Santos brilha em clássico e domina a Seleção da 3ª Rodada do Paulistão-2019



Sensação do Paulistão, Santos domina a Seleção da 3ª Rodada após bater o São Paulo no Pacaembu (Foto: Ivan Storti/Santos)

Ainda não superamos a fase do estadual e continuaremos nessa toada por algum tempo, mas enquanto isso podemos desfrutar de algumas boas novidades que a temporada tem trazido. Uma delas é o Santos de Jorge Sampaoli, que jogou bem outra vez e agora bateu, de forma convincente e categórica, um adversário pesado: o São Paulo. Com a performance e a vitória por 2 a 0, o Peixe dominou a Seleção da 3ª Rodada do Paulistão-2019.

Ao todo, sete personagens santistas representaram o clube no selecionado: os zagueiros Luiz Felipe e Gustavo Henrique, os volantes Alison e Diego Pituca, o meia Jean Mota, o atacante Derlis González, Craque da 3ª Rodada, e o técnico Jorge Sampaoli. Esses são alguns dos responsáveis pelo time da Baixada ser uma das sensações do futebol brasileiro até aqui.

Já o Corinthians, que venceu a Ponte Preta por 1 a 0, não convenceu tanto quanto o rival, porém teve jogadores importantes como destaques para garantir o primeiro triunfo da equipe em 2019: o goleiro Cássio, o lateral-direito Fagner e o atacante Gustavo. Os três estão na lista dos melhores da 3ª Rodada.

Completam a Seleção o lateral-esquerdo Diogo Barbosa, do Palmeiras, e o atacante Martinelli, do Ituano.

IMPORTANTE: A Seleção da Rodada, como sempre, é definida de acordo com as notas dadas pela redação do LANCE! durante a cobertura dos jogos do campeonato. Entram na lista os jogadores que receberam a melhor avaliação em sua posição.

Técnico: Jorge Sampaoli – Santos – 8,0

Confira a nota e a avaliação de cada um dos integrantes da Seleção da 3ª Rodada:

Cássio – goleiro – Corinthians – 7,0

Mantido na equipe titular mesmo com uma escalação alternativa de Carille, evitou que a Ponte Preta abrisse o placar na Arena.

Fagner – lateral-direito – Corinthians – 7,0

Começou na reserva, mas foi preciso a sua entrada para que o jogo mudasse. Participou e foi essencial para a jogada do gol da vitória.

Luiz Felipe – zagueiro – Santos – 7,5

Fez uma partidaça, tanto na defesa quanto no ataque. Saiu bem com a bola e lançou com precisão. Ainda marcou o gol que abriu o placar.

Gustavo Henrique – zagueiro – Santos – 7,5

Não é exagero dizer que ganhou todas as divididas e jogadas que participou. Foi um monstro na zaga santista e neutralizou o ataque rival.

Diogo Barbosa – lateral-esquerdo – Palmeiras – 6,5

Depois de algumas partidas devendo desde o ano passado, jogou bem e deu assistência para o gol de Luan, que fechou o placar.

Alison – volante – Santos – 7,5

Não deixou Nenê respirar com marcação forte, dominou o seu setor e deu assistência primorosa para Derlis González sacramentar a vitória.

Diego Pituca – volante – Santos – 7,0

Que fase vive o meio-campista. Um dos pilares do sucesso precoce de Sampaoli, tomou conta das ações no meio e pareceu onipresente.

Jean Mota – meia – Santos – 7,5

Outro que está em grande fase. Procurou distribuir as jogadas no meio, ajudou na marcação e deu assistência para o gol de Luiz Felipe.

Derlis González – atacante – Santos – 8,0 (CRAQUE)

Mostrou ser o diferencial do time nos últimos dois jogos e decidiu de novo. Infernizou a zaga rival e marcou o belo gol que fechou a conta.

Martinelli – atacante – Ituano – 7,5

Aos 17 anos, foi destaque na Copinha e já brilhou no Paulistão. Deu uma assistência e marcou um gol na vitória sobre o São Bento.

Gustavo – atacante – Corinthians – 7,5

Mesmo com Boselli em campo, mostrou que vai brigar pela titularidade e marcou o gol da vitória em um duelo difícil contra a Ponte Preta.

Técnico: Jorge Sampaoli – Santos – 8,0

O que tem feito no Santos dá gosto de ver, até mesmo para quem não é torcedor do clube. A superioridade no clássico contra o São Paulo foi tão grande que 2 a 0 foi pouco. Time tem intensidade, busca o jogo nos 90 minutos e potencializa qualidades ‘escondidas’ de jogadores.



MaisRecentes

É possível admirar o estilo Fernando Diniz no São Paulo sem ser um Dinizete fanático



Continue Lendo

Corinthians vai de ‘melhor técnico do Brasil’ ao alto risco de eliminação no Paulista



Continue Lendo

Empolgação ou desonestidade? Estreia no Paulista pareceu rodada da Premier League



Continue Lendo