Rodriguinho brilha, e Corinthians e Santos dominam a Seleção da 9ª Rodada do Paulistão-2018



Corinthians e Santos venceram e foram os destaques da 9ª Rodada do Paulistão-2018 (Foto: Montagem/WPP/Flickr Santos)

Rodada com clássico é assim mesmo, quem vence aparece com mais destaque entre os melhores. E não foi diferente na Seleção da 9ª Rodada do Paulistão-2018. Com vitória contundente sobre o Palmeiras, o Corinthians se destacou e foi bem representado na lista, inclusive com o Craque da Rodada, Rodriguinho. O Santos, eficiente, divide os holofotes com o rival no selecionado.

Com o triunfo por 2 a 0 sobre o Verdão, o Timão levou quatro personagens para a Seleção. São eles: o zagueiro Balbuena, o meia e Craque da Rodada Rodriguinho, como já dito acima, o atacante Clayson e o técnico Fábio Carille.

O Peixe, que derroutou o Santo André por 2 a 0, também forneceu quatro atletas para o selecionado: o volante Alison, o meia Léo Cittadini, e os atacante Eduardo Sasha e Gabigol.

Completam a lista o goleiro Tadeu, da Ferroviária, o lateral-direito Diego Macedo, do Bragantino, o zagueiro Alison, do Ituano, e o lateral-esquerdo Bruno Recife, do São Caetano.

IMPORTANTE: A Seleção da Rodada, como sempre, é definida de acordo com as notas dadas pela redação do LANCE! durante a cobertura dos jogos do campeonato. Entram na lista os jogadores que receberam a melhor avaliação em sua posição.

Técnico da 9ª Rodada: Fábio Carille – Corinthians – 7,5

Confira a nota e a avaliação de cada um dos integrantes:

Tadeu – goleiro – Ferroviária – 7,0

Com defesas salvadoras, foi o principal responsável pelo empate em 0 a 0 contra o São Paulo.

Diego Macedo – lateral-direito – Bragantino – 6,5

Cobrou o escanteio para Lázaro marcar o primeiro gol de seu time contra o Novorizontino.

Balbuena – zagueiro – Corinthians – 6,5

Imponente no jogo aéreo, afastou tudo o que pôde e se manteve seguro durante o Dérbi.

Alison – zagueiro – Ituano – 6,5

Foi um dos que mais afastou bolas e o jogador que mais desarmou na rodada. Importante na vitória de seu time.

Bruno Recife – lateral-esquerdo – São Caetano – 7,0

Marcou, já nos minutos finais, o gol da vitória de sua equipe contra o São Bento.

Alison – volante – Santos – 6,5

Grande marcador, fez mais uma partida com muitos desarmes e com ótima cobertura no meio-campo santista.

Léo Cittadini – meia – Santos – 6,5

Além de ajudar Alison nos desarmes, iniciou boas jogadas e facilitou a troca de passes pelo meio.

Rodriguinho – meia – Corinthians – 8,5 (CRAQUE)

Acabou com o rival no Dérbi, estava em um excelente dia, tudo o que tentou deu certo. Marcou um golaço de muita categoria e ainda sofreu o pênalti. Responsável direto pela grande vitória corintiana.

Eduardo Sasha – atacante – Santos – 7,0

Mais uma boa partida com ajuda na marcação e presença de ataque. Arriscou a jogada e o chute que culminou no gol de Gabigol, e depois deixou a sua marca no fim, aproveitando erro de Domingos.

Clayson – atacante – Corinthians – 7,0

Quando pega a bola pela esquerda e arrisca o drible, dificilmente é parado, e foi assim contra o Palmeiras. Ainda marcou de pênalti o gol que fechou o placar no clássico.

Gabriel – atacante – Santos – 7,0

Está “fedendo a gol” como ele mesmo disse em sua comemoração. São quatro jogos e quatro gols, não poderia ser melhor. Estava na pequena área para aproveitar rebote do goleiro.

Técnico: Fábio Carille – Corinthians – 7,5

Como já dito por 11 entre dez analistas, deu um nó tático em Roger Machado. Deixou o time sem centroavante fixo e liberou seus meias para flutuarem entre Felipe Melo e a zaga palmeirense. Deu muito certo e o rival não viu a cor da bola. Excelente trabalho. Poucas palavras, pouca teoria e muita ação. Mais uma vitória em clássico na conta.



MaisRecentes

Brasileirão-2018: a edição de poucos gols, bom público e dos visitantes fracos



Continue Lendo

Chapecoense bate o Inter e se destaca na Seleção da 25ª Rodada do Brasileirão-2018



Continue Lendo

Palmeiras x Corinthians foi o jogo mais ‘caro’ do Brasileirão-2018; veja a lista



Continue Lendo