Santos evolui, corrige erros entre jogos e tem Ricardo Oliveira mais ativo



Após a vitória por 2 a 0 do Santos sobre a Ponte Preta, jogadores e treinador saíram de campo comemorando a evolução do time em comparação com o que foi apresentado no empate contra o São Bernardo.

Além do placar, a principal diferença foi ver um time mais eficiente, que se arriscou mais e usou o drible, uma das principais qualidades da equipe, como arma para ser superior no duelo. Veja a comparação:

Dribles executados pelo time do Santos nas duas partidas do Paulistão (Fonte: Footstats)

Dribles executados pelo time do Santos nas duas partidas do Paulistão (Fonte: Footstats)

Outro fato que foi percebido no Moisés Lucarelli foi a volta da bola no chão, ou seja, menos lançamentos e menos cruzamentos. Algo que retoma um pouco do melhor que foi mostrado pelo Peixe no ano passado. Confira os dados dos dois jogos:

Santos diminui a quantidade de bolas alçadas de um jogo para o outro (Fonte: Footstats)

Santos diminui a quantidade de bolas alçadas de um jogo para o outro (Fonte: Footstats)

Foi possível notar também a diminuição dos erros entre uma partida e outra. A principal mudança, sem dúvidas, foi evitar os impedimentos. Time estava mais concentrado, mais focado na partida e na melhora do rendimento. Veja no gráfico:

Foram 9 impedimentos a menos na comparação com os dois confrontos (Fonte: Footstats)

Foram 9 impedimentos a menos na comparação com os dois confrontos (Fonte: Footstats)

Um jogador em especial também evoluiu de uma rodada para a outra: Ricardo Oliveira. O jogador desencantou e deixou o dele, no seu melhor estilo artilheiro, estava na hora certa e no lugar certo. Ao contrário da primeira partida, quando ficou 5 vezes em posição de impedimento. Os dados de passe abaixo mostram como o camisa 9 santista foi mais participativo dessa vez:

O centroavante foi pouco ativo contra o São Bernardo, já contra a Ponte a história mudou (Fonte: Footstats)

O centroavante foi pouco ativo contra o São Bernardo, já contra a Ponte a história mudou (Fonte: Footstats)



  • Antonio Costa

    Gosto desse trabalho! Ele e positivo e ajuda a mostrar o desempenho de qualquer professional em sua atividade. Uma pena, que no Brasil ele ainda nao e muito utilizado. Por aqui ele e obrigatorio nas atividades esportivas.

  • santos fc

    Matéria de excelente conteúdo, onde alguns que para alguns passam despercebidos!!!

  • Marcelo Coutinho Delira

    ajuda muito mesmo continua assim

MaisRecentes

No Brasileirão, Corinthians se dá melhor quando não tem vantagem na posse de bola



Continue Lendo

Aproveitamento do Corinthians na temporada 2017 seria Top 10 na elite da Europa



Continue Lendo

Corinthians é o time que menos (e melhor) utiliza jogadores no Brasileirão-2017



Continue Lendo