Rodrygo brilha, Santos goleia e domina a Seleção da 9ª Rodada do Brasileirão-2018



Rodrygo marcou três gols na goleada do Santos, e foi o Craque da 9ª Rodada do Brasileirão-2018 (Foto: Ivan Storti/Santos)

Finalmente um time conseguiu abrir uma considerável vantagem na liderança do campeonato e foi o Flamengo, que venceu o Corinthians por 1 a 0, no Maracanã, e está quatro pontos à frente do Cruzeiro, vice-líder por ter uma vitória a mais do que Grêmio e São Paulo, empatados com a mesma pontuação da Raposa. O destaque, porém, ficou por conta da goleada do Santos por 5 a 2 sobre o Vitória, na Vila Belmiro. Com o brilho de Rodrygo, o Peixe dominou a Seleção da 9ª Rodada do Brasileirão-2018.

O mais recente expoente dos Meninos da Vila talvez tenha feito a melhor atuação individual de um jogador neste Brasileirão. Além dos três gols marcados, o garoto de 17 anos, Craque da 9ª Rodada, deu lançamento perfeito para Gabigol anotar o seu tento. Os dois jovens, Victor Ferraz, Diego Pituca, e o técnico Jair Ventura são os representantes santistas no selecionado.

Outra grande apresentação da rodada foi a vitória, de virada, do América-MG, por 3 a 1, sobre o Atlético-PR. Jogando no Independência, o Coelho contou com uma tarde inspirada de Serginho, que marcou duas vezes, para conseguir o resultado.

O Grêmio, que vai conquistando seu espaço entre os primeiros colocados do Brasileirão, venceu o Bahia por 2 a 0, na Fonte Nova. Destaque para o zagueiro Kannemann, e para o volante Maicon, importantes para a triunfo fora de casa. Os dois estão presentes na lista.

Completam o selecionado o goleiro Magrão, do Sport, o zagueiro Igor Rabello, do Botafogo, o lateral-esquerdo Carleto, do Atlético-PR, e o atacante Willian, do Palmeiras.

IMPORTANTE: A Seleção da Rodada, como sempre, é definida de acordo com as notas dadas pela redação do LANCE! durante a cobertura dos jogos do Brasileirão. Entram na lista os jogadores que receberam a melhor avaliação em sua posição.

Técnico: Jair Ventura – Santos – 8,5

Confira as notas e os desempenhos de cada integrante da Seleção da 9ª Rodada:

Magrão – goleiro – Sport – 7,0

Fez mais uma grande partida e garantiu ponto importante para o time, fora de casa, contra o Internacional, com pelo menos duas defesas difíceis.

Victor Ferraz – lateral-direito – Santos – 6,5

Quando o time vai bem, ele se destaca e participa ativamente da partida. Contra o Vitória, criou boas chances para os companheiros e foi peça fundamental para a agressividade santista que definiu o jogo ainda no primeiro tempo.

Kannemann – zagueiro – Grêmio – 7,0

Foi um monstro na zaga gremista, afastando todas as bolas possíveis e travando jogadas perigosas do Bahia. Vem assumindo papel importante na ausência de Geromel.

Igor Rabello – zagueiro – Botafogo – 7,0

Consistente na defesa, praticamente definiu a vitória do Bota ao marcar o segundo gol de seu time no clássico contra o Vasco.

Carleto – lateral-esquerdo – Atlético-PR – 6,5

Seu time foi derrotado, mas saiu de campo como jogador mais lúcido e perigoso. Marcou gol de falta que abriu o placar.

Maicon – volante – Grêmio – 7,0

É o jogador que dita o ritmo do meio-campo gremista e tem sido ainda mais importante sem Arthur. Marcou gol em rebote de pênalti que ele mesmo desperdiçou.

Diego Pituca – volante – Santos – 7,5

Fez uma partidaça e só não teve mais destaque, porque um ‘raio’ roubou a cena. Deu duas assistências, para os gols de Rodrygo e Renato, e fez cinco desarmes, líder no quesito no time e no duelo.

Serginho – meia – América-MG – 8,0

Confirmou sua ótima fase no Coelho e foi essencial para a virada de seu time sobre o Atlético-PR. Marcou dois gols e ainda criou boas chances para os companheiros.

Gabriel – atacante – Santos – 7,5

Outro santista que fez grande partida. Deu passe para o terceiro gol de Rodrygo, anotou belo tento em contra-ataque e jogou para o time.

Rodrygo – atacante – Santos – 9,0

Brilhante, talvez tenha feito a melhor apresentação individual deste Brasileirão. Marcou três gols, aterrorizou a defesa do Vitória, e deu lançamento primoroso para Gabigol anotar mais um na goleada. É o melhor de sua geração e joga como se fosse profissional há tempos.

Willian – atacante – Palmeiras – 8,0

Entra rodada, sai rodada, e ele continua mostrando seu valor para o Verdão. Marcou duas vezes: na primeira aproveitou rebote de Sidão e na segunda pegou de primeira para anotar um golaço no clássico contra o São Paulo.

Técnico: Jair Ventura – Santos – 8,5

Impressionante a reação de seu time de um jogo para o outro. Saiu de uma situação terrível, com pressão de todos os lados e conseguiu montar um time que reagiu ao momento, entrou em campo com outra postura e definiu o resultado ainda no primeiro tempo. Méritos do treinador também apostar no talento de Rodrygo como um dos pilares da equipe.



MaisRecentes

Venha sem preconceitos, pois precisamos falar da fase de Felipe Melo no Palmeiras



Continue Lendo

No futebol nossa torcida é mais contra ou a favor? Até que ponto a paixão nos cega?



Continue Lendo

Mesmo sem estar com a barriga cheia, Palmeiras parece não ter fome em 2019



Continue Lendo