São Paulo e Atlético-MG vencem e se destacam na Seleção da 19ª Rodada do Brasileirão-2016



Confira a Seleção da 19ª Rodada do Brasileirão-2016 (Crédito: Arte Lance!)

Confira a Seleção da 19ª Rodada do Brasileirão-2016 (Crédito: Arte Lance!)

Na última rodada do primeiro turno, tivemos a definição do vencedor do Troféu Osmar Santos, oferecido pelo LANCE! ao time que chegou ao final da primeira metade do campeonato liderando a competição. Dessa vez o ganhador foi o Palmeiras, que ainda não havia alcançado tal façanha na era dos pontos corridos.

A garantia da liderança a essa altura do campeonato veio com triunfo sobre o Vitória, no Allianz Parque. O destaque da partida foi o goleiro Jailson que fez defesas incríveis e impediu um revés palmeirense.

No entanto, foi outro time paulista que destacou no fim de semana. O São Paulo foi até Pernambuco enfrentar o Santa Cruz e venceu por 2 a 1. O argentino Chavez marcou dois gols e está na Seleção da Rodada, junto com ele estão Lyanco, Mena e o técnico interino André Jardine.

Quem chegou de vez e, no momento, parece sem freio, foi o Atlético-MG. Comandado por Robinho, venceu a Chapecoense em casa por 3 a 0, faturando os três pontos e a vice-liderança. O lateral-direito Carlos César também está entre os melhores da rodada.

Já o Craque da Rodada ficou com o meia Gustavo Scarpa, do Fluminense, depois de marcar dois belos gols contra o Internacional, fora de casa. A atuação não foi suficiente para evitar o empate, mas foi acima da média dos demais.

Compeltam a Seleção o zagueiro Luccas Claro, do Coritiba, o volante Seijas, do Internacional, o meia Mancuello, do Flamengo e o meia-atacante Rhayner, da Ponte Preta.

A Seleção da Rodada, como sempre, é definida de acordo com as notas dadas pela redação do LANCE! durante a cobertura dos jogos do Brasileirão. Entram na lista os jogadores que receberam a melhor avaliação em sua posição.

Obs.: A Seleção desta Rodada foi fechada sem o confronto entre Botafogo e Grêmio, adiado para o dia 4/9, por conta dos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro.

Confira as notas e o desempenho de cada um dos integrantes:
SELEÇÃO DA RODADA

Jailson – goleiro – Palmeiras – 7,5

Fez algumas defesas importantíssimas durante a partida contra o Vitória. Duas delas foram espetaculares, evitando gols certos que mexeriam diretamente com o desfecho do duelo.

Carlos César – lateral-direito – Atlético-MG – 7,0

Na ausência de Marcos Rocha tem se destacado e não deixa o nível da posição cair. Contra a Chapecoense participo ativamente do ataque e foi oportunista ao marcar o seu gol.

Luccas Claro – zagueiro – Coritiba – 7,5

Jogou firme e com poucos erros na defesa. Esteve presente nas jogadas aéreas ofensivas com frequência, em uma delas marcou o seu.

Lyanco – zagueiro – São Paulo – 6,5

Vai pedindo passagem por um lugar entre os titulares do São Paulo. Sempre que joga entrega boas atuações, contra o Santa Cruz repetiu o desempenho seguro.

Mena – lateral-esquerdo – São Paulo – 6,5

Quando tem um dia bom, se destaca e se mostra acima da média. Foi assim contra o Santa. Para premiar a boa performance, deu boa assistência para Chavez marcar.

Seijas – volante – Internacional – 7,5

Grande nome do Inter na partida contra o Fluminense. Além de ser o principal articulador das transições da defesa para o ataque, foi perigoso nas investidas e marcou o seu em belo chute de fora da área.

Gustavo Scarpa – meia – Fluminense – 8,0

Poucos no Brasil tem jogado tão bem e com tanta regularidade como ele. Destoa dos companheiros de time e destoou dos concorrentes na rodada. Fez dois belos gols, sendo o primeiro deles uma pintura e reforçou a boa fase.

Mancuello – meia – Flamengo – 7,5

Já vinha se destacando pela armação do Fla e pelas assistências para os tentos dos companheiros. Contra o Atlético-PR, em jogo complicado, tirou da cartola um gol de letra que definiu a vitória de seu time.

Rhayner – meia-atacante – Ponte Preta – 7,5

Apesar de uma derrota contundente para o Coritiba, fez uma grande partida. Tentou o máximo que pôde, por vezes sozinho, mudar o resultado. Em uma dessas jogadas individuais, marcou gol espetacular, com direito a chapéu na zaga do Coxa.

Robinho – atacante – Atlético-MG – 7,0

Pode até ter demorado para desencantar com boas atuações, mas agora que encaixa uma atrás da outra, tem sido difícil segurar. Lidera o time do Galo com dribles, passes e finalizações. Deixou sua marca mais uma vez.

Chavez – atacante – São Paulo – 7,5

O argentino chegou com tudo ao Tricolor e disposto a fazer o torcedor esquecer Calleri. Na partida frente ao Santa Cruz marcou dois gols e garantiu uma vitória importante para seu time.

Técnico: André Jardine – São Paulo – 7,0

Com time principal sem treinador, coube ao comandante (muito vencedor) da categoria de base assumir o São Paulo. Contra o Santa Cruz, seguiu suas convicções, armou um time competitivo e deixou que os jogadores diferenciados tivessem liberdade para atuar. Com simplicidade e trabalho conquistou três pontos difíceis, fora de casa.



MaisRecentes

Flamengo, Fluminense e Santos dominam a Seleção da 2ª Rodada do Brasileirão-2017



Continue Lendo

Após Choque-Rei, defesa do São Paulo melhora, mas média de gols cai quase três vezes



Continue Lendo

Melhor visitante da Série A, Corinthians está invicto contra clubes da elite em 2017



Continue Lendo