Vitória bate o Palmeiras e se destaca na Seleção da 33ª Rodada do Brasileirão-2017



Vitória atropelou o Palmeiras e se destacou na Seleção da 33ª Rodada do Brasileirão-2017 (Foto: Romildo de Jesus)

O título do Corinthians voltou a ser uma questão de tempo após os resultados do meio de semana. Com oito pontos de vantagem, o Timão pode ser campeão na próxima quarta-feira, diante do Fluminense, em casa. No entanto, nenhum dos jogadores corintianos esteve na Seleção da 33ª Rodada do Brasileirão-2017.

Principal destaque do selecionado, o Vitória atropelou o Palmeiras no Barradão e venceu por 3 a 1. O técnico Vágner Mancini, o centroavante Trellez e o meio-campista Yago, o Craque da Rodada, foram os representantes da equipe entre os melhores.

Outro destaque da rodada foi o Grêmio, com dois jogadores na Seleção: o goleiro Marcelo Grohe e o volante Ramiro. Já o Atlético-MG igualou o número de representantes do time gaúcho. O lateral-direito Marcos Rocha e o atacante Luan foram os atletas do Galo na lista.

Com o empate diante do São Paulo, a Chapecoense levou dois membros para o selecionado: o zagueiro Fabrício Bruno e o lateral-esquerdo Reinaldo, dois dos melhores da partida no Pacaembu.

Completam a Seleção o zagueiro Igor Rabello, do Botafogo, o meia Evander, do Vasco, e o atacante Edigar Junio, do Bahia.

IMPORTANTE: A Seleção da Rodada, como sempre, é definida de acordo com as notas dadas pela redação do LANCE! durante a cobertura dos jogos do Brasileirão. Entram na lista os jogadores que receberam a melhor avaliação em sua posição.

Confira as notas e os desempenhos de cada integrante da Seleção:

Marcelo Grohe – goleiro – Grêmio – 8,0

Fez pelo menos quatro defesas decisivas, duas delas em uma mesma sequência, e ainda salvou lance decisivo na reta final da partida.

Marcos Rocha – lateral-direito – Atlético-MG – 7,5

Foi o jogador que mais desarmou no Galo e deu assistência para o gol de Luan, com quem fez grande parceria no jogo.

Igor Rabello – zagueiro – Botafogo – 6,5

Discreto, porém eficiente, foi um dos zagueiros que mais afastaram bolas na rodada. Tem amadurecido a cada partida.

Fabrício Bruno – zagueiro – Chapecoense – 6,5

Dominou o quanto pôde o jogo aéreo defensivo neutralizando o ataque do São Paulo. Foi o zagueiro com mais rebatidas na rodada.

Reinaldo – lateral-esquerdo – Chapecoense – 7,5

É o principal jogador da Chape na temporada, sem dúvidas. Contra o Tricolor deu uma passe espetacular para o gol de Wellington Paulista e teve personalidade para bater e converter pênalti contra o time com o qual tem vínculo.

Ramiro – volante – Grêmio – 7,5

Foi decisivo ao marcar o gol da vitória do time contra a Ponte Preta, após bom posicionamento para cabecear para a rede cruzamento de Léo Moura.

Yago – meia – Vitória – 8,5 (CRAQUE)

Partidaça do meio-campista diante do Palmeiras. Abriu o placar com um gol após bela jogada coletiva de sua equipe. Não satisfeito, foi oportunista ao anotar o terceiro gol do Vitória em momento que enterrou de vez qualquer reação palmeirense.

Evander – meia – Vasco – 8,0

Mudou o jogo com a sua entrada na segunda etapa. Acertou um belo chute de fora da área e marcou um golaço que empatou a partida e sedimentou o caminho para a virada.

Luan – atacante – Atlético-MG – 8,0

Depois de muito tempo sem ter uma boa atuação, foi outro que saiu do banco para mudar a partida. Se entregou, roubou bolas, correu e marcou um gol. Foi essencial para a vitória e a virada.

Edigar Junio – atacante – Bahia – 8,0

Outra grande partida do atacante no campeonato. Foi o autor dos dois gols da vitória do Bahia contra o Avaí, fora de casa. Vive ótima fase.

Trellez – atacante – Vitória – 8,0

Jogador muito difícil de marcar, levou vantagem em quase todos os duelos com a zaga palmeirense.  Bateu Dracena ao dar assistência para o primeiro gol de Yago e deu ótimo drible de corpo em cima de Juninho para marcar o seu.

Técnico: Vágner Mancini – Vitória – 8,0

Finalmente voltou a vencer dentro de casa e com uma atuação de gala em que aproveitou os erros palmeirenses para ser eficiente e definir a partida logo no primeiro tempo. Diante das condições apresentadas, faz grande trabalho.



  • Marcos Oliveira

    TIME VAGABUNDO UMA VERDADEIRA PIADA TIME PEQUENO.. SE FOSSE O CORINTHIANS PERDIDO PARA O VITORIA ESTARIA CHEIO DE PALMEIRENSE AQUI COMENTANDO .. COMO É UM PEQUENO TIME FREGUES DO VITORIA.. COMO A VEZ QUE TOMOU 7 GOLS DO VITORIA PELA COPA DO BRASIL.

MaisRecentes

Roger Machado chega ao Palmeiras com respaldo de analistas e desconfiança do torcedor



Continue Lendo

Fluminense passa dos R$ 3 milhões de prejuízo e clubes do Rio têm saldo negativo no Brasileirão



Continue Lendo

Após pintura de Otero, Atlético-MG domina a Seleção da 36ª Rodada do Brasileirão-2017



Continue Lendo