Nem renda de Palmeiras e Corinthians é suficiente para pagar despesas de jogos do Paulistão



Passadas nove rodadas e um jogo antecipado da 11ª, o Paulistão vê as despesas de seus jogos aumentarem a cada semana. Há alguns dias, dissemos aqui que 51,27% daquilo que foi arrecadado com bilheteria, acabou sendo usado para abater os custos das partidas do campeonato.

Agora, com 91 duelos completados, 52,68% da renda bruta é destinada ao pagamento das despesas gerais, incluindo taxas da FPF. Veja os números e a seguir o gráfico:

Renda Bruta total: R$ 22.325.859,21
Renda Líquida: R$ 10.565.184,77 (47,32%)
Despesas gerais: R$ 11.760.674,44 (52,68%)

Confira com está a divisão da renda bruta no Paulistão 2016

Confira com está a divisão da renda bruta no Paulistão 2016

Outra comparação que chama a atenção é com as rendas brutas de Corinthians e Palmeiras. Se pegarmos esse dois clubes, os que mais faturam com bilheteria, não será suficiente para pagar a soma das despesas das partidas da competição. Confira os números:

Renda Bruta de Corinthians e Palmeiras: R$ 11.203.468,84
Despesas gerais dos 91 jogos do Paulistão: R$ 11.760.674,44



MaisRecentes

Líder geral da competição, Red Bull domina a Seleção da 11ª Rodada do Paulistão-2019



Continue Lendo

Joia do Ituano brilha e é o Craque da Seleção da 10ª Rodada do Paulistão-2019



Continue Lendo

São Paulo é o mais ‘eliminado’ e o único sem título entre os 12 grandes desde 2013



Continue Lendo