Em três meses, Cristiano Ronaldo atropela concorrência e lidera artilharia da Europa



Cristiano Ronaldo chegou a 23 gols apenas em 2018, atropelou concorrentes e agora lidera artilharia da Europa (Foto: AFP)

Na primeira metade da temporada, o Real Madrid parecia não ter voltado com tanto apetite após conquistar duas Liga dos Campeões de forma consecutiva, deixou precocemente a briga pelo título espanhol, e Cristiano Ronaldo dava sinais de que não seria tão letal e espetacular como sempre é, mas as coisas mudaram na virada do ano. O time de Madrid passou a ser muito favorito ao tricampeonato da Champions e o português assumiu a artilharia da Europa atropelando a concorrência em pouco mais de três meses.

Em 31 de dezembro de 2017, Ronaldo tinha 16 gols marcados e dava sinais de que não brigaria pela ponta da tabela de artilheiros, até por estar nove tentos atrás de Cavani, líder do ranking naquele momento e que não parava de balançar a rede. Apesar do recente título mundial, o momento do Real Madrid também não animava a recuperação do português. (Confira os números na galeria abaixo)

De lá pra cá, o camisa 7 marcou 23 vezes, algo muito superior a qualquer outro concorrente na tabela de artilheiros da temporada. Messi, o jogador que chegou mais próximo da marca do rival de Madrid, anotou 17 gols em 2018. Os demais postulantes à liderança do ranking marcaram em média 15 vezes de 1º de janeiro para cá.

Cavani marcou apenas dez gols nesse período, mas ainda está forte na briga com, pelo menos, mais seis outros poderosos goleadores que agora correm atrás do fantástico Cristiano Ronaldo que, no momento, parece ter voltado a ser imparável na arte de balançar a rede.

Veja na galeria abaixo a tabela atual de artilheiros da Europa e a tabela em 31/12:



MaisRecentes

Entre as finalistas da Copa, Inglaterra foi a mais ‘artilheira’ da última temporada europeia



Continue Lendo

Jogadores batem recorde e pulverizam marcas de velocidade da Copa de 2014



Continue Lendo

O boi de piranha, a ótima geração e as falhas: a eliminação do Brasil pela Bélgica



Continue Lendo