São Paulo e Santos dominam a Seleção da 31ª Rodada do Brasileirão-2018



São Paulo e Santos levaram seis personagens para a Seleção da 31ª Rodada do Brasileirão-2018 (Foto: Montagem/São Paulo/Santos)

Faltam apenas sete rodadas para conhecermos o campeão brasileiro deste ano, porém a disputa pelo título parece estar longe de um ponto final. Os duelos do último final de semana mostraram que as emoções continuam, apesar da vantagem de quatro pontos do Palmeiras, que continua líder. No entanto os destaques desta vez ficam por conta de São Paulo e Santos, que venceram e dominaram a Seleção da 31ª Rodada do Brasileirão-2018.

Depois de seis jogos sem vencer, o Tricolor paulista foi até Salvador para enfrentar o Vitória e conseguiu um importante placar de 1 a 0, que o manteve vivo na luta pelo título, além de ter dado passo essencial para a conquista de uma vaga na Copa Libertadores do ano que vem. Destaque para a atuação de Joao Rojas, o melhor em campo, mesmo tendo sofrido ruptura do tendão patelar do joelho direito, que só o permitirá voltar a jogar em 2019. O goleiro Jean, e o zagueiro Bruno Alves, autor do gol, também foram bem e estão no selecionado.

Já o Santos recebeu o time reserva do Fluminense na Vila Belmiro e teve dificuldades em um primeiro tempo de péssima qualidade técnica. Após o intervalo, já com o dedo de Cuca, treinador da rodada, o Peixe melhorou com o brilho de Gabigol e Victor Ferraz e bateu os cariocas por 3 a 0. Os três personagens estão na Seleção.

O Craque da 31ª Rodada, porém, veio da partida mais interessante do final de semana: Grêmio 3 x 4 Sport. Com dois tentos no jogo, o volante Jair, do time pernambucano, foi o jogador com a maior nota entre os dez confrontos. Marcar duas vezes, fora de casa, em um duelo com tantas reviravoltas merece destaque.

Completam a lista o zagueiro Rodrigo Moledo, do Internacional, o lateral-esquerdo Bruno Pacheco, da Chapecoense, o experiente Danilo, do Corinthians, o meia-atacante Dudu, do Palmeiras, e o centroavante Fred, do Cruzeiro.

IMPORTANTE: A Seleção da Rodada, como sempre, é definida de acordo com as notas dadas pela redação do LANCE! durante a cobertura dos jogos do Brasileirão. Entram na lista os jogadores que receberam a melhor avaliação em sua posição.

Técnico: Cuca – Santos – 7,0

Confira as notas e os desempenhos de cada integrante da Seleção da 31ª Rodada:

Jean – goleiro – São Paulo – 7,0

Apesar da expulsão tola após a partida, fez duas defesas decisivas: uma no primeiro tempo, quando o jogo ainda estava empatado, e outra na segunda etapa, quando evitou o empate.

Victor Ferraz – lateral-direito – Santos – 7,0

Foi um dos responsáveis diretos pela subida de produção no segundo tempo. Marcou belo gol de cabeça em jogada ensaiada a partir de cobrança de falta.

Rodrigo Moledo – zagueiro – Internacional – 7,0

Partida bastante consistente, levou vantagem em praticamente todos os duelos defensivos.

Bruno Alves – zagueiro – São Paulo – 7,0

Como sempre, brigou por todas as bolas na defesa, afastando o perigo. No ataque, estava bem posicionado para marcar o gol da vitória.

Bruno Pacheco – lateral-esquerdo – Chapecoense – 6,5

Em bela jogada pela lateral esquerda, fez cruzamento milimétrico, na cabeça de Wellington Paulista, que anotou o tento da vitória.

Jair – volante – Sport – 8,0 (CRAQUE)

É talvez a melhor saída de bola do time e fez muito disso no jogo, porém seus dois gols, sendo um deles decisivo para a vitória sobre o Grêmio, fora de casa, chamam mais a atenção e fazem dele o melhor da rodada.

Joao Rojas – meia-atacante – São Paulo – 7,5

Fez uma partidaça no Barradão, achando espaço e encontrando liberdade pelo lado direito do ataque. Em uma dessas jogadas deu bola açucarada para Bruno Alves fazer o gol da vitória.

Danilo – meia-atacante – Corinthians – 7,5

Foi do céu ao inferno e do inferno ao céu em poucos minutos. Abriu o placar com segundos em campo após o intervalo, depois, já no fim da partida, cometeu pênalti infantil em Nilton, porém se recuperou instantes a seguir com um gol de bicicleta, para garantir os três pontos.

Dudu – meia-atacante – Palmeiras – 7,5

Foi o melhor do Verdão no Maracanã. Enquanto o time teve força, levou vantagem em quase todos os lances, sendo um deles o do belo gol em finalização precisa, no canto do goleiro Cesar.

Gabriel – atacante – Santos – 7,5

Havia perdido uma grande oportunidade, quase sem goleiro, porém sofreu pênalti e o converteu para abrir o placar. No fim, ainda deu assistência para Carlos Sánchez sacramentar o resultado.

Fred – atacante – Cruzeiro – 7,5

Aos poucos, vem readquirindo ritmo de jogo após meses parado e já teve sua melhor atuação desde então. Participou do gol de Arrascaeta, e cinco minutos depois marcou o seu.

Técnico: Cuca – Santos – 7,0

Mostrou que é um baita treinador ao mudar completamente o jogo após o intervalo. Ao ver o time mal no primeiro tempo, tirou Bruno Henrique e colocou Derlis González, fazendo uma pressão avassaladora no Fluminense, que resultou no placar de 3 a 0.



MaisRecentes

Fair play financeiro? Palmeiras domina arrecadação do Brasileirão-2018



Continue Lendo

Palmeiras e Rojas fecham Brasileirão no topo da lista de amarelos por reclamação



Continue Lendo

No Brasileirão-2018, 67% dos jogos no Rio de Janeiro tiveram prejuízo com bilheteria



Continue Lendo