Vinicius Junior é o Craque e Vitória se destaca na Seleção da 21ª Rodada do Brasileirão-2017



Na rodada em que finalmente o Corinthians perdeu sua invencibilidade no campeonato, nenhum dos seus rivais diretos na utópica briga pelo título conseguiu vencer. Assim, o destaque maior foi justamente para quem conseguiu bater o Timão: o Vitória, que foi maioria na Seleção da 21ª Rodada do Brasileirão-2017. (Veja a lista na galeria acima)

O time baiano colocou quatro personagens no selecionado: o goleiro Fernando Gabriel, o zagueiro Wallace, o volante Uillian Correia e o técnico Vágner Mancini. Grandes nomes do triunfo por 1 a 0, na Arena Corinthians.

No entanto, o Craque da Rodada foi o excepcional garoto Vinicius Junior, do Flamengo, que brilhou na vitória de seu time por 2 a 0 sobre o Atlético-GO, esbanjando categoria e velocidade nos dois gols do triunfo.

Outra equipe que teve destaque na rodada foi o Fluminense. que forneceu dois jogadores para a lista dos melhores: o meia Gustavo Scarpa e o atacante Henrique Dourado, os destaques da vitória sobre o Atlético-MG por 2 a 1.

Para reforçar a rodada de façanhas, a Chapecoense, que foi até o Allianz Parque e derrotou o Palmeiras por 2 a 0. O zagueiro Fabrício Bruno e o lateral-esquerdo Reinaldo são os representantes da Chape no selecionado.

Completam a Seleção o lateral-direito Ezequiel, do Cruzeiro, o atacante Mendoza, do Bahia, e Emerson Sheik, da Ponte Preta.

IMPORTANTE: A Seleção da Rodada, como sempre, é definida de acordo com as notas dadas pela redação do LANCE! durante a cobertura dos jogos do Brasileirão. Entram na lista os jogadores que receberam a melhor avaliação em sua posição.

Técnico: Vágner Mancini - Vitória - 8,0

Técnico: Vágner Mancini – Vitória – 8,0

Confira as notas e os desempenhos de cada integrante da Seleção:

Fernando Miguel – goleiro – Vitória – 8,0

Fechou o gol na Arena Corinthians. Fez defesa difíceis, algumas cara a cara com o atacante, que garantiram a grande vitória fora de casa.

Ezequiel – lateral-direito – Cruzeiro – 7,0

Fez boa partida tanto na defesa quanto no ataque. Foi seguro na marcação e deu assistência para gol de Sassá.

Wallace – zagueiro – Vitória – 7,5

Foi um monstro na zaga do time baiano. Fez desarmes precisos e na marcação esteve praticamente impecável. Responsável pelo placar.

Fabrício Bruno – zagueiro – Chapecoense – 7,5

Cansou de tirar bolas de cabeça na defesa, neutralizando a pouca qualidade do adversário no ataque. Marcou o gol que abriu o placar do duelo aproveitando falha na marcação.

Reinaldo – lateral-esquerdo – Chapecoense – 6,5

Teve muita malícia ao segurar o jogo, esfriar o ímpeto do Palmeiras e levar perigo com os arremessos laterais. Deu o passe para o primeiro gol de seu time.

Uillian Correia – volante – Vitória – 7,0

Dominou a intermediária, com marcação firme, sem dar chances para a criação corintiana. Outro grande responsável pelo placar.

Gustavo Scarpa – meia – Fluminense – 7,5

Partidaça do meia tricolor. Arriscou chutes de longe, buscou seus espaços para criar e deu assistência para os dois gols de Henrique Dourado.

Vinicius Junior – meia-atacante – Flamengo – 8,5 (CRAQUE)

Soltaram a fera! Como titular, foi um inferno para a defesa adversária. Em seu primeiro gol, arrancou em altíssima velocidade, ganhou do zagueiro e marcou após passe de Paquetá. No segundo tento recebeu assistência de Diego, driblou o goleiro de forma desconcertante e marcou. Atuação histórica.

Mendoza – atacante – Bahia – 8,0

Fez uso de sua maior qualidade, a velocidade, para anotar os dois gols. No primeiro arrancou do campo de defesa, insistiu, ganhou do zagueiro e marcou. No segundo foi mais rápido do que a zaga e aproveitou rebote do goleiro.

Emerson Sheik – atacante – Ponte Preta – 8,0

Qualidade como jogador é indiscutível, provou mais uma vez com dois gols de alto grau de dificuldade e muita categoria. No primeiro, dominou e bateu sem dar chances ao goleiro. Já no segundo pegou chute de primeira de fora da área, em que o arqueiro adversário nem se mexeu.

Henrique Dourado – atacante – Fluminense – 8,0

É o grande nome da temporada do Flu. Contra o Galo marcou duas vezes de cabeça após cruzamentos de Gustavo Scarpa. Os dois gols deram a vitória ao seu time.

Técnico: Vágner Mancini – Vitória – 8,0

Estudou minuciosamente o estilo de jogo corintiano e fez o adversário provar do próprio veneno. Entregou a bola, se segurou na defesa e foi letal ao definir o placar, aproveitando os contra-ataques, que não foram raros.  Mostrou que foi o Vitória que venceu e não o Corinthians que perdeu.



  • Carlos Barretto

    Primeiramente que o SENHOR JESUS abençoe a todos.Concordo plenamente com o comentário de Paulos Cesar Oliveira.Claro que o jogador mais próximo do atacante tem o dever de dificultar que o mesmo, chute a gol.Outra observação que faço mais uma vez, é que GOLEIRO não é pra fazer golpe de vista, pois, ele não é oftalmologista.Que tenhamos uma boa vitoria contra o flamengo.Aproveito a oportunidade para parabenizar o técnico WAGNER MANCINI, que espondeu a altura ao jornalista, qurendo desmerecer da vitotia do VITÓRIA contra o coringão. Saudações a todos os botafoguenses.

MaisRecentes

Corinthians e Palmeiras dominam a Seleção da 35ª Rodada do Brasileirão-2017



Continue Lendo

Corinthians encaminha título e é maioria na Seleção da 34ª Rodada do Brasileirão-2017



Continue Lendo

Vitória bate o Palmeiras e se destaca na Seleção da 33ª Rodada do Brasileirão-2017



Continue Lendo