Nem renda de Palmeiras e Corinthians é suficiente para pagar despesas de jogos do Paulistão



Passadas nove rodadas e um jogo antecipado da 11ª, o Paulistão vê as despesas de seus jogos aumentarem a cada semana. Há alguns dias, dissemos aqui que 51,27% daquilo que foi arrecadado com bilheteria, acabou sendo usado para abater os custos das partidas do campeonato.

Agora, com 91 duelos completados, 52,68% da renda bruta é destinada ao pagamento das despesas gerais, incluindo taxas da FPF. Veja os números e a seguir o gráfico:

Renda Bruta total: R$ 22.325.859,21
Renda Líquida: R$ 10.565.184,77 (47,32%)
Despesas gerais: R$ 11.760.674,44 (52,68%)

Confira com está a divisão da renda bruta no Paulistão 2016

Confira com está a divisão da renda bruta no Paulistão 2016

Outra comparação que chama a atenção é com as rendas brutas de Corinthians e Palmeiras. Se pegarmos esse dois clubes, os que mais faturam com bilheteria, não será suficiente para pagar a soma das despesas das partidas da competição. Confira os números:

Renda Bruta de Corinthians e Palmeiras: R$ 11.203.468,84
Despesas gerais dos 91 jogos do Paulistão: R$ 11.760.674,44



MaisRecentes

É possível admirar o estilo Fernando Diniz no São Paulo sem ser um Dinizete fanático



Continue Lendo

Corinthians vai de ‘melhor técnico do Brasil’ ao alto risco de eliminação no Paulista



Continue Lendo

Empolgação ou desonestidade? Estreia no Paulista pareceu rodada da Premier League



Continue Lendo