Santos, São Paulo e Botafogo dominam a Seleção da 15ª Rodada do Brasileirão-2016



Confira a Seleção da 15ª Rodada do Brasileirão-2016 (Crédito: Arte Lance!)

Confira a Seleção da 15ª Rodada do Brasileirão-2016 (Crédito: Arte Lance!)

A 15ª Rodada do Brasileirão-2016 foi mais uma marcada por muitos gols (31) e muito equilíbrio nos clássicos regionais: os três disputados terminaram empatados.

No entanto, mesmo sem ter vencedores, pelos menos dois deles trouxeram espetáculo ao público e proporcionaram a presença de alguns de seus jogadores na Seleção da rodada, principalmente por parte do Botafogo, que levou três representantes ao selecionado ao buscar o empate em 3 a 3 contra o Flamengo. São eles: Diogo Barbosa, Airton e Neilton.

Já no duelo paulista, o maior destaque foi o São Paulo que, jogando na Arena Corinthians, conseguiu um inédito ponto e uma boa atuação, com a ajuda das defesas de Denis, da liderança de Maicon e da personalidade do peruano Cueva.

Mas nem só dos empates se faz a Seleção. O Santos venceu a Ponte Preta por 3 a 1, na Vila Belmiro, e colou de vez nos líderes. Victor Ferraz, Vitor Bueno e Gabigol marcaram um gol cada e estão entre os melhores do último fim de semana.

Completam o time o meia Diego Souza, Craque da Rodada e grande responsável pela vitória do Sport, e o zagueiro Pedro Geromel, do Grêmio. Além do técnico Levir Culpi, do Fluminense, o melhor avaliado entre os colegas de função.

A Seleção da Rodada, como sempre, é definida de acordo com as notas dadas pela redação do LANCE! durante a cobertura dos jogos do Brasileirão. Entram na lista os jogadores que receberam a melhor avaliação em sua posição.

Confira as notas e o desempenho de cada um dos integrantes:

Denis – goleiro – São Paulo – 7,5

Fez pelos menos duas grandes defesas (uma delas espetacular) que salvaram o Tricolor de ser derrotado na Arena Corinthians.

Victor Ferraz – lateral-direito – Santos – 7,5

Sua regularidade não é novidade, mais uma partida consistente nas duas partes do campo e um gol de oportunismo para premiar a atuação.

Pedro Geromel – zagueiro – Grêmio – 6,5

Embora seu time tenha perdido por 4 a 2, foi autor dos dois gols que colocaram o Grêmio com chances de sair da Ilha do Retiro com algum ponto.

Maicon – zagueiro – São Paulo – 6,5

Se impôs, como sempre, na defesa são-paulina e procurou usar de sua liderança e atitude para conduzir o resultado obtido na casa do rival.

Diogo Barbosa – lateral-esquerdo – Botafogo – 7,0

Marcou um golaço. Acertou chute de rara felicidade com velocidade incrível e empatou o clássico, naquele momento, em 1 a 1.

Airton – volante – Botafogo – 7,5

Assumiu a responsabilidade durante todo o jogo e participou diretamente das jogadas que levaram ao empate no clássico contra o Flamengo.

Diego Souza – meia – Sport – 7,5 (CRAQUE)

Craque da rodada em outra grande atuação. Chamou o jogo para si marcando dois gols e liderando uma equipe que precisava muito vencer.

Vitor Bueno – meia – Santos – 7,5

Cobrou a falta que originou o primeiro gol e marcou o segundo do Santos na vitória sobre a Ponte Preta. Artilheiro do Peixe no Brasileirão.

Cueva – meia-atacante – São Paulo – 7,5

Personalidade não falta ao peruano. Chegou, vestiu a camisa e não sentiu pressão. No clássico, jogou muito, sofreu pênalti, bateu e fez gol.

Neilton – atacante – Botafogo – 7,5

Entrou somente na segunda etapa, mas a tempo de poder mudar a história da partida marcando gol e abrindo a defesa rubro-negra.

Gabriel – atacante – Santos – 7,5

Pode errar, pode acertar, pode até discutir, só não dá para reclamar que Gabigol é omisso. Marcou o gol que fechou a conta contra a Ponte.

Técnico: Levir Culpi – Fluminense – 7,5

Sua atuação foi avaliada com nota tão alta por conta da facilidade com que o Fluminense definiu a vitória contra o Cruzeiro. Time concentrado, com entrega e executando futebol simples, chegando à primeira vitória após três rodadas de jejum.



  • João Costa

    Com exceção do jogador do SFC, em minha opinião essa seleção foi montada apenas para apaziguar a crise dos outros times, pois cá entre nós, heim…..Meu Deus qta gente ruim…..rsssss

MaisRecentes

No Brasileirão, Corinthians se dá melhor quando não tem vantagem na posse de bola



Continue Lendo

Aproveitamento do Corinthians na temporada 2017 seria Top 10 na elite da Europa



Continue Lendo

Corinthians é o time que menos (e melhor) utiliza jogadores no Brasileirão-2017



Continue Lendo