentários está aberta. Você concorda comigo ? Acrescentaria mais alguma partida ou jogada para o pior/melhor do ano ? Me ajude a escolher também o pior jogo de 2010. Opine!



MaisRecentes

Djokovic, o mais completo de todos ?



Continue Lendo

51 vezes Nadal. Uma boa ideia



Continue Lendo

Djokovic está de volta!



Continue Lendo