Rodrygo brilha, Santos goleia e domina a Seleção da 9ª Rodada do Brasileirão-2018



Rodrygo marcou três gols na goleada do Santos, e foi o Craque da 9ª Rodada do Brasileirão-2018 (Foto: Ivan Storti/Santos)

Finalmente um time conseguiu abrir uma considerável vantagem na liderança do campeonato e foi o Flamengo, que venceu o Corinthians por 1 a 0, no Maracanã, e está quatro pontos à frente do Cruzeiro, vice-líder por ter uma vitória a mais do que Grêmio e São Paulo, empatados com a mesma pontuação da Raposa. O destaque, porém, ficou por conta da goleada do Santos por 5 a 2 sobre o Vitória, na Vila Belmiro. Com o brilho de Rodrygo, o Peixe dominou a Seleção da 9ª Rodada do Brasileirão-2018.

O mais recente expoente dos Meninos da Vila talvez tenha feito a melhor atuação individual de um jogador neste Brasileirão. Além dos três gols marcados, o garoto de 17 anos, Craque da 9ª Rodada, deu lançamento perfeito para Gabigol anotar o seu tento. Os dois jovens, Victor Ferraz, Diego Pituca, e o técnico Jair Ventura são os representantes santistas no selecionado.

Outra grande apresentação da rodada foi a vitória, de virada, do América-MG, por 3 a 1, sobre o Atlético-PR. Jogando no Independência, o Coelho contou com uma tarde inspirada de Serginho, que marcou duas vezes, para conseguir o resultado.

O Grêmio, que vai conquistando seu espaço entre os primeiros colocados do Brasileirão, venceu o Bahia por 2 a 0, na Fonte Nova. Destaque para o zagueiro Kannemann, e para o volante Maicon, importantes para a triunfo fora de casa. Os dois estão presentes na lista.

Completam o selecionado o goleiro Magrão, do Sport, o zagueiro Igor Rabello, do Botafogo, o lateral-esquerdo Carleto, do Atlético-PR, e o atacante Willian, do Palmeiras.

IMPORTANTE: A Seleção da Rodada, como sempre, é definida de acordo com as notas dadas pela redação do LANCE! durante a cobertura dos jogos do Brasileirão. Entram na lista os jogadores que receberam a melhor avaliação em sua posição.

Técnico: Jair Ventura – Santos – 8,5

Confira as notas e os desempenhos de cada integrante da Seleção da 9ª Rodada:

Magrão – goleiro – Sport – 7,0

Fez mais uma grande partida e garantiu ponto importante para o time, fora de casa, contra o Internacional, com pelo menos duas defesas difíceis.

Victor Ferraz – lateral-direito – Santos – 6,5

Quando o time vai bem, ele se destaca e participa ativamente da partida. Contra o Vitória, criou boas chances para os companheiros e foi peça fundamental para a agressividade santista que definiu o jogo ainda no primeiro tempo.

Kannemann – zagueiro – Grêmio – 7,0

Foi um monstro na zaga gremista, afastando todas as bolas possíveis e travando jogadas perigosas do Bahia. Vem assumindo papel importante na ausência de Geromel.

Igor Rabello – zagueiro – Botafogo – 7,0

Consistente na defesa, praticamente definiu a vitória do Bota ao marcar o segundo gol de seu time no clássico contra o Vasco.

Carleto – lateral-esquerdo – Atlético-PR – 6,5

Seu time foi derrotado, mas saiu de campo como jogador mais lúcido e perigoso. Marcou gol de falta que abriu o placar.

Maicon – volante – Grêmio – 7,0

É o jogador que dita o ritmo do meio-campo gremista e tem sido ainda mais importante sem Arthur. Marcou gol em rebote de pênalti que ele mesmo desperdiçou.

Diego Pituca – volante – Santos – 7,5

Fez uma partidaça e só não teve mais destaque, porque um ‘raio’ roubou a cena. Deu duas assistências, para os gols de Rodrygo e Renato, e fez cinco desarmes, líder no quesito no time e no duelo.

Serginho – meia – América-MG – 8,0

Confirmou sua ótima fase no Coelho e foi essencial para a virada de seu time sobre o Atlético-PR. Marcou dois gols e ainda criou boas chances para os companheiros.

Gabriel – atacante – Santos – 7,5

Outro santista que fez grande partida. Deu passe para o terceiro gol de Rodrygo, anotou belo tento em contra-ataque e jogou para o time.

Rodrygo – atacante – Santos – 9,0

Brilhante, talvez tenha feito a melhor apresentação individual deste Brasileirão. Marcou três gols, aterrorizou a defesa do Vitória, e deu lançamento primoroso para Gabigol anotar mais um na goleada. É o melhor de sua geração e joga como se fosse profissional há tempos.

Willian – atacante – Palmeiras – 8,0

Entra rodada, sai rodada, e ele continua mostrando seu valor para o Verdão. Marcou duas vezes: na primeira aproveitou rebote de Sidão e na segunda pegou de primeira para anotar um golaço no clássico contra o São Paulo.

Técnico: Jair Ventura – Santos – 8,5

Impressionante a reação de seu time de um jogo para o outro. Saiu de uma situação terrível, com pressão de todos os lados e conseguiu montar um time que reagiu ao momento, entrou em campo com outra postura e definiu o resultado ainda no primeiro tempo. Méritos do treinador também apostar no talento de Rodrygo como um dos pilares da equipe.



MaisRecentes

Corinthians x Cruzeiro registra a maior renda do Brasil em 2018; veja ranking



Continue Lendo

Rodada do Brasileirão-2018 tem maior público pagante desde a edição 2015



Continue Lendo

Destino antes incomum, Inglaterra passa a ser refúgio brasileiro na Europa



Continue Lendo