Santos bate o Corinthians e domina a Seleção da 23ª Rodada do Brasileirão-2017



Após um pausa de praticamente duas semanas, o Brasileirão voltou e trouxe com ele mais uma derrota do Corinthians no segundo turno. Dessa vez o revés veio em um clássico, contra o Santos, que dominou a Seleção da 23ª Rodada depois de derrotar o rival por 2 a 0 na Vila Belmiro. (Confira a lista completa na galeria acima)

Os santistas foram representados por cinco personagens no selecionado: o goleiro Vanderlei, o volante Alison, o atacante Bruno Henrique, o técnico Levir Culpi e o Craque da Rodada, Lucas Lima.

O Vitória também se destacou no fim de semana o empate em 2 a 2 com o Fluminense, principalmente pelas atuações do zagueiro Kanu e do lateral-direito (que jogou pelo meio) Patric, ambos estão entre os melhores da rodada.

Completam a Seleção o zagueiro Edu Dracena, do Palmeiras, o lateral-esquerdo Danilo Barcelos, da Ponte Preta, o meia Mateus Vital, do Vasco, e os atacantes Raniel, do Cruzeiro, e Roger, do Botafogo.

IMPORTANTE: A Seleção da Rodada, como sempre, é definida de acordo com as notas dadas pela redação do LANCE! durante a cobertura dos jogos do Brasileirão. Entram na lista os jogadores que receberam a melhor avaliação em sua posição.

Técnico: Levir Culpi - Santos - 7,5

Técnico: Levir Culpi – Santos – 7,5

Confira as notas e os desempenhos de cada integrante da Seleção:

Vanderlei – goleiro – Santos – 7,5

Levou a melhor no duelo com Cássio. Fez três grandes defesas, uma delas cara a cara com Romero, e garantiu a vitória de seu time sem levar gols no clássico.

Patric – lateral-direito – Vitória – 6,5

Atuou como meio-campista, mas entra na Seleção como lateral-direito, sua posição de origem. Apesar de ter perdido um gol feito, deu assistência para os dois tentos de seu equipe contra o Flu.

Kanu – zagueiro – Vitória – 7,5

Vem sendo um grande destaque pelos seus dotes ofensivos. Mais uma vez foi decisivo e marcou o gol de empate no fim. Na defesa, se desdobrou para cobrir seu companheiro de zaga.

Edu Dracena – zagueiro – Palmeiras – 7,0

Fez uma partida impecável, tanto nas disputas aéreas quanto nas disputas por baixo. Dificilmente perdeu uma disputa e foi essencial para a manutenção do empate mesmo com dois a menos.

Danilo Barcelos – lateral-esquerdo – Ponte Preta – 7,0

Foi a principal arma ofensiva da Ponte quando precisou buscar o resultado. Teve personalidade para converter o pênalti e depois bateu escanteio perfeito para Léo Gamalho empatar.

Alison – volante – Santos – 7,5

Espetacular no combate no meio-campo santista, foi uma barreira quase que intransponível. Fez seis desarmes certos e interrompeu mais algumas tramas no ataque corintiano.

Lucas Lima – meia – Santos – 8,5 (CRAQUE)

Jogou demais no clássico. Foi buscar o jogo em todos os lugares do campo para encontrar espaços. Acionou alguns contra-ataques e marcou o gol que abriu o placar contra o Corinthians. Ainda iniciou a jogada do segundo gol.

Mateus Vital – meia – Vasco – 7,5

Marcou um gol importantíssimo contra o vice-líder do Brasileirão. Além de ser seu primeiro tento na carreira, foi o da vitória, que colocou o Vasco longe do Z4 e perto do G6.

Raniel – atacante – Cruzeiro – 7,5

Tem feito bons jogos e mostrado talento quando acionado. Dessa vez decidiu o duelo com a Chapecoense. Deu assistência para Rafinha anotar o primeiro gol e marcou o segundo para decretar a vitória.

Bruno Henrique – atacante – Santos – 8,0

Vem jogando muita bola, mas muita bola mesmo. Extremamente rápido e liso, dribla em velocidade como poucos no Brasil. Dessa forma, acabou com o lado direito corintiano. Participou da jogada do primeiro gol e deu assistência para o segundo.

Roger – atacante – Botafogo – 8,0

Marcou os dois gols da vitória de seu time sobre o Flamengo. Se isso não bastasse, teve mais duas boas oportunidades e foi o jogador que mais finalizou na rodada.

Técnico: Levir Culpi – Santos – 7,5

Criou uma arapuca para o Corinthians e fez o rival expor seus defeitos ofensivo. Iniciou a partida com marcação alta, depois passou a jogar nos contra-ataques e matou o jogo em dois lances de velocidade que furaram a sólida zaga corintiana.



  • Ganesh

    Aqui é Santos, tem que respeitar 5mall gambá. Vamos ganhar Santoss, a reação não pode parar.

MaisRecentes

Corinthians e Santos são os times com mais jogos sem sofrer gol no Brasileirão-2017



Continue Lendo

Veja quais são os jogadores de linha com mais minutos em campo no Brasileirão-2017



Continue Lendo

Carille? Zé Ricardo? Roger? Veja quem é o técnico com o melhor aproveitamento em 2017



Continue Lendo