Rodriguinho brilha, e Corinthians e Santos dominam a Seleção da 9ª Rodada do Paulistão-2018



Corinthians e Santos venceram e foram os destaques da 9ª Rodada do Paulistão-2018 (Foto: Montagem/WPP/Flickr Santos)

Rodada com clássico é assim mesmo, quem vence aparece com mais destaque entre os melhores. E não foi diferente na Seleção da 9ª Rodada do Paulistão-2018. Com vitória contundente sobre o Palmeiras, o Corinthians se destacou e foi bem representado na lista, inclusive com o Craque da Rodada, Rodriguinho. O Santos, eficiente, divide os holofotes com o rival no selecionado.

Com o triunfo por 2 a 0 sobre o Verdão, o Timão levou quatro personagens para a Seleção. São eles: o zagueiro Balbuena, o meia e Craque da Rodada Rodriguinho, como já dito acima, o atacante Clayson e o técnico Fábio Carille.

O Peixe, que derroutou o Santo André por 2 a 0, também forneceu quatro atletas para o selecionado: o volante Alison, o meia Léo Cittadini, e os atacante Eduardo Sasha e Gabigol.

Completam a lista o goleiro Tadeu, da Ferroviária, o lateral-direito Diego Macedo, do Bragantino, o zagueiro Alison, do Ituano, e o lateral-esquerdo Bruno Recife, do São Caetano.

IMPORTANTE: A Seleção da Rodada, como sempre, é definida de acordo com as notas dadas pela redação do LANCE! durante a cobertura dos jogos do campeonato. Entram na lista os jogadores que receberam a melhor avaliação em sua posição.

Técnico da 9ª Rodada: Fábio Carille – Corinthians – 7,5

Confira a nota e a avaliação de cada um dos integrantes:

Tadeu – goleiro – Ferroviária – 7,0

Com defesas salvadoras, foi o principal responsável pelo empate em 0 a 0 contra o São Paulo.

Diego Macedo – lateral-direito – Bragantino – 6,5

Cobrou o escanteio para Lázaro marcar o primeiro gol de seu time contra o Novorizontino.

Balbuena – zagueiro – Corinthians – 6,5

Imponente no jogo aéreo, afastou tudo o que pôde e se manteve seguro durante o Dérbi.

Alison – zagueiro – Ituano – 6,5

Foi um dos que mais afastou bolas e o jogador que mais desarmou na rodada. Importante na vitória de seu time.

Bruno Recife – lateral-esquerdo – São Caetano – 7,0

Marcou, já nos minutos finais, o gol da vitória de sua equipe contra o São Bento.

Alison – volante – Santos – 6,5

Grande marcador, fez mais uma partida com muitos desarmes e com ótima cobertura no meio-campo santista.

Léo Cittadini – meia – Santos – 6,5

Além de ajudar Alison nos desarmes, iniciou boas jogadas e facilitou a troca de passes pelo meio.

Rodriguinho – meia – Corinthians – 8,5 (CRAQUE)

Acabou com o rival no Dérbi, estava em um excelente dia, tudo o que tentou deu certo. Marcou um golaço de muita categoria e ainda sofreu o pênalti. Responsável direto pela grande vitória corintiana.

Eduardo Sasha – atacante – Santos – 7,0

Mais uma boa partida com ajuda na marcação e presença de ataque. Arriscou a jogada e o chute que culminou no gol de Gabigol, e depois deixou a sua marca no fim, aproveitando erro de Domingos.

Clayson – atacante – Corinthians – 7,0

Quando pega a bola pela esquerda e arrisca o drible, dificilmente é parado, e foi assim contra o Palmeiras. Ainda marcou de pênalti o gol que fechou o placar no clássico.

Gabriel – atacante – Santos – 7,0

Está “fedendo a gol” como ele mesmo disse em sua comemoração. São quatro jogos e quatro gols, não poderia ser melhor. Estava na pequena área para aproveitar rebote do goleiro.

Técnico: Fábio Carille – Corinthians – 7,5

Como já dito por 11 entre dez analistas, deu um nó tático em Roger Machado. Deixou o time sem centroavante fixo e liberou seus meias para flutuarem entre Felipe Melo e a zaga palmeirense. Deu muito certo e o rival não viu a cor da bola. Excelente trabalho. Poucas palavras, pouca teoria e muita ação. Mais uma vitória em clássico na conta.



MaisRecentes

Empolgação ou desonestidade? Estreia no Paulista pareceu rodada da Premier League



Continue Lendo

Venha sem preconceitos, pois precisamos falar da fase de Felipe Melo no Palmeiras



Continue Lendo

No futebol nossa torcida é mais contra ou a favor? Até que ponto a paixão nos cega?



Continue Lendo