Torcedores de Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo: Acalmem-se, não está tudo OK!



A empolgação é inerente ao torcedor de futebol, principalmente quando a motivação é provocar o rival. A mídia, por sua vez, procura exaltar as equipes e com isso chamar o fanático para embarcar nessa perspectiva. No entanto, não podemos fugir da realidade. Há um certo descompasso quando tratamos dos quatro grandes de São Paulo e isso emburrece a discussão esportiva.

Nem Corinthians, nem Palmeiras, nem Santos, nem São Paulo passam por momentos de tragédia na temporada, todos eles têm campanhas razoáveis, mas estão longe, bem longe de estarem tranquilos ou nos dando motivos para dizer que está tudo bem. Não, não está.

A última semana mostra muito bem esse argumento e não falamos apenas de resultado, já que os quatro tiveram êxito em suas empreitadas, mas também do desempenho de cada um dentro de campo.

O São Paulo, como já falamos aqui neste espaço, é o maior exemplo dessa empolgação desmedida. Embora tenha um ataque bastante poderoso e o trabalho de Ceni tenha rendido frutos mais cedo do que o esperado, os números provam contundentemente que a defesa é a pior entre os clubes da Série A neste ano. Se não fossem os números, qualquer atuação do setor defensivo são-paulino mostra a enorme limitação dentro de campo.

Ranking de média de gols sofridos em 2017 por clubes de Série A

Ranking de média de gols sofridos em 2017 por clubes de Série A

Contra o ABC, o Tricolor levou gol com um minuto de jogo e por pouco não sofreu o segundo, não fosse bela defesa de Denis. O placar de 2 a 0 eliminaria o time da Copa do Brasil. Cueva, o mesmo que fez falta contra o Palmeiras, mais uma vez se mostrou acima da média, brilhou e marcou o tento de empate, reforçando o quanto a equipe depende do peruano. Algo está claramente errado, basta querer ver.

Na mesma quarta-feira o Palmeiras enfrentou o Jorge Wilstermann, pela Copa Libertadores. Havia muita expectativa de uma goleada sobre os bolivianos, que venceram o Peñarol por 6 a 2, em casa, na primeira rodada. O atropelamento não aconteceu e a vitória do Verdão só veio aos 50 minutos com gol de Mina.

Estatísticas de Palmeiras x Jorge Wilstermann mostram as finalizações erradas e o excesso de cruzamentos

Mais uma vez o estrelado e inacabado time de Eduardo Baptista teve dificuldades para furar uma defesa bem ajustada. Mesmo tendo o domínio do jogo, não houve variação de jogadas e as peças se movimentaram pouco, algo bem parecido com o que ocorreu na derrotas para Corinthians e Ituano, antigos defeitos não corrigidos. Enfim, não está tudo bem.

Finalizações do Palmeiras em jogos em que teve dificuldades para marcar (Fonte: Footstats)

Finalizações do Palmeiras em jogos em que teve dificuldades para marcar (Fonte: Footstats)

O Corinthians recebeu, no dia seguinte, o Luverdense pela Copa do Brasil. Depois de fazer 2 a 0 fora, o Timão decidiria tranquilamente o confronto em casa. Não foi assim. Apesar de dominar o jogo, abrir o placar e criar chances, perdeu inúmeras oportunidades e fez um segundo tempo tenebroso, correndo riscos desnecessários contra um adversário de nível técnico bem inferior.

Jô, por sua vez,  fez seu quarto gol no ano atuando em um ataque que tem pouco poder de fogo e está entre os piores do Brasil na temporada. Para se ter uma ideia, os jogadores de defesa marcaram metade dos tentos corintianos em 2017. O setor defensivo tem provado ser seguro, mas se o equilíbrio não for achado e a qualidade da apresentação não melhorar, será difícil apostar no time a longo prazo. Tenhamos calma.

Ranking de média de gols marcados em 2017 por clubes de Série A

Ranking de média de gols marcados em 2017 por clubes de Série A

 

Divisão de gols do Corinthians em jogos oficiais na temporada 2017

Divisão de gols do Corinthians em jogos oficiais na temporada 2017

Por fim, o Santos, que também fez sua estreia em casa pela Copa Libertadores contra o The Strongest. O time de Dorival Junior vinha sendo o pior entre os quatro grandes na temporada, tanto em resultado quanto em desempenho. A pressão pelo placar parece ter causado ansiedade nos jogadores, que não conseguiam acertar as conclusões, até que a expulsão de Veizaga ajudou. Ricardo Oliveira abriu o placar, de falta, e a equipe deslanchou.

Estatísticas de Santos x The Strongest mostram quantas finalizações foram tentadas para marcar apenas dois gols

Estatísticas de Santos x The Strongest mostram quantas finalizações foram tentadas para marcar apenas dois gols

“Ufa, tudo tranquilo, agora sim os problemas foram resolvidos”. Errado. Embora o volume de jogo santista tenha sido convincente, foram inúmeras as chances perdidas, sem contar o espaço dado ao The Strongest, quando ainda jogavam 11 de cada lado. As atuações de Renato, Lucas Lima e Ricardo Oliveira fazem cair por terra os inexplicáveis argumentos que elogiam o elenco do Santos para 2017. A ausência de qualquer um dos três já provoca uma queda imensa de qualidade. Tanto é que o time tem um aproveitamento de pouco mais de 50% na temporada, principalmente por conta dos desfalques em jogos anteriores. Não reconhecer esses problemas é ser cego por opção.

Ranking de aproveitamento entre os clubes de Série A

Ranking de aproveitamento entre os clubes de Série A

Cada um dos quatro grandes paulistas mostrou qualidades que devem ser potencializadas ao longo da temporada. O São Paulo com seu futebol envolvente, o Palmeiras com seu elenco poderoso (o melhor do país, importante ressaltar), o Corinthians com sua consistência defensiva e o Santos com sua velocidade e qualidade ofensiva.

Se o torcedor, por conta de sua paixão, não consegue enxergar certas peculiaridades de seu time, cabe ao profissional de imprensa tentar elucidar esses aspectos ao receptor da mensagem da forma mais realista possível, obviamente sem clubismo, com o objetivo de enriquecer o debate. Não há problema em ter um time do coração, basta deixar a torcida para arquibancada e a honestidade na mídia.



  • Marcelo

    Perfeito… FORA DORIVAL JUNIOR PANELEIRO… Os placares da semana não me iludem.

  • Bi Mundial FIFA

    Até que enfim um jornalista que não analisa só resultado e papel. Você precisa dar aulas e palestras pros seus colegas de profissão, que na primeira semana da temporada já querem determinar quem vai ser rebaixado e quem vai ser campeão.

  • Adriano Silva Reis

    Agora quer comparar que os times da série A jogue um futebol igual a dos clubes europeus! Cada uma viu, vale ressaltar que o futebol brasileiro está em começo de temporada e é normal esses erros .

MaisRecentes

Palmeiras e Ituano formam a base da Seleção da 10ª Rodada do Paulistão-2017



Continue Lendo

Fred dispara na artilharia entre clubes da Série A em 2017; Veja o goleador de cada equipe



Continue Lendo

Lucas e Neymar lideram artilharia entre brasileiros, e Messi dispara no ranking geral da Europa



Continue Lendo